1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Sengoku Otome: Momoiro Paradox (idem, 2011)

Tópico em 'Anime & Mangá' iniciado por Elring, 1 Mai 2011.

  1. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Autor: Hideki Okamoto e Touko Machida

    Gênero: Comédia, Fantasia Histórica

    Número de Episódios: 13

    Diferente do que parecia, Sengoku Otome não é uma continuação de Hyakka Ryouran Samurai Girls; apesar da série também contar com personagens históricos como Toyotomi Hideyoshi, Oda Nobunaga, Takeda Shingen e Tokugawa Ieyasu em versões femininas, o anime não possui o apelo ecchi e oppai de Hyakka Ryouran. O destaque da série são o fator histórico do período Sengoku, as cenas de lutas bem trabalhadas e as caracterizações de vestuários, armas e magias típicas dos animes de RPGs.

    Não esperem um enredo mais detalhado da época como acontece em Blade, Vagabond, Sengoku Basara, Basilisk ou Samurai X, como trata-se uma comédia envolvendo uma estudante atrapalhada, é pouco provável que haverá um banho de sangue (mas não ficaria triste, já que é baseado num período violento do Japão Feudal, anos antes do bakufu de Tokugawa). O anime em si, foi inspirado em um jogo de Pachinko e antes que chiem, Piratas do Caribe foi inspirado em uma atração do parque da Disney e fez muito sucesso... guardada as devidas proporções, é claro.

    Vou acompanhar o desenrolar da trama para ver se o enredo ganha mais consistência. Quem quiser acompanhar Sengoku Otome: Momoiro Paradox (Donzela Sengoku: Paradoxo Rosa ou Donzela-de-Rosa: O Paradoxo Sengoku, a tradução fica ao gosto do cliente), deixo a dica.
     
  2. Lyvio

    Lyvio Usuário

    Re: Sengoku Otome: Momoiro Paradox

    Eu estou acompanhando, mas até agora não me empolgou não, porém começou a melhorar...vamos ver no que dá.
     

Compartilhar