1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Seria Fëanor igual a Melkor?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Alcarinollo, 9 Fev 2008.

  1. Alcarinollo

    Alcarinollo Usuário

    Relendo o Silma pela quarta vez, comecei a atentar para determinadas "semelhanças" no comportamento do Vala e do Noldo que me deixaram com a pulga atrás da orelha. Vamos lá, vou dispor o que eu acho comum aos dois e aguardo vocês para discussão:

    Melkor: Primogênito, mas poderoso dos Ainur, tinha desejo de criar coisas por si, desejo de governar os outros Ainur, rebela-se e leva com ele uma parte dos ainur, dos maiar e, mesmo já dentro de Arda, subverte elfos e homens ao seu serviço. Sua rebelião traz morte, destruição e ruína para todos, inclusive para si próprio.

    Fëanor: Primogênito, considerado o mais poderoso dos eldar, tinha desejo e habilidade para criar coisas (alfabeto élfico, palantíri, silmarils e tantas outras coisas belas), disputa abertamente com Fingolfin a liderança dos noldor, arrasta grande parte deles em sua rebelião, rebelião esta que traz morte, destruição e ruína para todos, inclusive para os de sua casa e para si mesmo.

    Coincidências demais, não... ou somente coincidências?
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  2. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    A comparação procede até certo ponto, é verdade. Mostra como os que tem mais poder tendem mais a se corromperem. Temos outros exemplos nos livros também, o Um Anel acaba mostrando isso.

    Mas eu acho que Melkor é pior porque Fëanor, por mais equivocado que tenha sido em praticamente tudo que fez, pelo menos tinha uma chance de ser bem-intencionado. Melkor era Mau mesmo.
     
  3. Finwë Fëfalas

    Finwë Fëfalas Nas Echoriath...

    Os dois em termos de "ganância" são um pouco parecidos.

    Só que Melkor era invejoso, já Fëanor não era tanto.

    Para Melkor tudo de poderoso e valioso criado pelos Valar ele ia lá e destruía ou tomava para si.

    Já Fëanor não era assim.

    Existem muitas semelhanças entre ambos, mais também existem muitas coisas diferentes.

    Mais esta é um pensamento muito interessante!
     
  4. Décimo

    Décimo The Swanson Code

    Sou um aceso crítico do Fëanor, mas não vou tão longe. O próprio facto de ter sido Melkor a provocar directa e indirectamente muitos dos maus actos de Fëanor impede que sejam colocados ao mesmo nível. Melkor não era só a personificação de todo o Mal, era o Mal; os Fratícidios e o Juramento têm a assinatura de Fëanor, que fez tudo deliberadamente, sem medir as consequências e mereceu ser julgado por isso, mas foi Morgoth quem despertou nele ira, quem provocou nele sofrimento e angústia, o combustível em que ardeu a sua cegueira e desejo de vingança.

    Há que ter em conta ainda todas as condicionantes de Fëanor, cuja mãe morreu muito cedo, o pai mimou desde a infância, as capacidades fora do normal alimentaram um amor próprio e sentimento de superioridade muito particulares; enfim, era um Filho de Eru, com todos os defeitos a que estes estão sujeitos. Já Morgoth não só era um Maia, alguém de quem se esperava maior sensatez e sabedoria, como teve várias chances para se redimir e voltar atrás, mas jogou tudo no lixo em detrimento da sua glória pessoal e sede de poder.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  5. *Artanis*

    *Artanis* Siga as borboletas!

    Dá pra fazer um paralelo das ações dos dois, mas nem de longe os acho parecidos. Por mais poder que Fëanor possa querer e por mais orgulhoso que possa ser nem se compara a submissão total de tudo e de todos que Melkor almejava. Fëanor cometeu erros mas nada que o torne tão maligno quanto Melkor e, como já disseram, Melkor era o próprio mal.
     
  6. Acho que o próprio Tolkien teve a idéia de criar essas personagens com característcas parecidas. Porém não IGUAIS.

    Os dois tinham coisas em comum, mas desejos diferentes.

    Fëanor queria vingança pela morte de seu pai e pelo roubo das silmarils.
    Já Melkor queria corromper as coisas por "puro prazer".

    Acho que Fëanor e Melkor resumindo são personagens completamente diferentes, porém muito parecidos. (?) <--- Deu para entender, não?
     
  7. Alcarinollo

    Alcarinollo Usuário

    Colocando mais lenha na fogueira Fëanoreana:

    01 - O Eldar só não tentou destruir os próprios iguais pois o grande Fingolfin submeteu-se a ele quando o "bom eldar" sacou sua espada e apontou-a para o peito do próprio irmão.
    02 - Quando houve a mínima dificuldade imposta pelos Teleri ao seu intento, o que o "Bom" Fëanor ordenou? O massacre de eldar por eldar, uma covardia, pois os Teleri nunca portavam armas! Covardia e fratricídio ainda mais horrendos, pois executados por motivo vil (vingança e roubo) nas terras sagradas de Aman!
    03 - Demonstrando o imenso apreço e consideração pelo irmão, que arrastara o restante de seu povo, mesmo relutante, para seguir seu intento desvairado de guerrear contra um dos poderes do mundo (não parece Melkor buscando no vazio a Chama Imperecível?), ele os abandona humilhados e em rebelião contra os Valar, queimando os barcos que os tirariam das terras imortais e obrigando-os à horrorosa travessia do Helcaraxë, onde muitos e valorosos noldor pereceram (portanto, literalmente fratricida, pois foi responsável pelas mortes daqueles de seu próprio clã).
    04 - Uma vez na TM, deixa seu povo`entregue à própria sorte, partindo numa cavalgada louca que o leva à própria danação quando enfrenta sozinho um bando de balrogs, sendo salvo antes de ser morto por aqueles aos quais desprezava totalmente e abandonando seu corpo físico quando, num vislumbre de lucidez, percebe o tamanho da encrenca para a qual arrastara seu povo.
    05 - É um covarde, cruel, egoísta (nega a luz das silmarils, que não era e nunca fora sua, pois as árvores foram criação de Yavanna) e ingrato para com seu clã, para com os eldar e para com os Valar, que tudo o ensinaram e instruiram na sabedoria do mundo, acolhendo seu povo nas terras imortais.
    Lembrem-se de que Finwë só foi assassinado por Melkor pois estava guardando as pedras que o filho já não exibia a qualquer um, guardando e monopolizando como se dele fossem. por acaso não foi a Kementári que fez brotar Telperion e Laurelin, das quais ele tomou a luz que não poderia jamais criar? Por acaso não foi Aulë quem o instruiu e aprimorou para que pudesse, através de sua criatividade, criar tais matravilhosas gemas. que direito ele tinha de chamá-las de suas? De invocar erú como testemunha de seu juramento horrendo?
    Finalmente, lembro ao Décimo que Melkor não era O MAL, mas apenas a oposição aos designios dos Ainur em Arda, tanto que Eru permite que ele venha a Arda com os Valar para que aprenda, por si, que tudo o que faz pensando seu na verdade só o faz com apermissão de Eru. quem o torna O MAL é Fëanor, ao nomeá-lo O Morgoth, mas esse mal o eldar já traz consigo em seus atos e palavras desde que se rebela pela primeira vez contra os Valar.

    Concordo que Melkor foi mais cruel, pois era infinitamente mais poderoso e apostou sua existência, sua própria essência dissolvida no mal que produzia (tanto que será morto pela espada de um edain, no fim de tudo, conforme a Segunda profecia de Mandos), mas Fëanor foi, proporcionalmente, o causador de mais dor e deserdem, pois de seus atos impensados arruinaram-se duas eras subseqüentes na TM.
     
  8. Tuor

    Tuor Usuário

    Eles se parecem em certos aspectos, nisso eu concordo. Mas no caso do desespero, imagino Morgoth como sendo menos que Fëanor. Morgoth queria domínio total sobre tudo, se possível, enquanto que Fëanor fez coisas absurdas por causa das Silmarili; Morgoth era mau, e Fëanor era mais bem intencionado, como Maglor colocou. Eles têm suas semelhanças, que são muitas, mas têm suas diferenças.
     
  9. Estranho

    Estranho Dancer


    Cara, acho que você tirou as coisas meio de contexto.

    O Fëanor tinha uma personalidade bastante filhadap***. Era explosivo e tals. Mas muitas dessas ações nasceram da combinação entre esse temperamento e as palavras plantadas por Melkor.

    Lembro de ter lido (o livro não está por perto, agora) que os noldor em geral, durante a bem-aventurança tinham um sentimento bem parecido com o de Aulë, eles faziam suas obras pelo prazer de fazê-las, e muitas vezes as distribuíam. Creio que Fëanor não fugia a essa regra.

    Sua impetuosidade foi seu fraco, ele se apressava em seus julgamentos, e isso tornava suas decisões estúpidas e orgulhosas. Não que isso diminua sua culpa por seus atos, o Fratricído foi um ato maligno! Mas esse mal veio, primariamente de Melkor, de suas mentiras e tal.


    Quanto à vontade de criar, nesse ponto, ambos são semelhantes. Mas superficialmente, a meu ver. Melkor não apenas criava. Ele queria que suas criações fossem as únicas a prevalecer, ele se via como o único a ter direito de criar. Aliás, ele mais deturpava as obras dos outros, por inveja, do que criava de fato. Fëanor criava de fato, e o fazia por amor à suas criações. Não havia inveja em seu ato.





    Chamar Fëanor de covarde não faz sentido, já que ele desafiou muita gente pelo que acreditava (não que estivesse certo, mas aí são outros 500), e ele jurou enfrentar qualquer coisa que estivesse entre ele e seu objetivo. E por mais estúpido que fosse, morreu cumprindo isso.

    Chamá-lo de egoísta não chega a ser errado, mas eu entendo perfeitamente a posição de Fëanor. As Silmarils eram sua obra mais cara. Aquelas que ele nunca igualaria em beleza. E dá-las a alguém de quem ele estava desconfiado no momento não pareceria bom a ele. Ainda mais sendo cabeça quente como ele era.

    E por mais que a luz das Silmarils não fosse de sua criação, foi sua arte que colocou essa luz de maneira tão magnífica nas pedras. Ele tem algum mérito sim em relaão às pedras.




    Diacho de post comprido
     
    Última edição: 10 Fev 2008
    • Ótimo Ótimo x 1
  10. lukazjau

    lukazjau Usuário

    Bom, na minhã opnião, Fëanor tinham um certo grau de semelhança com Melkor, mas não totalmente. Melkor era todo ódio e inveja, enquanto Fëanor era bom, ele só tinha um temperamento meio "explosivo" mas isso se dava pelo fato que que por fazem obras magníficas, ele tinha um certo egoísmo por suas coisas, já que estas eram caras a sua mente e não lhe agradava que outros se dispusessem de sua beleza e também porque Melkor havia implantado palavras entre os Noldor que os deixaram mais ambiciosos e hostís. Mas mesmo assim Fëanor percebeu que Melkor tinha inveja e desejava as Silmarils e então o Expulsou de sua casa. Daí sim ele teria motivos para não deixá-las à vista de qualquer um. Poderia ele ter pensado: "Se Melkor, um Vala, invejava minha criação, porque outros não invejariam?"

    Daí mais egoísta ainda ele pareceu por tentar salvar suas obras de qualquer um que pudesse tentar a vir roubá-las.
    Poderia ser isso, não??
     
  11. Sindar Princess

    Sindar Princess Que deselegante...

    concordo com meu amigo aki de baixo...
    creio que fëanor tinha um temperamento difícil, mas não podemos compará-lo com melkor...
    afinal, melkor sempre pendeu para o lado oposto, desde o princípio, diferenciado-se dos outros valar, invejando eru, coisas assim...
    fëanor foi o elfo mais "sui generis" dentre todos (na minha opinião) e creio que se tivesse uma queda por coisas "melkorianas" :mrgreen: poderia ter sido o melhor discípulo do mesmo, talvez superando sauron.
    mas graças à eru isso não ocorreu...
     
  12. Em uma de suas cartas Tolkien cita:

    " ...a auto-realização, é só um outro jeito de dar nome ao ato egoísta."

    O personagem Fëanor é a própria encarnação da frase: " ...eu prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo..." (Raulzito)

    Sim, ele era um ser egoísta ao extremo, não teve um minuto de compaixão em sua vida, e quando ao ver a morte de seu pai, quando ele demonstra naquele momento uma única atitude em toda a sua existência de perceber o próximo, ele chora, mas chora por si mesmo, não percebeu que as jóias, teve um preço extremamente caro, a morte de seu pai, o único que via sempre uma explicação para tudo o que fazia.

    Mas talvez possamos vê-lo de outra forma, um ser tão levado aos sentimentos inconstantes como todo sentimento é, a ponto de sua morte, ele não permanecer, mas simplesmente evaporar no ar... Seu ser era pura emoção, puro desatino, uma criatura levada pelas perguntas que nunca haviam respostas. Até sua inteligência era pautada em si mesmo, logo após saciada, era necessário partir para uma nova pergunta, e não importava o quão pesado ou difícil fosse a resposta!

    Uma pessoa ímpar, sem dúvida, que exige nosso ódio, mas também misericórida!

    Mas não, ainda assim não daria para iguala-lo a Melkor! Ele responderá diante as mansões de Mandos todas as suas atitudes como um eldar.
     
  13. Dúnadan Thorongil

    Dúnadan Thorongil Mensageiro de Gondor

    Concordo com o Dr. Estranho...Fëanor e Melkor podem até ter tido atitudes parecidas, mas com fundamentos diferentes. Melkor sempre invejou tudo e nunca fez nada, apenas a corrupção de seres para usar em seus propósitos invejosos. Fëanor não. Ele criou coisas belíssimas e se em algum momento se tornou egoísta o bastante para não deixar ninguém ver as Silmarili foi, como já disseram, porque Morgoth já as cobiçava. Fëanor levou sim muitos elfos a perdição, mas isso não indica que ele seja mal como Melkor, ele fez o que fez para reaver. Agora não estou lembrado, porque faz um tempo que eu já li O Simarillion e não estou com ele aqui perto agora, mas pelo que eu me lembro, muitos elfos foram para a Terra-Média por que quiseram e por seus motivos, se eles quisessem evitar todo o sofrimento eles podiam recusar-se a ir, assim como houveram elfos que fizeram isso.

    </p>

    P.S.: Sobre o porquê de os elfos irem para a Terra-Média não for o que eu postei, me corrijam se eu estiver errado. Faz um tempo que eu já li O Simarillion e eu não estou com ele agora aqui perto.vlw!
     
  14. Os Elfos concordaram ir para a Terra-Média devido as mentira de Morgoth espalhadas em Valinor, de que os Valar estavam prendendo os eldar ali, e não permitindo que eles fossem para Arda, porque queriam dominá-los, então privando-os de terem seus próprios domínios!

    Perdão, minha resposta é muito curta!
    Belfalas_77 você está por aí...?
     
  15. Dúnadan Thorongil

    Dúnadan Thorongil Mensageiro de Gondor

    Não tudo bem deu pra entender...Então como eu disse, culpar Fëanor pela ruína dos outros elfos é meio errado, porque eles foram porque quiseram, acreditando nas mentiras de Morgoth (agora lembrei! hehe - vlw Sara). O povo de Finarfin não quis ir né?
     
    Última edição: 10 Fev 2008
  16. Arwan

    Arwan Usuário

    É, o povo de Finarfin permaneceu em Aman após a partida dos Noldor..
    e eu concordo com você.. Fëanor apenas incentivou os elfos a irem embora com ele.. no fundo, eles foram porque quiseram, acreditando nas mentiras de Melkor ou por fidelidade a Fëanor..
     
  17. elrohir99

    elrohir99 Banned

    Somente coincidências pois para mim eles eram o oposto. Melkor queria poder para governar e Mestre Feanor poder para inventar e criar.
     
  18. Arwan

    Arwan Usuário

    Mas Fëanor também queria poder para liderar o seu povo, não? Ou só queria "criar coisas" mesmo?
     
  19. Bárbara Teixeira

    Bárbara Teixeira Eu não quero mais ser um

    Acho que aqui reside a maior diferença entre eles: de Melkor se esperava feitos melhores por seu conhecimento bem mais evoluido e principalmente por ser o valar de maior conhecimento (sem contarmos Manwë que se equivaleria a ele), ou seja, de estar mais perto do pensamento de Eru, afinal quem imaginaria que Eru também poderia ter pensamentos que não fossem ao encontro das criação de Arda. Porém Melkor, contrariando tudo o que esperava foi contra seu idealizador e com ganância (um sentimento que não era esperado de um ser tão evoluido) criou coisas que não eram propósito de Eru.
    Fëanor era um filho de Eru e portanto mantido de certa forma afastado dos desígnos dele. Então não se podia excluir a possibilidade de uma ganância maior do que a de costume pois ele é uma criatura mais autônoma e portanto passível de livre arbítrio mesmo tendo um conhecimento elevado! Nunca se sabe o que se passa no coração de um elfo... rsrs
     
  20. Daewen

    Daewen Elener

    Eu vejo Feanor mais como um elfo orgulhoso demais de suas habilidades do que cm alguem ruim. Ele via as Silmarils como algo feito por ele, com seu próprio esforço, por isso não quis entregá-las e lutou por elas até a morte. Mas não creio que ele fosse dominador como Melkor. Feanor não queria governar todos os elfos. E acho mesmo que se as árvores não tivessem sido destruídas talvez nem ele nem os elfos tivessem partido tão cedo de Valinor ou ao menos não pelos motivos que foram. Já Melkor sempre quis ser o melhor, o único e dominar todos os seres livres de Arda. Ele não fez nada por si próprio, nada belo, ao contrário, viveu de deturpar o que os outro Valar faziam. Por isso acho que apesar das coincidências, ele e Feanor, embora teimosos e orgulhosos, eram bem diferentes em seus propósitos.
     

Compartilhar