1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Síndrome do choque tóxico: entenda a doença causada pelo uso do absorvente interno

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 18 Mar 2016.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Ultimamente tem se falado mais sobre a Síndrome do Choque Tóxico, que é uma doença grave, porém rara, mas que pode levar à morte. Ela é causada por toxinas produzidas pela bactéria Staphylococcus aureus, que existe normalmente no corpo da mulher.

    O problema é quando ocorre sua proliferação intensa, porque são produzidas toxinas em excesso, que causam a SCT. E o uso prolongado de absorvente interno é o que favorece essa multiplicação rápida.

    Recentemente, a californiana Peyton Caples, de 17 anos, resolveu contar através de um blog que sobreviveu aos graves efeitos dessa síndrome. Ela quis contar a sua história para conscientizar outras meninas.

    “Senti como se tivesse levado um tiro. Nunca estive tão mal na minha vida. Dei entrada na unidade de terapia intensiva em Ventura, na Califórnia, e meu batimento cardíaco era o mesmo que o de um bebê, acelerado”, disse em entrevista ao “Mirror”.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

Compartilhar