1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Servidor que não ficou em pé para leitura da bíblia é expulso de Câmara de Vereadores

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Mercúcio, 30 Out 2012.

  1. Mercúcio

    Mercúcio Well-Known Member

    [h=1]
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    [/h]Postado em: 30 out 2012 às 16:46
    [h=2]Servidor é retirado à força de Câmara de Vereadores de Piracicaba por não ficar de pé durante leitura da Bíblia. Ato fere a laicidade do estado[/h]
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Servidor é expulso da Câmara de Vereadores de Piracicaba por se recusar a ficar em pé durante leitura da Bíblia. Medida é afronta a estado laico, diz OAB. (Foto: Jornal de Piracicaba)


    O funcionário do Ministério Público em Piracicaba (SP), Regis Montero, foi expulso do plenário da Câmara na noite desta segunda-feira (29) por não ficar em pé durante a leitura de um trecho da Bíblia. A sessão chegou a ser interrompida pelo presidente do Legislativo João Manuel dos Santos (PTB) para a retirada do servidor, que foi levado pelo braço por um policial militar e por um guarda municipal. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) considera o ato inconstitucional.


    Em imagens disponibilizadas no site da Câmara, o vereador André Bandeira (PSDB) começa a leitura da Bíblia quando foi interrompido pelo presidente da Casa. Santos pediu que o servidor que estava sentado ficasse em pé durante o ato ou que se retirasse. Após uma discussão, o manifestante foi expulso à força do prédio.


    O presidente da Câmara afirmou que apenas cumpriu o Regimento Interno da Casa. Ele nega que o ato de retirar o servidor tenha sido inconstitucional. Já o diretor jurídico do Legislativo de Piracicaba, Robson Soares, disse que Montero fazia ‘baderna’ e que ‘tumultuava’ a sessão naquele dia. “O ato da leitura bíblica está no artigo n° 121 do Regimento Interno. É algo presente nas sessões desde a criação do Legislativo piracicabano. Não obrigamos ninguém a acompanhar a leitura, mas que essa pessoa respeite as regras da Casa ou que se retire”, afirmou Soares.



    FONTE:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
    Última edição: 30 Out 2012
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Vergonha e indignação. Lastimável isso.

    Aliás, lastimável a leitura da Bíblia também, em uma Câmara de Vereadores. Isso é comum em todas elas?
     
    • Gostei! Gostei! x 5
  3. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    li o título do tópico e pensei que servidor fosse tipo, lugar onde se hospeda sites. :lol:

    e sim, vergonha ler esse tipo de notícia.
     
    • LOL LOL x 3
  4. Gorthol

    Gorthol Lacho calad! Drego morn!

    Ridículo ver que o Estado e seus servidores não conhecem suas próprias bases histórico-constitucionais.
    Ridículo!
     
  5. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Eu também. Estava tentando imaginar um servidor de pé, li 2x, pensando "WTF?". :rofl:
     
  6. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    E a Constituição diz:

    Art. 19. É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios:
    I - estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança, ressalvada, na forma da lei, a colaboração de interesse público​


    Pelo que me consta a Constituição é maior que qualquer outra lei municipal ou estadual. Mas estamos no Brasil, né?
     
    • Gostei! Gostei! x 6
    • Ótimo Ótimo x 2
  7. Excluído045

    Excluído045 Banned

    :clap:

    Mas como vivemos em uma merda de estado laico, é uma atitude ambígua.

    Tem pessoas que encaram tudo que é religioso como se lhes ofendesse. Custava se levantar em respeito, pelo menos? Custava sim, custa o orgulho secularista, antes a morte que demonstrar um tiquinho de gratidão às religiões e a tudo que vá contra as ideologias materialistas que se idolatra.

    E assim caminha o mundo moderno, distante da Tradição.
     
  8. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Sério? Sério mesmo, Paganus?

    Obrigado religião.
    Obrigado pelas mortes de milhões de pessoas em nomes de deuses diferentes.
    Obrigado Bíblia, por criar uma intolerância sem fim aos homossexuais.
    Obrigado Islã, por matar milhares de mulheres apedrejadas.
    Obrigado jesuítas, por tentar acabar com as religiões indígenas a força.
    Obrigado pelas mortes de milhões de pessoas em nomes de deuses diferentes.
    Obrigado Bíblia, por criar uma intolerância sem fim aos homossexuais.
    Obrigado Islã, por matar milhares de mulheres apedrejadas.
    Aliás, obrigado Allah pela submissão feminina.
    E obrigado Cristianismo pelas Cruzadas e Inquisição. Véi, é tanta gratidão que vou parar por aqui, não caberia em um só post. :D

    Não é simplesmente por não conseguirmos imaginar o mundo sem religião, que isso é uma coisa boa. Que a religião sem MUITO mérito em nossa cultura, é inquestionável. Nas artes vemos uma forte influência religiosa, e mesmo a ciência é filha da religião (e da filosofia), de monges católicos e tals. Tudo aquilo que já discutimos infinitamente nesse fórum. Mas o ônus é muito maior que o bônus que ela nos trouxe.

    O mundo seria mais pobre sem a Capela Sistina ou sem diversas influências religiosas na arquitetura, filosofia, arte e cultura em geral. Mas seria tão dividido como é? Teríamos as centenas de guerras e atrocidades ao longo da História? Teríamos as divisões étnicas e religiosas que temos hoje? Não.

    Se eu pudesse, eu eliminaria do mundo tudo que a religião fez de bom pela humanidade, se pudesse também eliminar de tudo que fez de ruim.

    Isso não é necessariamente algo ruim.

    _____

    E sobre nós céticos não nos manifestarmos em casos como esse, é o mais natural. Um muçulmano seria tratado dessa forma, se não ficasse de pé, em respeito ao seu deus?
     
    • Ótimo Ótimo x 6
    • Gostei! Gostei! x 3
    • LOL LOL x 3
    • Fail Fail x 1
  9. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Seríssimo. Eu ficaria de pé com muito prazer diante de uma recitação do Zaratustra de Nietzsche. Por que você, ateu, tem que demonstrar com tamanho brio seu desprezo para com a religião? Talvez seja exagerado expulsar o cara da sala, mas quer queira quer não, é o cristianismo o formador da civilização ocidental.

    [
    Por causa desse trecho do seu post é que eu desisto de discutir religião com você. Nada muda, Neithan, nada muda. Eu continuo estudando e querendo estudar várias religiões e filosofias, mas pra você religião será sempre morte, homofobia, machismo, proselitismo, machismo, todo tipo de violência e estupro da dignidade. Ignorando totalmente milênios de circunstâncias sociais, culturais, políticas, econômicas, filosóficas que se metem na situação. Além do motivo maior desses crimes: o pecado.

    E eu me sinto um idiota. Porque estudo pra cacete pra tentar entender essas críticas, compreender onde está o ponto mais discordante, as questões metafísicas, os pontos epistemológicos, enfim, pra ver se a gente chega em algum entendimento ou só aprende nessas discussões. E estudo as religiões de diversos pontos de vista, dos mais dogmáticos aos mais interdisciplinares, pra compreender aquilo em que creio pra poder colocar essas crenças como perspectivas válidas.

    Mas não muda porra nenhuma. A mesma conversinha, as mesmas 'críticas', se é que se chama esse monte de merda aí de crítica.

    Enfim, desisto.

    O ônus é muito maior? Mas peraí? Agora você vai querer me convencer que a religião trouxe mais malefícios que benefícios? É piada? O ateu tentando me converter? Sério mesmo? E Stalin? E Hitler (que só era cristão na sua cabeça)? E os MILHÕES de cristãos que ideologias ateístas mataram, Neithan? E quando que insisti tanto quanto você insiste, que isso faz de todos os ateus cúmplices de todos esses crimes?

    Eu até te defendi de cristãos amigos meus no facebook, defendi seu ateísmo porque nenhum ateu é cúmplice de Stalin, exceto aqueles envolvidos nas prisões, torturas e mortes, defendi que isso era confundir as coisas. E você está dizendo que aquilo a que dedico minha vida em defender não passa de sanha homicida? E não quer mesmo que eu fique ofendido? De boa, gosto muito de ti, é um dos melhores amigos que tenho, mas vai se foder! Pohan, que merda é essa?

    Sim, seríamos, porque você procura por a culpa na religião sem enxergar que o que é podre e doentio é aquilo que você mais idolatra, o homem. É o homem que mata, estupra, queima, calunia, destroi. A fé é só uma desculpa, como o marxismo e outras ideologias o foram.

    Isso é ruim, é horrível, é pérfido, mas é também claro. Você só está manifestando o desejo de todo neo-ateu ( e eu sempre esperei que não fosse o seu caso): ELIMINAR todas as religiões da face da Terra, trocá-las por sua ideologia, acabar com toda oposição às suas ideias, seu materialismo, sem diálogo, sem crítica, só aniquilação. Foi o que tentaram fazer na Santa Rússia, mas ali também o mártir venceu o tirano. Como vencerá agora, como sempre venceu.

    Isso é ateísmo como dogmatismo, como intolerância, como... religião? Esse fanatismo que você tanto critica na religião tá é óbvio no teu ateísmo com esse post.

    _____

    É natural eu me recusar a prestar respeito por alguma religião? Então porque sou ortodoxo, irei me recusar a ler obras ateístas, de prestar respeito a outras religiões que eu AMO????? Isso não é nada natural, isso é vicioso, é ódio ideológico.
     
    • Ótimo Ótimo x 5
  10. Mercúcio

    Mercúcio Well-Known Member

    Absurdos dos absurdos...

    O primeiro absurdo começa com a prática de leitura da Bíblia num espaço público, ferindo o princípio laico.
    O segundo absurdo começa com o presidente da Câmara exigir que o servidor ficasse de pé. Autoritarismo, opressão, abuso de suas prerrogativas, completa ausência de bom senso e intolerância. Se descartarmos que a leitura em si já constitui uma ofensa, não há aqui desrespeito ao Livre Arbítrio, Paganus?
    O terceiro absurdo constitui na retirada à força do funcionário por um policial militar e por um guarda municipal. O que justifica essa arbitrariedade?

    Tudo é válido em nome da tradição, Paganus? Também Jesus, em seu tempo, não agiu na contramão da tradição judaica em diversas passagens?
    Eis o que diz Jesus, ao ser interpelado pelos fariseus que acusavam seus discípulos de ferirem a tradição dos anciãos por não lavarem as mãos ao comer o pão, em Mateus 15:7-9.

    "Hipócritas, bem profetizou Isaías a vosso respeito, dizendo:
    Este povo se aproxima de mim com a sua boca e me honra com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim.
    Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens."

    Em nome de um texto sagrado em um espaço público, o uso da força e o abuso do poder? Parece-me, subverteram a lógica daquele que pregava:

    "Bem-Aventurados os Mansos, porque eles possuirão a Terra." (Mateus, V.4)
    "Bem-Aventurados os pacíficos; porque eles serão chamados filhos de Deus" (Mateus V. 9)

    Deixo claro que não dependo de textos considerados sagrados pra sustentar o que acredito, defensor do Estado laico que sou. Mas a contradição dentro do meu humilde entendimento de cristão salta-me aos olhos de maneira que não pude evitar essas referências.


    ______
    Edit: essa resposta é referente ao seu primeiro post, Paganus. Só agora vi o segundo, que lerei.
     
    Última edição: 30 Out 2012
    • Gostei! Gostei! x 7
    • Ótimo Ótimo x 5
  11. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Eu achava que essa relação de amor e ódio era exclusividade entre o Paganus e o Morfindel, mas agora entrou o Neithan na jogada. Cara... isso tá melhor que Avenida Brasil!
     
    • LOL LOL x 8
    • Gostei! Gostei! x 1
  12. Excluído045

    Excluído045 Banned

    A contradição está na obrigatoriedade, na violência, na recusa ao livre-arbítrio? Não vale tudo pela Tradição. Isso que você está falando, Mercúcio, não é Tradição, é farisaísmo. Farisaísmo e Tradição são opostos como Deus e Satanás.

    Fora que se o Estado é laico, nem há mesmo o menor traço de Tradição que justifique essa atitude.

    O que não impede de destilar meu veneno contra o tipo de atitude que move alguém a não se levantar quando a Bíblia é lida.

    Mas ainda assim, não faz sentido, aqui é Brasil, não é Bizâncio.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • LOL LOL x 1
  13. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Eu não me levantaria também. Aliás, eu nunca levanto, nas poucas vezes que sou levado a uma igreja eu só levanto quando a noiva entra em respeito a mesma. Não fico fazendo sinal da cruz nem repetindo aqueles "ele está entre nós" em coro junto com a paroquia.

    Mas eu não faço por desrespeito. Para mim, seira ainda mais desrespeitoso se eu fingisse comungar com qualquer um dos rituais ali realizados. Eu não sou cristao, nem batizado sou, não tenho o porque fingir que acredito naquilo que se realiza. Para não parecer que sou unicamente anti-cristão, já frequentei centros espiritas, igrejas evangélicas e terreiros de candomblé e minha posição éa mesma: neutralidade. Sento, observo, respeito, até analiso (vicio de sociólogo hehe) mas nunca finjo que estou diante de algo sagrado, pois sacralidade, nesses casos, é do grupo, não minha.

    Assim como considero igualmente absurdo alguém em um ambiente publico, em uma democrácia, recitar o livro sagrado da própria religião e se ofender se outros não comungarem. Oras, e se o cara detido for muçulmano? Ou judeu? Ele precisa ficar de pé e, para mim, mostrar OBEDIENCIA a um rito que está fora da sua área de atuação? Acho que não, se fosse comigo, eu me levantaria sim, mas para protestar contra isso.

    Atitude AUTORITÁRIA, não ambigua.

    E quando vc diz que se levantaria se eu recitasse Nietzche, Marx ou qualquer outro ateista.. Bom, esse exemplo é um pouco absurdo né paganus? Dificilmente alguém recitaria algum desses autores em uma igreja ou algum ambiente no qual fosse parte do ritual levantar e prestar submissão.

    Mas eu não entendo toda essa surpresa do Neithan e do resto com a sua postura de "aplaudir" o ocorrido. Mesmo achando um absurdo, voce está,%
     
    Última edição: 30 Out 2012
    • Ótimo Ótimo x 5
  14. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Mais certo está você, embora eu ache que o levantar-se não implica em comunhão com a religião. Pra mim é um ato de respeito.

    Mas seja. Seja o levantar-se algo que você se abstenha, então vou me retificar aqui.

    O meu :clap: vai para a atitude de se fazer valer um respeito pela Tradição.

    Porém, é autoritário em se tratando de um Estado laico e não-tradicional.
     
  15. Amon_Gwareth

    Amon_Gwareth Paragon

    Veja bem pagz, ninguém deve respeito, e ninguém tem a obrigatoriedade moral / cívica / whatever de levantar. isso sempre será uma opção, e jamais deve acarretar qualquer punição.

    entretanto, este é mais um claro caso de notícia sensacionalista. provavelmente o cara se recusou a levantar, gerou uns atritos por conta disso, falou umas bostas e só então foi retirado pela segurança.
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  16. Pearl

    Pearl Usuário

    Eu também acredito que ele deve ter sido retirado pelo atrito e não pelo simplesmente ato de não levantar. Não deixa de ser uma provocação e o ato de chamar os seguranças autoritário. Eu não sei se a OAB pode fazer algo a respeito. O regimento interno da Camara não é uma lei e é de propriedade do legislativo. Acho que o judiciário não tem como questionar.
     
  17. Mercúcio

    Mercúcio Well-Known Member

    Embora eu tenha negligenciado a distinção que você usualmente faz entre tradição e Tradição, eu pergunto: o farisaísmo é um tradição, certo? Também seus fiéis não a dotavam dessa carga simbólica, resguardadas as devidas proporções, transformando sua tradição em Tradição?

    ___________

    Bom, eu faço coro ao Felagund. Jamais me sujeitaria a uma situação como essa. E ia acabar preso por desacato...

    Mas eu não me levanto nem pra hino nacional, anyway...
     
    Última edição: 30 Out 2012
    • Gostei! Gostei! x 1
  18. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    o meu problema não foi ficar em pé, já que na minha cabeça se o servidor cai, então ele fica de pé. mas a continuação não fazia muito sentido pra mim. :dente:

    e paganus, menos, né, fio. a bíblia nem deveria ser lida numa situação dessas (considerando o artigo que o morfindel citou ali).
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • LOL LOL x 2
  19. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Em primeiro lugar: Calma. :lol: Estou com a Amanda, mas o grande amor da minha vida....não, péra, esse é o Cesar. Enfim: :abraco:

    Péra lá. Injusto esse seu exemplo, você ama Zaratustra. Eu amo obras de cristãos (cazzo, Tolkien, oi?), admiro algumas coisas que jesus pregava, etc...

    Eu não ODEIO a religião como muita gente odeia. Mas não a reverencio. Não mais, pelo menos. Dá muito bem pra separar. Você odeia o ateísmo, mas admira diversas filosofias de ateus, e o contrário é plenamente possível.

    E formador da civilização ocidental é um belo exagero. O berço do Ocidente é Roma (pagã, a princípio), e antes disso a Grécia. O Cristianismo é um pilar importante do Ocidente, mas não o seu berço.

    A Religião é seu motivo de estudo por você ser um religioso. Eu abri mão dela. Quero SIM ler livros sobre sua História (como os que você recomendou e que pretendo comprar), mas não passa, pra mim, de curiosidade. De querer conhecer suas origens melhor. E isso é por amar História em geral.

    Que ela tem uma imensa importância pra humanidade, é inegável. Mas não a acho benéfica para o homem. Se achasse, provavelmente seria eu mesmo um teísta.

    O entendimento comum é possível. Mas pra mim, só será possível quando a Religião se separar do Estado de forma definitiva. Ter um Estado Laico não significa um estado sem religiões, mas sem sua influência em decisões do Estado. Véi, uma CAMARA DE VEREADORES que obriga todos a reverenciarem a Bíblia? Não engulo isso.

    Religião tem sua importância na formação da Sociedade, não é apenas ópio do povo, e até faz bem para algumas pessoas. Mas já foi o tempo dela estar de mãos dadas com o Estado.

    Desiste não. Veja só, agora tem o Mercúrio também, não é só eu você e Morfindel.

    Stalin nunca matou em nome do ateísmo. E sobre Hitler: “Como um Cristão amoroso e como um homem, leio a passagem que nos conta como o Senhor finalmente se ergueu em Sua força e apanhou o azorrague para expulsar do Templo a raça de víboras. Como foi esplendida a sua luta em defesa do mundo e contra o veneno judeu. Hoje, depois de 2 mil anos, é com muita emoção que reconheço, mais profundamente do que nunca, o fato de que foi em nome disso que Ele teve que derramar Seu sangue na cruz. Como cristão tenho o dever de não me deixar enganar, tenho o dever de lutar pela verdade e pela justiça. E como homem, tenho o dever de zelar para que a sociedade humana não sofra o mesmo colapso catastrófico que sofreu a civilização do mundo antigo 2 mil anos atrás – uma civilização que foi levada a ruína por esse mesmo povo judeu.”– Discurso do Adolf em 12 de abril de 1942, em Munique


    E eu sempre te usei de exemplo de cristão legal, isso é totalmente recíproco.

    Você dedica sua vida ao seu cristianismo, e respeito isso, e até admiro tal fé, embora veja a Fé como um ato maior de ingenuidade do que uma virtude, o modo como você, especificamente, rege sua vida cristã é digna de, ao menos respeito.

    Mas religião só é aceitável, PRA MIM, quando não é imposta a ninguém. Quando respeita suas próprias regras de livre-arbítrio.

    A fé é mais que uma desculpa, quando chega ao fanatismo. Óbvio que fanatismo em teorias ateístas também podem levar a morte e a intolerância, mas a proporção disso na religião é imensamente maior.

    O homem bom só faz o mal quando é iludido por alguma ideologia, não necessariamente a religião, mas em sua maioria, sim. Faz o mal em nome de um bem maior, que normalmente tem deuses no meio.

    Já disse: Extinguir a religião é inútil, e quase impossível. Mas separá-la do Estado de forma plena faria muito bem a todos, IMO. Que as igrejas continuem lotadas de fiéis. Desde que essa idolatria não seja refletida na política. Câmara com bancada evangélica, casos como esse de Piraciaba, candidatos apoiados por Igrejas...isso não faz bem a ninguém, a não ser aos interesses destes que usam a religião como ferramenta de poder.

    Minha 'gratidão' a religião não é fanatismo.

    Não é pelo fato de uma pessoa amar e respeitar vários ideias que todos devem fazer o mesmo. Eu não respeito o Islã em nada. Cristianismo puro (não a merda protestante que tomou a classe C e D brasileira) é sim digno de respeito, assim como budismo ou espiritismo. Mas o vereador que não se levantou não é um monstro cheio de ódio ideológico (creio eu).

    E ódio ideológico é justamente expulsar alguém de um local por ele não reverenciar os seus ideais.

    Paganus e eu acho que é anterior a Morfs e Paganus. Ele pegou meu ateísmo logo no início, que bateu com o neo-cristianismo dele (fora católico chato antes de ir pra Igreja Ortodoxa). E, antes disso: Ele era o ateu chato, e eu o cristão chato. Sério.

    Mas eu o amo, mesmo puto comigo. :lol:
     
    • Gostei! Gostei! x 5
    • LOL LOL x 3
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  20. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    PS:
    Mas ai voce estaria agindo pelo principio em sí né paganus, e desuclpa, se voce levantaria, ótimo, muito bonito de sua parte comungar com outras fés, mas nisso voce está, na minha opinião, desprezando o principio do HOMEM na equação. O homem religoso não é esse poço de boa vontade e de compreensão que voce é, ao contrário, muitos defendem suas próprias fés em detrimento das outras e não repeitariam o ritual alheio. Nisso ai não é apenas "orgulho secular" mas participa também o orgulho do HOMEM em todas as suas convicções.

    PS 2: este comentário era pra ter sido no primeiro post meu, mas ai pifou tudo aqui e não consegui colocar
     
    • Gostei! Gostei! x 2

Compartilhar