1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Seria Tolkien Machista?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Sindar Princess, 13 Fev 2008.

  1. Sindar Princess

    Sindar Princess Que deselegante...

    Mais uma coisa legal pra gente discutir e que com certeza dará pano pra manga!

    Seria Tolkien machista?

    Eu não acho isso, nem em sonho! Quando um machista criaria uma heroína tão doce e poderosa como a Éowyn?

    E vcs? Acham o que?
     
  2. Lord Khamûl

    Lord Khamûl Usuário

    Eu não acho ele machista, mas bem que seria interessante existir um istari mulher (uma bruxa do bem), já pensou que bacana uma espécie de Gandalfa.....kkkkkkkkkkkk

    Abraços!
     
    Última edição: 13 Fev 2008
  3. Duilin

    Duilin Eruhín Alcarohtar

    Machista talvez não.
    Mas foi influenciado por muitas obras machistas. Talvez por isso a escassez de heroínas.
     
    Última edição: 13 Fev 2008
  4. Glaurung- o pai dos dragões

    Glaurung- o pai dos dragões Lagarto de Morghoth

    tbem não acho que ele fosse machista, caso o fosse ele não teria colocado mulheres como Galadriel, Eowyn, Luthien ....
     
  5. Foxwulf

    Foxwulf Banned

    Acho que se fossem analisar pelos padrões de hoje, muitos veriam como um ato machista ele fazer uma sociedade com nove membros e todos eles homens. Mas, para os padrões da época dele, digo, de quando escreveu o livro, era comum que as mulheres ficassem em casa e os homens fossem para as batalhas.

    Ele quis respeitar esse padrão, afinal, seria bem estranho mandar uma mulher em uma jornada perigosa, com tantos homens fortes disponíveis para fazer isso.

    Porém, mesmo assim ele deu um jeito de colocar uma mulher guerreira. Éowyn representa as mulheres que querem mostrar que também podem lutar, que podem ser tão valorosa quanto os homens. Foi como um manifesto de Tolkien.



    Logo, não acredito que ele tenha sido machista, tanto para os padrões da época dele, quanto para os de nossa época.
     
  6. beatrizvexille

    beatrizvexille Usuário

    Quando a Éowyn está desacordada na Casa de Cura, e o Aragorn diz que ela estava triste e tudo o mais, o Gandalf fala para o Éomer que a irmã era equivalente a ele em valor e coragem, porém aprisionada no corpo de uma donzela que deveria se resignar a cuidar do rei doente se sentindo completamente impotente, e que isso deveria ter lhe trazido um grande sofrimento. Acho que essa fala já demonstra que o Tolkien não era machista, pois ele reconhece o valor de Éowyn e o seu sofrimento em viver em uma "gaiola" (como ela mesma diz). Agora, claro que em uma obra de inspiração medieval, é coerente existir mais heróis homens do que mulheres.
    Gostei da idéia da Gandalfa (!) XD.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  7. Sindar Princess

    Sindar Princess Que deselegante...

    concordo com vc! em tudo!
     
  8. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    :yep:

    Pensei nisso, antigamente o que era normal para época agora pode-se dizer que é machismo e tal.
    Até porque antigamente eram raras as mulheres que iam a luta nas mais diversas áreas.
    Ainda bem que as coisas mudam :cafe:
     
  9. *Artanis*

    *Artanis* Siga as borboletas!

    Mas você está analisando com base apenas no SDA, não é? Porque no Silma tem várias personagens femininas. Se comparar com o número de personagens masculinos pode-se dizer que são poucas as mulheres da obra, mas essas poucas são personagens tão marcantes que não tem como falar que Tolkien era machista.

    Mas acho que essa visão do Tolkien ser machista vem muito SDA que possui três personagens femininas (Éowyn, Galadriel e Arwen) que são ótimas e te faz perguntar por que só tem elas? Deve ter mais mulheres tão bacanas quanto elas. Enquanto que os personagens masculinos são muitos. Sem falar no Hobbit que nem personagem feminina tem.

    Bom, acho que são poucas as mulheres na obra, podia ter mais algumas :mrgreen: mas nem por isso considero Tolkien machista.
     
  10. Lady of Rohan

    Lady of Rohan Usuário

    Eu acho bobagem esse negócio de ficar querendo inserir mulher no meio só pra ficar "politicamente correto", isso é sexismo também. Pensa bem, é claro que terá menos mulheres em livros/filmes de batalhas, guerras, etc. Elas são, geralmente, mais fracas fisicamente que homens. Isso é um fato.

    Agora com certeza Tolkien não era machista. Acho que todos concordam com isso! =)
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  11. wsnjr

    wsnjr Sir Auron

    Nem, se Tolkien fosse machista não daria tanta atenção às suas personagens femininas, ou nem se daria ao trabalho de colocar mulheres na história. Mas mesmo assim ele criou mulheres fantàsticas como Galadriel , Éowyn e pq não Fruta D´ouro (eu adoro ela :mrgreen:)
     
  12. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Bem, vamos lá...isso já foi bem discutido por aqui.
    Quem disse que não tem mulheres Istaris? Pois bem o fato de não serem Citadas não significa que não existam.

    E vocês estão muito enganados e não estão se recordando das heróinas das histórias, mas estão vendo as heróinas por pontos de vista diferentes.
    Arwen, Melian, Luthien, Galadriel, Éowyn...etc

    Ele pode até ser machista, mas não podemos dizer que em suas histórias as mulheres estão em segundo plano.
     
  13. BarbaraPan

    BarbaraPan Usuário

    Também não acho que Tolkien foi machista em momento algum da história, pois como já foi dito, se ele o fosse, não teria criado as grandes personagens femininas da história, como Éowyn, Galadriel, Lúthien, entre outras.
    Temos que considerar a época na qual o livro foi escrito, quando a mulher tinha como principais funções cuidar da casa e das demais pessoas.
     
  14. Sindar Princess

    Sindar Princess Que deselegante...


    sim, sim... aposto que já foi discutido, e eu, em hipótese alguma, disse que ele era machista! Eu, pessoalmente, não acredito nisso! A começar pelo amor e devoção imensos que ele tinha por sua mulher, e Edith, e pela filha Priscilla, Tolkien não era machista nem aki nem na Terra Média!

    O fato é incintar as pessoas a darem suas opiniões! Gosto de verificar os argumentos das mesmas, acho bacana tudo isso!

    Destas todas que vc citou, como heroínas, eu já tinha citado como exemplo a Éowyn, e concordo em número, grau e gênero com vc: todas estas são grandes heroínas, cada qual na Era em que viveu. Só com uma exceção: eu não vejo nada de heróico na Arwen, por exemplo. De todas, a mais passiva foi ela... e isso digo nos livros... no filme o PJ ainda deu um up na personagem dela, colocando-a no lugar do Glorfindel, etc... parece-me até que ele quis colocá-la na Batalha do Abismo de Helm, mas não rolou.. ainda bem, pq ia ser forçar a barra demais... rsrsrsrsrs... já tá de bom tamanhoo resgate do hobbit, vai... rs


    será mesmo?????

    eu, como mulher, acredito na minha força, na minha garra e determinação...

    o que temos que levar em conta é que o contexto da história é baseado na europa antiga, ou seja, cada um, dentro de determinado reinado, teria seu papel e geralmente era sempre assim: os homens nas questões políticas e na guerra, sendo treinados para isso desde pequenos... as mulheres talvez fossem poupadas por uma menor explosão de massa muscular e resistência física, mas creio mais que elas é que geram os guerreiros, que dão à luz, e portanto, devem cuidar destas crianças, para serem futuros guerreiros...

    mas cada reino tinha seu método... as mulheres de rohan, por exemplo, sabiam empunhar uma espada e tinham uma, para defesa e urgência... a éowyn era teimosa e determinada... eu acho uma das melhores personagens do professor... tão... HUMANA! ela é demais!
     
    Última edição por um moderador: 14 Fev 2008
  15. Lord Khamûl

    Lord Khamûl Usuário

    Hummmm, não é bem por aí!

    Faço das suas palavras minha também Sindar!
    A explicação sua foi clara e suscinta e o exemplo de Rohan é interessante.
     
  16. Conan

    Conan Cavaleiro Pendragon

    Concordo com o foxwulf, o conceito de machista é bem menos tolerante hoje em dia que na epoca de Tolkien. Primeiro vcs teria de contextualizar o que era considerado natural na epoca em que tolkien foi criado. Ele ja foi acusado de racismo. Vc ja leram citio do pica pau amarelo? É absurdamente racista, mas o propio conceito de racismo na epoca de Tolkien tinha uma conotação diferente e era tratado com mais abrangencia. É bem mais facil imaginar mulheres a frente dos exercitos fantasticos hoje em dia onde uma mulher perfeitamente dirige mega corporações do que numa epoca em que meramente ter emprego propio era meio impensavel.
     
  17. Conan

    Conan Cavaleiro Pendragon

    Afora isto, ele usou como base, bem base, o periodo medieval, e dentro desta linha de raciocinio ele foi extremamente pouco machista.

    Quem é uma das pessoas mais poderosas da terra media? a ponto de rivalizar com o gandalf se fosse preciso e detonar qualquer humano? Galadriel.
     
  18. Sindar Princess

    Sindar Princess Que deselegante...


    uhu! verdade! :cerva:
     
  19. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Discordo em partes, Fox. Não se deve analizar o perío em que Tolkien viveu, mas o período em que se passa toda a história da obra: algo INSPIRADO na época medieval, onde mulheres tinham pouco valor além de geradora de herdeiros.
    Além do mais, nem mesmo hoje se mandam mulheres para guerra. Por isso, nada de mulheres entre a Sociedade ou nos exércitos.

    Sei que já citaram muitas heroínas e eu faço questão de repetí-las aqui:
    Lúthien - que desafio a vontade do pai e a do próprio Eru;
    Éowyn - que lutou como um grande guerreiro em Pelennor, realizando o maior dos feitos daquele dia;
    Galadriel- a mais poderosa de todos os eldar da Terceira Era;
    Melian - a sabedoria em pessoa, que, na prática, era a verdadeira soberana de Doriath;
    Yavanna - que praticamente deu vida ao mundo.

    No entanto, uma das heroínas de Tolkien merece um destaque especial, talvez até mais que Éowyn. Não por feitos heróicos ou coisas do tipo, apenas pela perspicácia, carater, força de vontade, rigidêz e inteligência: Erendis, mulher do Rei Tar-Aldarion, de Númenor. Erendis praticamente subjulgou seu marido e mostrou que a família merece mais atenção que os assuntos políticos.

    Leiam o conto de Aldarion e Erendis no Contos Inacabados. É um dos meus favoritos!


    Sim, sim... isto também é um ótimo exemplo de que Tolkien não era machista!
     
  20. não acredito em Tolkien machista ,

    grandes heroinas , ainur ( Yavanna , Melian .. ) são exemplos da importância das mulheres em suas obras.

    e não podemos esquecer da época no qual Tolkien viveu , onde o machismo era muito mais latente

    enfim ;

    não é machista
     

Compartilhar