1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)
  1. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    O que aconteceu com as pedras de Fëanor depois da guerra da ira???
     
  2. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Uma Earëndil levou para o céu...
    Outra caiu no mar...
    E outra foi tragada pela terra....

    Não entrarei em mais detalhes para que você possa desfrutar dessa leitura na sua integra...
     
  3. Erundur

    Erundur Usuário

    E de acordo a Segunda Profecia de Mandos, depois da última batalha elas serão recuperadas e Fëanor as utilizará para reacender as Duas Árvores.

    Não é isso mesmo?
     
  4. miharu

    miharu Wild~

    é isso mesmo. Quando falam de Silmarils, gosto de lembrar de toda a jornada de Beren e Lúthien para consegui-las :joy:
     
  5. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Por favor, acho que fica estéticamente mais bonito usarmos ou: Jóias de Explendor de Pura Luz, ou o termo quenya, em seu plural Silmarilli.
    Alías, acho incongruente manter o uso do plural Silmarils.

    Abraços.
     
  6. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Mas o próprio Tolkien usava o plural "Silmarils", não? Tá lá: "chapter 7: of the silmarils and the unrest of the noldor", por exemplo.

    Enfim...
     
  7. Deriel

    Deriel Administrador

    Acho que Tolkien é um velho gagá e não entende nada das Jóias de Esplendor de Pura Luz :g:


    Bom, você já terminou o Silmarillion ou ainda não? Pra não estragarmos sua surpresa
     
    Última edição: 7 Mar 2007
  8. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    :eek:

    Está sertissima...
    Uma Silmaril
    Duas Silmarils
     
  9. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Certíssimo em que âmbito? Se o próprio Tolkien coloca o plural quenya de silmaril sendo silmarilli, é uma questão lingüística. Seria o uso de silmarils destinado a quem? Elfos falariam élfico, muitos humanos também, ou suas línguas natais, mas nenhuma raça utilizava-se de inglês, é intrigante Tolkien tê-lo feito assim. Não seria isso algo da edição? Mas de qualquer forma, se eu digo que algo é "amarelo", e o chamo depois de "vermelho", não seria um tanto quanto insensato concordar comigo?
    Estamos discutindo, não sendo copistas, e então apenas reproduzindo o que disse Tolkien.
    Ao meu ver, falha dele usar esse termo no plural com -s.

    Abraços.
     
  10. Deriel

    Deriel Administrador

    Isso aí, Tolkien tava locão e pronto. Fala sério :obiggraz: Se o próprio autor usou o temo Silmarils em vários pontos, inclusive ]em títulos de capítulo, bom, quem somos nós pra dizer que é errado usar Silmarils, né?
     
    Última edição: 7 Mar 2007
  11. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Isto foi uma concordância séria, ou uma zombaria?
     
  12. Deriel

    Deriel Administrador

    Cara... Tolkien usou o termo Silmarils inúmeras vezes no Silmarillion, inclusive em títulos de capítulos. Simplesmente não podemos dizer que está errado nem que é inaproipriado.
     
  13. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Não, não é questão de edição. Tolkien utilizou "Silmarils" para o plural a torto e a direito no Silmarillion, eu usei o nome do capítulo 7 só para ilustrar, mas temos lá também:

    "Than he began a long and secret labour, and he summoned all his lore, and his power, and his subtle skill; and in the end of all he made the Silmarils".

    "And the inner fire of the Silmarils Fëanor made of the blended light of the threes of Valinor."

    "And Arda hallowed the Silmarils."

    "Then Melkor lusted for the Silmarils."


    etc.

    (Note que eu estou tirando do original para não entrarmos nem no âmbito da tradução...)

    No final das contas, insensato na verdade é afirmar que o próprio autor da obra é incongruente...
     
  14. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Veja bem, ao menos essa foi minha intenção:
    Se leio um clássico da historiografia, por exemplo, eu analiso tudo que está contido na obra. Obviamente se leio um gênio, como Marc Bloch, não discutirei termos da alçada dele como se tivesse autoridade pra isso. Mas se no caso, ele comete um erro, uma incongruência até mesmo de idéias, eu, mesmo no papel de leitor, me vejo no dever de criticar afim de produzir uma problematização válida, e assim aproveitar a obra.
    Se estamos aqui, fãs e leitores de Tolkien, nos divertindo com a leitura saborosa, e fazendo questões e indagações, simplesmente parece-ce incoerente não questionar determinados fatos. Se ele usa o termo em várias obras, mas ele mesmo diz ser outro o plural, porque aceitarmos essa divergência como canônica? Se no mínimo, quisermos ter algo "produtivo" acerca das obras devemos questionar e problematizar sem manter algo como imutável. Nenhum assunto é esgotável.
    Simplesmente vi algo de "interessante" nessa questão, vais me dizer que não? Que o plural quenya não diverge do uso do plural passado para uma forma em "inglês"?


    ps: Pois então, se algo está escrito, mas ele não é meramente informativo (no caso de um termo lingüístico), ele é certo, por simples e puramente ser escrito? Discordo disso.
     
    Última edição: 7 Mar 2007
  15. Deriel

    Deriel Administrador

    Você afirmou que era incongruente usar Silmarils, só demonstramos que não é. Não mude o foco.
     
  16. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Então voltando, considero incongruente. Ainda assim, mesmo vocês dizendo o que quiserem. Se o termo em sua origem é um, e usa-se outro (sem mais explicações), é incongruente no puro âmbito da questão.


    Administração: Use o Fale Conosco se quiser reclamar de Algo
     
    Última edição por um moderador: 7 Mar 2007
  17. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Seguindo sua lógica a obra inteira deveria ser escrita em Quenya então...
     
    Última edição: 7 Mar 2007
  18. Deriel

    Deriel Administrador

    Não, não é. Tolkien utilizava ambos, portanto não é incorreto nem incongruente se utilizar ambos. Não é nenhum "erro isolado" ou problema de cópia nem nada.

    Você pode pessoalmente achar estranho e não entender, mas não é nem errado nem incongruente dentro da obra.
     
  19. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Pois fora da obra, na questão de problematizar, e não simplesmente reproduzir, parece um erro. Como disse, sempre discordo que algo possa ser esgotável, e não estou discutindo dentro da obra, lembre-se que desde meu primeiro post falei do contexto, quando me disseram sobre os usos na obra perguntei se não seria erro de edição, mas não, nos originais de Tolkien está assim, e então forma-se a incongurência. Não discuto o uso do termo nas obras, mas sim sua origem, e o uso de um termo divergente do já mencionado como canônico. Mas isto está infrutífero já.
     
  20. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Nesse caso não seria questão de erro, Aracáno. Era algo reiterado e deliberado. Se não me engano, em determinado momento Tolkien até parou para explicar o uso do plural em inglês do termo, e não manter o plural em quenya. Mas eu posso imaginar que um dos motivo seria justamente o uso freqüente do termo em escritos "informais", como cartas, em que ele teria que explicar quenya para o leitor, quando simplesmente era mais fácil dizer que silmaril é a jóia, e ele saberia que silmarils eram mais jóias.

    Mas isso não explica tudo, porque o termo aparece até em uma obra da relevância do Silmarillion. Talvez porque, se o "original" do livro foi escrito por elfos, mas a tradução que temos é em inglês, e o tradutor achou por bem, naqueles momentos, anglicizar o termo?
     

Compartilhar