1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Snape [contém spoiler]

Tópico em 'Hogwarts' iniciado por *Ceinwyn*, 19 Out 2011.

  1. *Ceinwyn*

    *Ceinwyn* Ogra rosa

    Eu e dona Melian estamos relendo a série, e decidi parar de floodar no twitter sobre o Snape pra vir aqui fomentar discussão na Valinor.


    O meu ponto para fazer o tópico é: que acham do Snape? Qual foi a primeira impressão sobre ele? Mudou ao longo da série? E qual é a sua impressão final?

    Li Harry Potter pela primeira vez há 10 anos, então não lembro exatamente se simpatizei ou não com o Snape. Acho que não, não via motivo pra ele ser tão grosso. Mas no final do livro, quando foi deixado claro que não era ele o professor vilão, adorei. Gosto de personagens complexos, então foi uma das coisas que me fez querer continuar lendo a série: descobrir afinal qual é a do Snape. Quanto mais passavam os livros, mas gostava do Snape: não da personalidade grossa, mas pelo fato de atrás dessa casca grossa estar uma boa pessoa, afinal de contas. Amei o Snape quando foi mostrado o motivo de tanta raiva direcionada pelo Harry. Quando o Dumbledore morreu, achei estranho,mas algo me dizia que tinha mais história do que tinha sido mostrado até ali. E que foi mostrado depois, como eu esperava. Saldo final: Snape é um dos meus personagens preferidos. Ranzinza, antipático, mas leal,inteligente, capaz de se redimir de um erro (provocado por carência, a meu ver. Pra mim, o que ele ansiava mais do que qualquer outra coisa era fazer parte de um grupo. E foi o ruim pelo lado misantropo que Snape tinha, mas depois se redimiu). Corajoso até dizer chega. Admirável, enfim.

    E, ah, claro: no cinema, interpretado por um cara que adoro admirar em vários sentidos - Alan Rickman do meu coração, vemnimim.
     
    Última edição: 19 Out 2011
    • Ótimo Ótimo x 5
    • Gostei! Gostei! x 3
  2. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    Re: Snape

    Ele é de longe meu personagem preferido. A construção dele foi a melhor da série, seguido por Neville, Luna e Draco. (depois explico)

    Quando li o primeiro livro pela primeira vez o filme ja tinha saído, e eu relutava ler por achar o tal do Harry um saco. Então encontrar no livro um personagem que demonstrasse despreze, desgosto e raiva inexplicada pelo Harry ja me fez simpatizar com ele. Mas até ai era por birra minha.

    Conforme fui lendo os livros eu não decidia se gostava ou o detestava, mas até então, como todo leitor que se entrega tanto ao livro que acaba por entrar nele, eu confiava em Dumbledore, e como Lupin disse várias vezes nos livros, se Dumbledore confia nele, eu confio nele. Podia não gostar muito da perseguição exagerada, embora achasse divertido, mas não conseguia odiá-lo.

    Aí no primeiro livro Quirrell confessa que ele tentou salvar Harry e todos os motivos de raiva sumiram. Mesmo com suas atitudes com Harry e sua preferência total pelo Malfoy. Vamos combinar... sonserinos demonstrados Por Crabbe, Goyle e Draco são detestáveis, mas nos livros não mostram eles quebrando todas as regras do mundo para serem os melhores... apenas demonstram sua arrogância e sua vontade de ferrar o inimigo (como toda criança/adolescente em escola)... ou seja, Harry que só aprontava e se metia em encrenca, tinha proteção demais o tempo todo por ser "O famoso Réri Pótah"... Então parei de achar ruim ele ter alguém que desconfiasse dele constantemente e tivesse o pé atás além de não gostar e estar pouco se lixando se era famoso, se era eleito e tudo mais... e ainda assim, ajudando de forma discreta quando preciso.

    Ai vem o Alan e dá ao personagem todo um "tchan" que o deixa sensacional.. passando todo o desprezo e a arrogância nas telas... o que me fez encantar ainda mais. (interpretação ímpar).

    Ele podia ter falado o que quisesse, ter inventado o que quisesse e ter sumido no final do Torneio Tribruxo, indo para o cemitério... não é questionado onde os professores estão, e ele poderia "voltar mais cedo que os demais comensais" e continuar com o papel de bom professor se fosse o caso. Mas ele fez ao contrário, o que pra mim ja mostrou onde era a encenação e onde ele agia... ele ficou em Hogwarts e depois foi encenar seu papel.

    E no final, nem preciso dizer né? Pouco antes de Dumbledore morrer que ele fala que não quer mais continuar com isso, já me deu tristeza de ver a que ponto ele se submeteu por lealdade ao velho, estando ao ponto de colocar sua vida totalmente em risco fazendo o voto perpétuo, estando disposto a morrer pra não ter que matar Dumbledore, o que só fez depois de um pedido do velho.

    Uma personalidade fantástica criada... sou fã e admito. (E não chorei no filme no cinema, quando ele morreu.... MAS EM CASA EU CHOREI VENDO DE NOVO). O "sempre" dele, embarga minha garganta.

    Neville: Mostra no começo como um garoto atrapalhado, sem muita coragem, não lá grandes coisas em inteligência, com medo de muitas coisas (entre eles a própria avó), que se assustava com qualquer coisa. E aos poucos e de forma menos forte que do Snape, demonstra sua luta interna, vencendo seus medos, vencendo a si mesmo e crescendo. Corajoso, leal, divertido, que ao final, graças a sua verdadeira face, tira a espada do chapéu e mostra pra que veio.

    Luna: Vamos combinar que ela é absurdamente passada das idéias... mas as coisas que fala ao Harry, e que a primeiros olhos achamos um monte de maluquice, são repletas de fundamento e de alguem que nota as coisas calada. Olha, sente, transmite... mas daquele jeito, sem perder a calma e ainda acalmando e trazendo o sorriso a quem ta perto. Sério, a maluquice dela é fantástica e eu simplesmente a acho ótima! E palmas pra interprete que me faz rir só de olhar pra ela na tela!

    Draco: Que criança que não quis impressionar seu ídolo? E quando esse ídolo era seu pai? Draco tem sim seus defeitos... mas tudo pela forma com que foi criado. Ele não errou. Ele seguiu sua criação e fez tudo o que lhe era possível pra agradar seu pai, seu ídolo. E no final, mostrou toda sua dor, tendo que se transformar em algo que ele ACHAVA que admirava pra poder salvar sua família. E foi ai que se deu conta, que por mais que amasse sua família, amava Hogwarts. Acho o ator bonitinho, mas não tinha sido totalmente fã de sua interpretação até ver a dor que ele demonstrou no sexto livro. Ele trouxe pra tela a dor que o livro passou. Draco é um menino mimado que fez tudo que podia da forma mais correta possível... aos olhos de sua croiação.
     
    Última edição: 19 Out 2011
    • Ótimo Ótimo x 4
    • Gostei! Gostei! x 3
  3. Excluído046

    Excluído046 Banned

    Re: Snape

    O lance é bem esse aí, mesmo que a Lin levantou. Assim, minha história com o Sev é meio conturbada, mas acho que a minha história é conturbada com todo mundo. Se não for conturbada, eu não me envolvi o suficiente com a pessoa. Eu gosto é de tumulto. Eu amei o Harry desde a primeira vez em que o nome dele foi mencionado no livro. E dizem que sou cabeça-dura como ele. Inicialmente, eu via o Sev pelos olhos (míopes) do Harry. Mas aí acabei refletindo melhor sobre a situação, e pensei "esse cara não é tudo isso o que parece ser; conheço gente assim, que se faz de mau", e assumi uma visão cinza do Sev, sempre esperando que as nuvens sumissem para que eu pudesse ver o sol que se escondia nele. No fim do primeiro livro, fiquei toda felizinha, e nunca mais consegui deixar de gostar dele. Tinha uma comunidade no orkut, que era algo como "Eu confio no Snape", eu fazia parte dela. Mas como eu cometia orkuticídio toda semana, não pude mais entrar, porque depois do sétimo livro, fecharam a comunidade, o que eu acho MUITO JUSTO. Eu deveria estar lá, só não estou por ter deletado o orkut. Mas o importante é que eu confiava no Sev.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Re: Snape

    [confissão]a saber, eu ainda não li todos os livros mas snape sempre foi meu personagem favorito.[/confissão]
     
  5. *Ceinwyn*

    *Ceinwyn* Ogra rosa

    Re: Snape

    Depois da morte do Dumbledore, fiquei meio reticente com o Sev, mas super disposta a dar uma segunda chance, era só ter um bom motivo. Eu achava que tinha que ter um motivo, ele não podia ser vilão, não podia, não podia. E no final das contas tinha um motivo. E um BOM motivo. A lealdade dele pra com aqueles que ele jurava lealdade é fenomenal. E lealdade é uma das qualidades que mais prezo numa pessoa :grinlove:
     
  6. Lalaith.

    Lalaith. Usuário

    Re: Snape

    Admito que não gostei dele no início, implicando com o pobrezinho do Harry só por birra, que maldade! Mas eis que o ranzinza professor de poções salva o aluno que ele mais despreza e eu aqui do outro lado do livro fico toda confusa e cheia de idéias na cabeça.
    Então, apesar de ainda não simpatizar com o Snape, ao longo dos livros eu aprendi a confiar e desconfiar dele. Oras Dumbledore, em toda a sua sabedoria e genialidade, devia ter algum grande motivo para confiar tão cegamente em alguém com os seus antecedentes.
    Enquanto eu tentava começar a entende-lo, o Sev me vem com um Avada Kedavra para cima do Dumbledore. Foi como um tapa na minha cara... eu esperava qualquer coisa, menos isso!
    Mas, quase que em seguida, tudo é explicado. E depois de ler a linda e trágica história de amor e amizade entre Lilian Evans e Severo Sanpe, entre um suspiro e outro eu passei a admirar e respeitar o mais corajoso, leal e apaixonado professor de Hogwarts!

    E sim, eu chorei quando ele morreu, tanto lendo o livro quanto vendo o filme.
    Existe algo mais lindo do que morrer querendo ver uma ultima vez os olhos de sua amada?!
    E o "Always" dele é de parar o coração por um momento e logo em seguida faze-lo pulsar descontroladamente... aiai

    Posso gostar do Sirius, do Lupin, do Rony, do Harry... mas amar mesmo, só o meu lindo Snape! :amor:
     
    Última edição: 19 Out 2011
  7. Kainof

    Kainof Sr. Raposo

    Re: Snape

    Legal isso de amor e ódio por personagens. Podia ter mais tópicos desses para outros personagens importantes, né? Ou um para dizer quais mais gosta, quais menos gosta.

    Eu tenho que me juntar ao coro e dizer que Snape também é meu personagem preferido da série. Ainda que eu ache que Harry Potter tenha bem poucos personagens realmente bons, Snape é o melhor deles. Pela ambiguidade que sempre passa pelas atitudes dele, pela solidez da personalidade, pelo temperamento que eu acho divertido. Novamente como todos eu tive minha antipatia no começo do primeiro livro e após ele matar o Dumbledore. Mas os motivos que ele teve pra fazer isso e para todo o comportamento alinhado ao diretor de Hogwarts e o de ajudar o Harry é, além de impressionante, bastante tocante. De uma lealdade e paixão louváveis, duas das maiores qualidades possíveis a um ser humano. O personagem mais complexo e cheio de conflitos da Rowling, por isso o meu preferido.

    Aliás, o Snape é o único personagem da Sonserina que não é um babaca completo. Porque, pqp viu, ô casinha odiosa pra ter personagem babaca.

    Sim, a atuação incrível do Alan Rickman tem tudo a ver com o apreço de todos pelo Snape. Ele é excelente como o seboso professor mau humorado e cheio de esgar, que ele concede muito bem à imagem do personagem.

    Concordo. Mas eu restringiria a evolução dele só comparável a do Neville. No entanto, ao contrário do Neville que teve seu desenvolvimento como personagem ligado ao desenvolvimento do próprio avanço da idade, ou seja, uma transformação no sentido exato. Snape, teve seu desenvolvimento baseado no desenrolar dos mistérios sempre tão presentes intrínsecos ao personagem. Neville foi crescendo, Snape foi se "revelando"

    Maque!? De que crianças/adolescentes a escola estamos falando? Nem todas as crianças e adolescentes são menininhas impliquentas. Só as piores.


    EDIT:

    Adicionei os colchetes avisando que contém spoiler para os desavisados.
     
    Última edição: 19 Out 2011
    • Gostei! Gostei! x 2
    • Ótimo Ótimo x 1
  8. Bel

    Bel Moderador Usuário Premium

    Duvidei de Snape até o último minuto. E nunca fui fã dele. Podem me crucificar agora.
     
    • LOL LOL x 5
    • Gostei! Gostei! x 1
  9. Kainof

    Kainof Sr. Raposo

    Fail em massa na Bel!
     
  10. Excluído046

    Excluído046 Banned

    Aí, Rômulo, te dei um ótimo não porque seu post está essa Coca-cola toda, mas é porque, PORRA, 45 NÃO, NÉ, DIABO? E dei um LOL pra Belzinha, porque achei bonitinho e engraçadinho ela falar o que pensa mesmo que seja o contrário do que todos no tópico falaram. É isso aí, mulher, PERSONALIDADE.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • LOL LOL x 2
  11. Kainof

    Kainof Sr. Raposo

    Pois é, eu fiquei mesmo admirado e ia comentar isso contigo: karma por esse post merda?
    Ainda que uns dois terços do que tenho de karma seja por posts merda...

    E muito obrigado aí por não ter me deixado no 45, ufa...

    Tá, agora paro, porque floodar é feio, foi o que aprendi com o Neithan.
     
    • LOL LOL x 2
  12. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Eu detestava ele no primeiro livro e se me conformei no final desse, ainda não gostava prontamente. Demorou um tempo, um tempo que desgostei ainda mais dele por causa do ódio ao Tiago, que me pareceu injustificado. No terceiro ano, porém, ficamos sabendo um pouco mais da história dele e seu envolvimento com os Marotos, e bem... pude vê-lo como uma vítima que tomou as decisões erradas. Ia demorar.

    Uma participação tímida no Cálice. No quinto livro, porém, vi toda a humilhação sofrida por ele e me identifiquei bastante com ele, muito mesmo. Identificação de bullying, talvez. Compaixão. A trama foi se complicando, se embrenhando e fui desconfiando dele ainda, especialmente no sexto livro. Ou melhor, n sexto livro eu tantava me convencer que Rowling havia nos enganado a respeito do Snape, mas isso era um engano. Ela não enganou ninguém, mostrou sim esse personagem fascinante, inteligente, duro, seco, poderoso, alguém mais serial-killer que cavaleiro da távola redonda, ou seja, sonserino, mas mocinho. Então tivemos a morte de Dumbledore.

    Eu já gostava muito dele na época e me recusava a crer que tudo havia sido em vão. Sentia que havia algo podre nessa história, alguma artimanha, talvez até mancomunado com Dumbledore, uma morte forjada talvez. O fato é que não aceitei e experimentei os sentimentos mais contraditórios e extremos com relação ao Sev. Foi então que me acendeu uma luzinha: 'esse relacionamento dele com a Lílian, hem, aí tem coisa'. Isso foi meio aleatório. Então, as Relíquias vieram, e me lembro como se fosse hoje, quando li à noite, de um fôlego só, a história da infância e juventude de Severo Snape:

    A infância de maus tratos pelo pai trouxa, as decepções, a paixonite infantil por Lílian, a ida a Hogwarts, os estudos, as amizades torpes, as humilhações pela turma arrogante e nojenta do Potter, o amor juvenil por Lílian Evans, a vergonha que teve dela, a decepção dela por ela, o casamento do grande amor com o inimigo, o envolvimento com o Lorde das Trevas, o remorso, a dor da morte do grande amor, o egoísmo desse amor, a lealdade a um velho que confiava nele, a coragem extrema e prolongada, o sangue-frio, o rancor, o amor trancado na câmara secreta de um coração endurecido pelo sofrimento, a rigidez aliada à sonserina astúcia, o sarcasmo e ataques ao Potter (que sempre gostei, apesar de gostar de Harry também), a aura de ódio e mistério, o poder daquele personagem, seus segredos e ausência aparente de sentimentos, nobreza de caráter...

    Enfim, tudo veio como uma onda e esse personagem que aprendi a gostar se transformou no personagem principal do livro, o mais querido, mais importante, mais idolatrado e mais compreendido. E foi ele que purificou, a meus olhos, toda a Sonserina, ele e Malfoy. Por ele posso dizer que sou sonserino com orgulho. Não o orgulho afetado dos leõezinhos baitolas, mas o orgulho mais sinceramente ardiloso e profundo que só meus amigos serpentes podem entender.

    PS: @Kai kai: Draco, Crabbe e Goyle são apenas 3 alunos. Felizmente a Sonserina é maior que isso, maior até do que aquilo que a Rowling colocou nos livros.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  13. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    Mas vou comentar aqui... peguei uma raiva do Dumbly.... "criou o menino pro abate" como diria o snape. Fora o jeito dele no HP e a Ordem de Fenix.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  14. *Ceinwyn*

    *Ceinwyn* Ogra rosa

    Peguei raiva do Dumbly não. Ele precisava morrer pro Réri deixar de te-lo como tutor pra cada passo dado. As vezes os mestres têm que morrer pros protagonistas darem seu salto final. Dumbly precisou morrer, mas deixou seus pupilos em condições de se virarem sem ele. E se viraram :D
     
  15. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Eu sempre achei que o Snape era aquele personagem que você sabe que terá redenção ou é o exemplo do livro não ser a capa.
    Tive uns 2 ou 3 momentos de duvida quanto a isso lá pro terceiro ou quarto ou quinto livro quando todos os tiros do Dumbledore pra professor dava com os burros n'água. Depois ficamos sabendo porque.


    Mas o final do personagem conseguiu ser muito surpreendente pra mim.
     
  16. Anna Cwen

    Anna Cwen Ourificada

    Snape é meu personagem preferido também, desde o final do 1o livro. Acho que foi o fato de ele ter sido 'injustiçado' pelo Harry na coisa toda do Quirell que criou a empatia. Chorei aos borbotões na passagem da morte dele e, confesso, ainda choro quando lembro da passagem das memórias dele.

    Pode parecer besteira ou coisa de fã super-protetora, mas eu sempre soube que o Dumbledore tinha mandado o Snape o matar. As passagens no livro 6 (da fraqueza crescente do Dumbledore e da briga deles "Como você pode pedir isso de mim?!?") para mim deixaram claríssima a intenção do diretor.

    A escolha do Alan Rickman para o personagem foi realmente fantástica. Já falei um monte de vezes que não gosto dos filmes, eles não fazem jus as livros nas coisas que eu acho mais importantes, mas quanto à escalação do Snape não tenho do que reclamar. Eke foi perfeito e aquele post dele no último dia de gravação demonstrou que ele também se envolveu com o personagem.
     
    Última edição: 20 Out 2011
  17. Elriowiel Aranel

    Elriowiel Aranel Usuário

    O Snape pra mim é uma relação de amor e ódio. Antes de mais nada, deixem-me esclarecer que minha personagem favorita é, sempre foi e sempre será a Hermione.

    Minha visão inicial (vendo os 2 primeiros filmes... só li os 2 primeiros livros depois de ter lido o 3º) era igual a do Harry. O odiava profundamente e não conseguia compreender de onde e por qual motivo ele tirava tanta implicância por um garoto que - teoricamente - ele nunca vira na vida.

    Lendo o 3º livro, muito ao contrário de várias pessoas, eu passei a ter mais raiva dele ainda!!!
    Nesse livro, devido à presença do Lupin na escola, o Snape se torna mais cego a tudo que ronda o Harry do que o de costume. Quando apareceu o Sirius, então... ele fica totalmente irracional. Ali ele revelou tudo o que ele tinha de pior, e que aliás é também a pior característica de Slytherin. Ele mandou a justiça às favas e só via a oportunidade da vingança, sem querer saber a verdade... ficou totalmente cego e surdo, irracional a tal ponto que chega a ser um fanatismo de ódio. A raiva e a reação dele são desproporcionais demais à uma mera implicância de crianças / adolescentes, mesmo que ele quase tivesse morrido no Salgueiro Lutador (porque isso era tudo que sabíamos até então...). Ali me pareceu que a história toda ele via apenas como lhe convinha, independente da verdade...
    Mas, sem dúvida, o que me irritou MAIS que tudo nesse livro - especialmente no final - foi a forma como ele tratou a Hermione.

    E mesmo que agora saibamos que por trás desse ódio todo pelo Sirius nesse momento exista seu amor pela Lily e a crença de que Sirius foi o traidor (consenso na comunidade, até então), ainda acho que ele foi desproporcionalmente irado... totalmente passional, o que foi uma atitude descontrolada chocante para alguém que NUNCA demonstrava suas emoções. O que me lembra uma observação de Hercule Poirot, em O Natal de Poirot, livro que estou lendo agora:

    Bem pareceu que foi bem isso mesmo o que aconteceu naquele momento: a represa do Snape arrebentou e seu gênio nada controlado e verdadeiro aflorou de uma vez só. É até irônico que ele quisesse dar lição de moral no Harry em relação a isso em OdF depois desse showzinho que deu em PdA.
    E tudo isso me faz pensar também que o amor do Snape pela Lily fosse muito mais doentio do que legítimo, como uma obsessão. Ainda mais depois que ela finalmente aceitou sair com o James.

    Aí em CdF, nada de tão relevante, a não ser o que já sabíamos: que ele era Comensal.

    Enfim... FINALMENTE, após muita espera e ansiedade chegou OdF. Meus sentimentos em relação ao Snape mudaram da água pro vinho por causa da cena da penseira. Aliás, me senti exatamente como o Harry: a monstruosa e cruel atitude dos Marotos se parecia muito mais como uma coisa que o Draco & Cia fariam do que com uma atitude dos gêmeos. A partir daí, nunca mais simpatizei com James & Cia, pois pra mim não existe justificativa plausível pra esse tipo de atitude...
    Por outro lado, passei a nutrir uma certa simpatia com o Snape. Como disse o Paganus: 'Identificação de bullying". Como eu também passei por isso, me senti mais próxima dele, embora continuasse achando a atitude dele com o Harry MUITO errada. Afinal o Harry NÃO É o James... nem sequer fora criado por ele e nem sabia das coisas que tinham acontecido entre eles.

    Sabe aquela comunidade que a Melian citou, "Eu confio no Snape"??? Pois eu também cheguei a participar dela... mas no fundo, ao fim do 6º livro eu não tinha opinião formada. Tava muito confusa... Aliás, a minha primeira leitura foi de uma tradução de internet em pdf, antes do lançamento no Brasil, pq eu queria evitar ser pega de surpresa pelos spoilers que o povo adorava soltar por aí nos meses entre o lançamento em inglês e o lançamento da tradução oficial.
    Eu tava TÃO decepcionada com o livro em si que cheguei a duvidar que tinha lido o livro verdadeiro.
    Depois que confirmei, fiquei totalmente em dúvida sobre o que pensar do Snape e decidi esperar pelo desfecho. Realmente eu não tinha noção mais do que deveria pensar dele...

    E enfim, no final, como pra todo mundo, foi a redenção, a definitiva revelação de quem ele realmente era.... mas no começo do 7º livro eu cheguei a achar que ele era só um Comensal mesmo.

    Não morro de amores por ele, mas simpatizo com sua história... Não vou dizer que seja o tipo de pessoa com a qual eu gostaria de conviver. Acho que na vida real eu não o suportaria, devido ao seu gênio difícil.
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  18. Lothnen

    Lothnen Always...

    Assim como a Elriowiel, meu personagem preferido de longe é a Hermione; e também li o sexto livro em pdf (aliás, todos eu li assim :obiggraz:) e também me decepcionei. Tanto que demorei um ou dois anos pra ler o sétimo. Me decepcionei não só com o Snape mas também com as atitudes da Hermione, choramingando pelos cantos por causa do Ron, entre outras coisas que são off topic. Mas enfim, o Snape sem sombra de dúvidas é o personagem mais complexo e bem elaborado da J.K., e me fez oscilar entre o amor e ódio. No fim, acho que rola uma certa identificação e eu acabo por gostar dele. :hihihi:
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  19. Excluído047

    Excluído047 Banned

    Bom, eu não li os livros, apenas assisti os filmes. Eu achei o Severo a personagem mais interessante de toda a obra. Inteligente, fiel e, de certa forma, carismático. A reviravolta dos últimos dois filmes me impressionou bastante. Gostei.


    []'s!
     
  20. Nírasolmo

    Nírasolmo Usuário

    Dona @Lissa achei esse tópico o mais apropriado. Agora tente convencer um sonserino de que é errado defender o Snape...sonserino e capricorniano, ainda por cima, tal como o original. (Mas já fui mais simpático a ele do que hj em dia)
     
    • LOL LOL x 1

Compartilhar