1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

"Shogun" (James Clavell)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Elendil Voronda, 26 Set 2003.

  1. Elendil Voronda

    Elendil Voronda Usuário

    Saudações, Pessoal :mrgreen:

    Dei uma procurada no fórum e não achei nenhum tópico que falasse especificamente de Shogun (prefiro esta grafia a Xógum, como ficou aqui no Brasil :disgusti: ), por isto estou abrindo este aqui

    Acabei de ler o segundo volume ontem. E só posso dizer: SUGOIIIIII! :obiggraz: :obiggraz: :mrgreen: (Em japonês, pra ficar no clima :wink: )

    Muito bom este livro, ver a sociedade japonesa do ponto de vista de um inglês, e ver como aos poucos ele se "orientaliza", a ponto de suportar os próprios companheiros.

    Também é muito interessante, pois complementa Musashi. Enqto um é japonês e não tem a intenção de explorar a cultura (afinal é a cultura deles oras :wink: ), o outro tem a intenção de explicar os costumes religiosos, política, bushido, sociedade e por aí vai.
    Juntos eles dão uma noção muito boa da época (mesmo pq uma se passa antes da batalha de sekigahara, e outra depois)

    Aháaa, cheguei a um ponto que queria discutir...

    SPOILER!!!!
    TIpow, mais alguém notou que o Toranaga no romance corresponderia ao Tokugawa histórico? Pelo menos é o que dá a entender, pois o período é o mesmo, e no fim vemos que ele ganhou uma batalha em Sekigahara, e dá a entender que ele virou shogun.

    Será que alguém sabe até onde é real em shogun???
     
  2. Hobbit Bonzinho

    Hobbit Bonzinho Usuário

    Acho que em Musashi não é o mesmo Toronaga, e sim a linhagem dele, então quem está no governo são os seus herdeiros, não ele no Musashi. Acho que é isso.
    Acho que as histórias, os costumes são bem reais mesmo. mas tipow, o romance do inglês com a samurai mulher do samurai é bem forjado.
     
  3. Elendil Voronda

    Elendil Voronda Usuário

    Ahhh, sim, no Musashi não seria o Toranaga, mas um descendente dele (se eu não me engano, é o Tokugawa Ieyasu, filho do 1o. shogun da era Tokugawa). Mas continua a pergunta, até onde podemos relacionar o Toranaga com o Tokugawa?

    Qto ao romance, aí está outra pergunta minha. Será que a Mariko realmente gostava do Anjin? Pq no final do livro parecia que ele tinha mandado a Mariko fazer muitas coisas, quem sabe ela não simulou o amor por ele, de acordo com os planos do Toranaga (que por sinal, vai ser filho da mae assim, o cara faz vc pensar o livro todo que não quer ser shogun, e no final... :aham: )
     
  4. Ilyriä

    Ilyriä Usuário

    Levando-se em conta que o Musashi se passa por volta de 1600 e o Shogum Idem, depreende-se que o James Clavell mudou apenas o nome dos personagens, os acontecimentos ele manteve os mesmos.

    Eu sou apaixonada com Shogun.... li por indicação de um professor,e gostei tanto que comecei a correr atrás até achar num sebo (eu adoro sebos! :mrgreen:) O que acho mais incrível é o embate entre cultura ocidental e oriental, tipo, como o Blacktorne se choca e deposi se adapta... as descrições ricas, não só dos lugares mas dos costumes...

    muito 10!!!!!
     
  5. Logan Mcloud

    Logan Mcloud Usuário

    gostei muito de xogun ...... na epocaq li cheguei ate a trocar meu nick daki para toranaga..... afinal ele eh muito foda.... mas eu nao acretido q ele seja o mesmo q o musashi ..... pq a historia do musashi eh bem diferente o toranaga era um estrategista brilhante .... o musashi era um espadachim brilhante.....


    Dwarf
     
  6. Elendil Voronda

    Elendil Voronda Usuário

    Na verdade não estava comparando o personagem Musashi com o Toranaga, mas o período de Musashi com o de Shogun. Eu acredito que o Toranaga seja um nome inventado pelo James Clavell para lidar com o Tokugawa, primeiro shogun da era Tokugawa ( :wink: )

    No início de Musashi, a batalha de Sekigahara (última batalha do Shogun, que só foi mencionada) tinha terminado, e o shogun Tokugawa tinha assumido e depois deixado o lugar pro Ieyasu, seu filho (assim como Toranaga nisso que faria com o Sudara).
     
  7. Tilion

    Tilion Administrador

    Tokugawa Ieyasu foi o primeiro dos shoguns Tokugawa. Foi Ieyasu que, em 1605, abdicou do cargo em favor do seu terceiro filho, Hidetada, mas na verdade continuou ele mesmo sendo o real governante do país.
     
  8. Elendil Voronda

    Elendil Voronda Usuário

    É verdade, eu tinha confundido os nomes (afinal faz um tempão que li Musashi :wink: )

    Como eu não tenho o 1o. livro, eu o folheei na livraria e vi que no prólogo tem algumas explicações, e fala da relação do Toranaga com o Tokugawa...

    Interessante foi ver que o inglês realmente existiu, com o nome de Will Adams.. Há mais verdade no Shogun do que eu supunha..

    E o personagem que inspirou o Buntaro, marido da Mariko (par romântico do inglês), é na verdade o samurai da qual Musashi torna-se vassalo!!! Muito interessante!!! :mrgreen: :mrgreen:
     
  9. Melkor- o inimigo da luz

    Melkor- o inimigo da luz Senhor de todas as coisas

    Estou lendo, comprei esses dias... To na metade do primeiro volume. Bom, eu não gosto da linguagem vulgar do James Clavell, mas o livro é excelente. Aprendi muita coisa, isso que mais gosto em romances históricos. É legal porque ele vai aprendendo pouco a pouco os costumes e até mesmo o idioma, então você acompanha o aprendizado dele. Quem não aprendeu "wakarimasu ka?" lendo Xógum? =)

    Realmente, merece ser indicado, é um livro lindo. Eu gosto também do fato dele explorar vários pontos de vista, não é uma visão européia nem japonesa da história, o autor é totalmente imparcial.

    Mas tenho umas dúvidas...

    Alguém saberia me informar quanto à veracidade das informações? Eu pesquisei sobre Toranaga ou Ishido ou até mesmo sobre 'taícum' e não achei nadica de nada. Só uma questão que caiu no vestiba desse ano!

    Ou seja... Toda essa trama aconteceu realmente ou foi inventada? Eu ficaria decepcionado se não tivesse pelo menos um fundo histórico. Quer dizer, pelo menos o Toranaga TEM QUE existir, concordam?

    Alguém aí mais versado nessas coisas pode me dar um help?
     
  10. Elendil Voronda

    Elendil Voronda Usuário

    Pelo que pude perceber de Shogun, fazendo um pouco de ligação com Musashi, o Toranaga teria sido inspirado no Shogun Tokugawa Ieyasu, 1o. shogun da era Tokugawa. As suas histórias não batem muito até onde eu sei, mas temos pontos em comum, como o fato de ambos viverem +/- na mesma época e ambos conseguirem se tornar shoguns após a batalha de sekigahara (pra quem não lembra, foi após esta batalha que se inicia a saga de Musashi)

    Preciso pesquisar mais até onde vão as semelhanças

    Mas shogun é muito booom!!! Além da visão oriental, trás todo o pano de fundo mundial, como por exemplo os piratas, as disputas entre Portugal/Espanha/Inglaterra/Holanda..

    Muito bom mesmo!
     
  11. Elfon

    Elfon Usuário

    A Mariko finjir nao gostar do Anjin-san?? Nossa chega num ponto do livro que ela esta perdidamente apaixonada e fica dividida entre os deveres como japonesa e entre aquele amor estranho em sua casa

    E sim, o livro eh irado, pena q perde muito no contexto historico, so da para perceber a epoca por causa da invasao naquela ilha dos catolicos. Em geral eh bem legal sim, vale a pena, mas tem outros que valem mais =)
     
  12. Chuck Norris

    Chuck Norris Usuário

    Xôgum

    Comecei ler a pouco tempo esse incrível livro de James Clavell, e só posso dizer que recomendo a todos que nunca leram! É realmente muito bom! Sua história não tem semelhanças com O Senhor dos Anéis, tampouco as magias e a ficção. No entanto, em termos do nível do livro; essa é uma das poucas obras que eu considero a altura da de Tolkien. Tudo se passa em um Japão feudal, onde todos cobiçam ser o Xôgum, uma espécie de ditador supremo. Além de grande interesse pela lingua japonesa, o livro proporciona grandes emoções da primeira à ultima página! Tudo começa com a chegada do inglês John Blackthorne ao Japão, e assim desencadeia-se uma grande história envolvendo personagens marcantes como Yabu ou Toronaga... Em fim, o livro é muito bom! Ele é bastante antigo, e não conheço muitas pessoas que o leram. Creio que hoje em dia seja dificil encontrá-lo, mas se tiverem a oportunidade de lê-lo, façam-o! E quem já leu, pode comentar o que quiser aqui!
     
  13. Silenzio

    Silenzio Visitante

    Re: Xôgum

    É o próximo livro que pretendo ler assim que terminar a trilogia da Crucificação Encarnada do Miller.
     
  14. Elfo_Surfista

    Elfo_Surfista Peidei...

    Re: Xôgum

    hmmm livro sobre a cultura japones escrito por um ocidental???

    sei não... mas não consigo apostar nessa
     
  15. Ben Kenobi

    Ben Kenobi Aprendendo com um

    Eu estou no fim do tomo 1 gostei muito desse livro só to meio perdi do nas patentes se puderem explicar?Xógum,Imperador e Kwampaku qual adiferença?
     
  16. frodobolçeiro

    frodobolçeiro Usuário

    hmmm......
    Xógum literatura japonêsa muito interessante eu não me lembro de muita coisa só me lembro que no final do tomo 1 que um carinha avia se fingido de morto e deu um susto em muita gente;só isso que me lembro,agora eu vou ler o tomo 2 e poderei falar mais coisas sobre o livro.
     
  17. Tilion

    Tilion Administrador

    Detalhe que Xogum não é literatura japonesa, mas inglesa. O autor é britânico e escreveu em inglês, só a ação é que se passa no Japão. É um "romance pseudojaponês".
     
  18. taipam

    taipam Usuário

    Ao contrário que muitos pensam, James Clavell não é inglês, nasceu em Sidney, Austrália, em 1924,notabilizou-se pelos seus romances que envolvem a história do oriente, em especial o Japão.

    Em "Shogun" temos um retrato do Japão feudal e o processo da construção do estado-nação com as diferenças comportamentais no século XVII entre japoneses e europeus.

    Entre os europeus destacam-se diversos navegadores e jesuítas portugueses e espanhóis, nomeadamente o piloto Vasco Rodrigues, Frei Alvito e Frei Domingo.

    O frei Alvito terá sido inspirado no jesuíta João Rodrigues, o intérprete, e, eventualmente, em Dom Luís Cerqueira, conhecido como o Bispo do Alvito.

    "Shogun" foi adaptado, com grande sucesso, para uma série de TV em 1980, sendo o personagem Vasco Rodrigues interpretado pelo actor inglês John Rhys-Davies, o qual foi nomeado para o Emmy de melhor actor secundário.
     
  19. Tilion

    Tilion Administrador

    Eu não disse que ele era inglês, e sim que era britânico: como nasceu em 1924 na Austrália, sendo esta domínio do império britânico, ele era automaticamente cidadão britânico. Mesmo motivo pelo qual Tolkien também era britânico mesmo tendo nascido na África do Sul, em 1892.
     
  20. Ben Kenobi

    Ben Kenobi Aprendendo com um

    Queria muito ver essa série.
    Terminei os livros á um tempinho, mas é muito bom, quero ver se encontro o vol.1 do tai pan pra mim poder ler, aqui eu só vi o vol 2, mas deve ter.
     

Compartilhar