1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias Shonen Jump: os dez melhores mangás do século

Tópico em 'Anime & Mangá' iniciado por Turgon, 28 Out 2011.

  1. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    A lista não reflete muito a minha opinião, mas segue como curiosidade.

    Sinceramente não sei como ficaram de fora FullMetal Alchemist, Naruto, Claymore, entre outras. Nas primeiras colocações são mangás bons, mas não considero superiores a muitos.

    E sendo uma lista japonesa, achei estranho One Piece de fora.
     
  2. Tilion

    Tilion Administrador

    A explicação é simples: a pesquisa era pra saber qual o melhor mangá do século XXI (até o momento), publicado a partir do ano 2000 e na própria Shonen Jump.

    Todos os mangás da lista se enquadram nesses quesitos. One Piece e Naruto começaram a ser publicados ainda nos anos 90. FMA nem na Shonen Jump foi publicado, e sim na Shonen Gangan.
     
  3. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Verdade. Não me atentei muito ao "a partir de 2000".
     
  4. Jhulha

    Jhulha Lurker

    1. Death Note
    3. Bleach
    6. Bakuman
    9. Beelzebub

    Puxa apenas conheço estes mangas.

    Caramba Babu considerado como um dos melhores desde o ano 200 que demais, mas com Bakuman fiquei impressionada não conheço ninguém (pessoalmente) que tenha acompanhado o manga ou o anime, eu mesma não fui muito longe.
     
  5. Ree K.

    Ree K. Usuário

    Reborn na lista deixa bem claro que foi votação do público.

    Eu até gosto desse anime, mas diga-se de passagem ele é muito bobinho e dá pra perder a paciência fácil com ele. Falando do anime mesmo, não sei se o mangá é muito diferente disso, mas você tem que esperar pelo menos 30 episódios de introdução aos personagens, só comédias e episódios random, até que algum tipo de ação comece a acontecer. As temporadas de ação são muito boas, mas elas sempre são precedidas por mais uma temporada de episódios cômicos, o que faz você perder a paciência.

    Bakuman é outro ruinzinho, ele provavelmente só está se arrastando na fama de Death Note. Aliás, Death Note, Gintama e Bleach são mesmo muito bons.
    Não conheço Pyu to Fuku! Jaguar, alguém sabe do que se trata?
     
  6. Lyvio

    Lyvio Usuário

    Eu esto acompanhando Bakuman e to gostando sim, não o mangá mas o anime, mas confesso que mesmo levando-se em consideração anos 2000, nem ele nem Belzebub entrariam na minha lista, apesar de Belzebub eu também estar acompanhando.
     
  7. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Bakuman eu acho excelente. Acho que ele perde um pouco da preferência de muitos por ser um anime mais técnico, sem grandes ações e tentando passar a realidade de um Mangaká no Japão. Como eu sempre gostei de saber como alguém se torna um Mangaká no Japão, principalmente da revista JUMP, acabo gostando muito do anime. Acho muito interessante conhecer todo aquele universo das editoras, pesquisas, opiniões do público, dificuldades em publicar um trabalho e tanto outros temas que abordam.

    Fui dar uma olhada nas audiências no Japão e Beelzebub está muito bem. É um anime muito divertido, o que prende a atenção de muitos. Não sei se entraria no meu top 10, mas vale apena conferir.

    Sei que comentei dos respectivos animes e a lista está se referindo aos mangás, mas como as adaptações são praticamente inteira deles, com poucos fillers, a opinião não iria divergir muito.
     
  8. Ree K.

    Ree K. Usuário

    Acho Bakuman muito inacessível. Entendo porque ele é popular no Japão, em um país onde mangás são realmente um negócio muitos jovens devem sonhar em ser mangakas e acabaram se identificando com os personagens e a história, mas particularmente não achei interessante àqueles que não vivem essa realidade. De certa forma, ele foi feito mais para otakus mesmo.
     

Compartilhar