1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Será que somos tão horríveis assim?

Tópico em 'De Fã Para Fã' iniciado por Tek, 7 Jul 2007.

  1. Tek

    Tek Girls tend not to like me

    Reassistindo SdA, notei como é evidenciada a fraqueza do Homem. Apenas Humanos pensam em usar o Anel, em não destruí-lo. Felizmente, hoje só existe nossa raça, ou teríamos uma imagem muito ruim.
    Porém.....percebi algo que acaba enfeiando (feia é essa palavra) a imagem de outra raça: os Ents. Egocêntricos, decidem não entrar na guerra, alegando que a guerra não é deles (ah, se Frodo ouvisse...). E quando eles decidem atuar? Quando vêem que seus amigos foram prejudicados. Não gostei:disgusti:

    E agora? Será que só nós, Homens, que só pensamos em nós mesmos?
     
  2. Carol

    Carol Visitante

    Gollum não queria destruir o anel, e ele não era humano. Não vejo os humanos dessa maneira, mas enfim... esse tópico é legal! :joinha:
     
  3. Jedi Solo

    Jedi Solo The Greatest Jedi

    Acho que é essa fraqueza é uma das coisas que faz o Homem ser tão invejado e poderoso; a imperfeição deles é ao mesmo tempo a fonte de sua maior fraqueza e sua maior força, enfim.
     
  4. Saphyra Horyon

    Saphyra Horyon кαιsεяιи dεs ωαssεяs

    Claro que os humanos não pensam em si mesmos, Tolkien usou os humanos ao mesmo tempo para demonstrar as fraquesas e os pontos fortes, eles podem tentar trair, assim como o Boromir, mais depois de uma pancada na cabeça volta ao normal e vê o erro que está cometendo. Os humanos foram uma espécie de referência do Tolkien para mostrar como podem ser diferentes, errar é humano, e também todas as outrar raças erram, mais reconhecer seus erros é o que os torna diferentes, não que as outras raças não façam isso, mais estou falando aqui dos humanos....
     
  5. Lady Nati

    Lady Nati ---

    Errar não é algo exclusivamente humano,mas como já mencionado,com seus defeitos e qualidades assim como nas diferentes raças,é o que nos distingue das outras.

    Eu acho admirável,a força,a determinação e a coragem desta raça.
     
  6. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Eu não acho que os ents tenham sido egocêntricos, mas sim ponderados e pacíficos. É só pensar assim: de repente começa uma guerra entre Estados Unidos e França, e o Brasil será egocêntrico por não entrar na guerra? Vai mais ou menos por aí.

    Sobre os humanos, Tolkien retrata exatamente como somos, com coisas boas e ruins. E se for pensar bem, acho que até o mais "bonzinho" dos homens tem alguma coisa ruim ali dentro, algo que o torna imperfeito. :think:
     
  7. Carol

    Carol Visitante

    Mas Ju, você tem que entender que os Ents eram pacatos e aquela guerra não pertencia a eles. Só quando a guerra "bateu na porta", eles entenderam que precisavam ajudar! ;)

    Edit: As Anas estão pensando a mesma coisa? o_O
     
  8. Tek

    Tek Girls tend not to like me

    É uma exceção....bem lembrado! Mas continua sendo UMA exceção.

    Exatamente, todas as raças erram, mas só são mencionados os erros dos homens. Os elfos parecem ser perfeitinhos (há até um tópico questionando a superioridade deles), os anões e os hobbits são na deles e não se importam com o resto do mundo. O erro dos homens é o pior possível: permitir que o mal persista, através do Um Anel. Isso que não é legal: além de só a raça humana parecer cometer erros, o erro principal não poderia ser pior.

    Numa guerra entre EUA e França, o Brasil não tem que se meter por não ter nada a ver com a briga dos dois, mas numa guerra que pudesse trazer a destruição do mundo, como uma guerra com armas nucleares, o Brasil deveria se meter, sim, como todos os outros países.
    Em SdA, não é uma briga entre Gondor, ou a raça humana, e Mordor. Até é, já que nenhuma outra raça ajuda (só meia dúzia de gato pingado - os hobbits, Gimli e Legolas - tiveram até que pedir ajuda para mortos:lol: ), mas qualquer que fosse o resultado da guerra, traria conseqüências, boas ou ruins, para todos os seres da Terra-média. Por isso, os Ents tinham, sim, que entrar na guerra. Todos tinham, na verdade.

    É, eu tenho, mesmo:lol: brincadeira...
    Você está certa, mas não concordo com só nossos erros serem expostos, como se só os homens errassem e as outras raças não.
     
  9. Anarien

    Anarien Usuário

    Mas no Livro os Ents decidem ir pra guerra ,não?

    Sobre as fraquezas humanas , são coisas com a qual se convivem diariamente ao longo dos séculos e que muitos conseguem superar o que também aparece nas obras.O engraçado é que acabamos por julgar ,muitas vezes ,uma raça inteira pelo ato de um .E quando alguém faz alguma coisa boa ou certa ,não fez mais do que a sua obrigação.

    Já viajei demais na maionese....
     
  10. elfah

    elfah Usuário

    Bem, mas o caso é: não é uma guerra entre 2 reinos que não fede nem cheira pra eles, é como uma guerra mundial, que fatalmente iria afeta-los também. Se eles não participassem e "o bem" vencesse e tal, eles iam estar fazendo o mesmo papel de pelego de greve pra aumento: não arriscou seu emprego, não lutou, e seu salário aumentou assim mesmo.

    Não acho que eles tenham sido egocêntricos, veja bem.
    Eles são muuuuuito antigos, viveram mais do que qualquer um na TM. Viram guerras e batalhas e lutas irem e virem através das eras, e tudo passava. Eles são seres pacíficos e não gostam de se envolver com isso. Eles achavam que era só mais uma. Daí como se sentiram prejudicados, resolveram entrar.

    Daí peguemos o exemplo EUA x França. Podem existir 7000 guerras no mundo, entre 2, 3 países. Enquanto não estiver prejudicando o Brasil (ou não ocorram alianças etc.) ele não deve se meter. Pra que? Pra se prejudicar, colocar mais vidas pra morrer?
     
  11. Filiph

    Filiph Hardcore Soldier

    Mesma coisa que com os elfos, que não eram tão bonzinhos. O anel foi feito para governar as raças, a diferença é que como Eru os feiz diferentes dos elfos, talvez essa diferença tenha mudado a maneira de que são afetados pelo poder e pela cobiça. É verdade, no filme PJ inventa que os Ents não querem ir para a guerra mais no livro eles decidem ir.
     
  12. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Ei, calma lá. Quando ilustrei falando da reação do Brasil em uma guerra entre EUA e França, foi para destacar a questão de os Ents ponderados (releiam lá o post anterior: ponderados e pacíficos). O que quis dizer é que, como um povo de índole pacífica e extremamente sábio, eles não entrariam na guerra sem saber do que de fato se tratava, só isso. E volto a insistir no que acho da conduta deles com relação ao que aconteceu: não tem a ver com ser egocêntrico, mas de saber o momento certo de agir.
     
  13. Filiph

    Filiph Hardcore Soldier

    Eu to ficando doido ou o avatar da Ana piscou para mim?
     
  14. Lysithea

    Lysithea Usuário

    Não importam as raças, todos que chegavam perto do Um ficavam encantados e induzidos a possuí-lo. Começando pelo rei que não o destruiu, o hobbit Smeagol que se tornou a criatura repugnante Gollum, Bilbo, Boromir, Frodo, a Galadriel foi tentada qdo Frodo passou por Lothlórien, e até mesmo Gandalf se o tivesse possuído teria caído, tanto que ele nem queria tocar no Um... Era o poder do Anel que fazia com que todos tivessem desejo por ele e nunca o quisessem destruir. Qualquer um estava destinado a isso, ainda mais quem passava muito tempo perto dele...
     
  15. Falca_Br

    Falca_Br Usuário

    Realamente eu acho q a fraqueza do homem é algo proposital nas obras de Tolkien.... E outro FATO é que os elfos são sim superiores a nós... Bom, mas todos tem seus defeitos...

    No entanto a fraqueza do homem, e sua capacidade de se moldar conforme as dificuldades em meio aos turbilhão que o mundo passa, são os ingredientes no enrredo de Iluvatar para completar em cada detalhe sua obra. O homem é a pimenta do Feijão... hehe
     
  16. elfah

    elfah Usuário

    Piscou pra mim também. Atirando pra todos os lados heim? :devil:
     
  17. Lukaz Drakon

    Lukaz Drakon Souls. I Eets Them.

    Exatamente o que eu penso. Os ents eram, acima de tudo, um povo pacífico. A guerra ia contra tudo que eles acreditavam e eles evitavam isso ao máximo. Tiveram que ver como ela estava próxima para terem alguma ação.
     
  18. axo q a fraqueza dos homens foi um simbolismo q o tolkien usou...mas todas as raças se sentiam atraídas pelo anel...axo q os homens são mais fracos por eles serem mortais...e uma coisa q eu lembro q fala no Silmarillion eh q os homens sempre viviam angustiados por isso...eles vêem no anel uma forma de se imortalizar...talvez...mas os elfos também eram gananciosos..é só lembrarmos de Fëanor e seus filhos...e o rolo das silmarils. Os ents não eram chegados a guerra, pra eles entrarem teria q ser algo muito grave. E os elfos tbm não entraram na guerra do anel, entaum os egoístas naum são somente os ents.
     
  19. Hamfast

    Hamfast Melodia e distorção

    Eu acho que quase todas as raças tem o mau em seu interior esperando unicamente por uma brecha para que possa sair, geralmente o motivo para isso vem da ganância e do egocentrismo, no caso a vontade de possuir o anel para si sem se importar com o que isso possa causar.
     
  20. Incànus

    Incànus Usuário

    Bom as vezes depende do humano,mas a grande maioria tem ambição...o que não deixa as vezes de ser bom...mas é realmente ruim saber que nem sempre nossas ambições são para algo bom...abraço tcheeeeee:think:
     

Compartilhar