1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Shanghai: Como mudar em 20 anos

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por BeorZenni, 11 Fev 2011.

  1. BeorZenni

    BeorZenni Usuário

  2. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Chega a ser assustadora a forte verticalização e a diminuição da área verde, o grande mal da urbanização excessiva.
     
  3. Indu

    Indu MANDALORIAN

    Aquele prédio lá atrás o mais alto, parece um abridor de garrafa (vontade de beber).
    Mas falando sério, ê brasilzão nosso que não aprende né.
     
  4. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    A mudança foi violentíssima, algumas coisas boas e outras não.

    Mas quero ressaltar que altos arranha-céus não são sinônimos de desenvolvimento sustentável "de verdade", vai muito além disso.

    No dia que povo chinês promover o verdeiro Estado do Bem Estar Social, aí sim será digno de todas os elogios.
     
  5. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    No Brasil, a cidade que mais se assemelha a esse modelo de verticalização de Shangai é a minha São Caetano do Sul que é a única cidade do país que tem 100% de área urbana e rural: 0%.

    Quando nasci nos anos 70, dava pra contar nos dedos das mãos os pouquíssimos edificios com mais de 10 andares. Hoje são centenas e não param de crescer.

    Logicamente o número de edificios é bem menor que Sampa, mas levando em conta que é um municipio de pequenas dimensões e poucos habitantes, a densidade de edificios por habitante se torna muito elevada o que deixa a cidade numa condição comparável a algumas cidades asiáticas campeãs de verticalização.
     
    Última edição: 19 Fev 2011

Compartilhar