1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Sestina de minha vida

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por imported_helen, 22 Jun 2011.

  1. imported_helen

    imported_helen Usuário

    Sestina de minha vida

    Vivi, como poucos o sonho do AMOR
    Mas Ele para longe de mim te levou, SAUDADES!
    Do meu peito te arrancou, oh DOR!
    Sem dizer-me adeus, deixaste-me, PARTISTE!
    Será, em meus sonhos a única, a derradeira, ETERNAMENTE!
    Mas o vazio que me trazes é enorme, é TUDO!


    Suspiro dias e dias, mas falta-me TUDO
    Me falta ar, luz, falta-me o teu AMOR,
    e será assim longe de mim ETERNAMENTE
    que morrerei, morrei de SAUDADES!
    Por que quando a vida tinha sentido, PARTISTE?
    Ah, como sofre o corpo e a alma, oh DOR!!

    Eu exijo também a minha morte, oh DOR!
    Quero a minha parte, me levaste quase TUDO!
    Deixaste-me para trás, e meu mundo PARTISTE!
    Por que foste embora, por que AMOR?
    Saudade, saudade, saudades, SAUDADES!!
    É a tua falta que me condenará, ETERNAMENTE!


    Ser condenado ao derradeiro degredo ETERNAMENTE!
    Lágrimas em punho, murros ao vento, DOR!!!
    Saudade, saudade, saudades, SAUDADES!!
    Renego-te destino artesão, pois levaste quase TUDO!
    Levaste quase tudo e zombaste de meu AMOR!
    Tomaste meu castelo de sonho e o PARTISTE!!

    Canalha, o tomaste como teu e o PARTISTE!!
    Renego-te com tudo que me resta renegar-te-ei ETERNAMENTE!
    Sabias que de meus lábios só nasceria o AMOR!!
    Mas hoje tudo que sou inspira trova a DOR”!!
    Levaste de mim quase tudo, quase TUDO!
    Exceto a indelével e inexorável cicuta de SAUDADES!!


    Tomada gota a gota, gole a gole, oh Saudades!
    A falta que fazes me matará, porquê Partiste!
    Oh partiste, oh saudades, dói-me TUDO!!
    Tudo roubado, partiste, saudades ETERNAMENTE!!!
    Rimarei todos os meus versos com DOR!!!
    A maior e mais profunda das dores, a dor de AMOR!!!
     

Compartilhar