1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Senado aprova projeto de lei que proíbe fumódromos no país

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 24 Nov 2011.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Foi aprovado no Senado Federal um projeto de lei que dá fim aos fumodrómos em locais fechados no país, sejam eles privados ou públicos. A matéria, que segue agora para a sanção da presidente Dilma Rousseff, também prevê o aumento na carga tributária dos cigarros, além de fixar preço mínimo de venda do produto no varejo.

    Fica estabelecida em 300% a alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para o cigarro. O aumento no preço do produto está previsto para o início de 2012.

    Em nota divulgada em seu site oficial, o Ministério da Saúde afirma que aprovação do projeto deve contribuir para frear o consumo de cigarros no país, já que o aumento do imposto e uma regra de preço mínimo ataca a pirataria e desestimula a compra pelo aumento do preço. Com o reajuste, o cigarro subirá cerca de 20%, em 2012.

    O projeto também torna obrigatório o aumento de avisos sobre os malefícios do fumo, que deverão aparecer em pelo menos 30% da área frontal do maço de cigarros, partir de 1º de janeiro de 2016.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Hamfast

    Hamfast Melodia e distorção

  3. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    ????
     
  4. Hamfast

    Hamfast Melodia e distorção

    Minha reação ao saber da notícia, acho de uma hipocrisia sem tamanho, fiquei até com preguiça de comentar.
     
  5. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Em vez de ficar nesse lenga-lenga, proíbe logo duma vez e partamos para solução dos outros problemas tão ou mais graves.
     
  6. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    O governo aumenta o cerco e os impostos contra o cigarro, mas se é pra bancar o moralista e coerente tinha que fazer o mesmo com o alcool que do ponto de vista social em excesso é capaz de destruir muito mais lares e provocar acidentes de trânsito do que um fumante que fuma 10 ou 100 cigarros por dia.
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  7. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    opa, então com essa afirmação isso quer dizer que você tem aí um relatório que compara o número de mortos por acidentes causados por motoristas bêbados com número de mortos por doenças causadas por fumo (contando o passivo tb)? compartilha aí conosco, deve ser legal :D
     
  8. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Aff.. longe de eu querer parecer que estou defendendo a classe fumante pois pra sua informação odeio cigarro tanto quanto o PT e o Corinthians

    Só não gosto da hipocrisia do governo de querer atacar apenas uma frente de vicio e deixar completamente de lado outra que é tão maléfica pra sociedade quanto.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  9. adrieldantas

    adrieldantas Relax and have some winey

    Não adianta aumentar o preço do cigarro, não adianta aumentar as fotos que vem atrás e não adianta tirar fumódromo, sempre vai haver fumantes. Eu fumo a uns 6 anos e não pretendo parar nem tão cedo, o cigarro pode ficar a 10 reais, as fotos podem ser animadas e podem tirar até o direito de fumar na rua. O problema não se resolve proibindo.
     
  10. Deriel

    Deriel Administrador

    Mas pelo menos perto de mim você não vai poder fumar, já tá bom =]
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  11. adrieldantas

    adrieldantas Relax and have some winey

    Educação também conta, eu sou fumante mais eu não saio fumando e jogando fumaça na cabeça das pessoas, me preocupo em não incomodar ninguém quando estou fumando, não gosto, a sociedade hoje não é como antigamente. Agora tem gente que sai por aí jogando fumaça na cabeça de todo mundo e rindo, isso é educação, não é o cigarro.

    No caso falta de educação.
     
  12. Deriel

    Deriel Administrador

    E sobra cigarro. Não precisa não jogar na minha cabeça. Só de jogar no mesmo ar que eu to respirando já é falta de educação, você tá me deixando doente e me fazendo ficar mal-cheiroso
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  13. adrieldantas

    adrieldantas Relax and have some winey

    Nossa, também não é assim. Cigarro não é um hiper ultra foda fumaça que se você passar por ela durante 3 segundos você vai morrer ou ficar "mal-cheiroso". O ar é de todo mundo, se é pra ser assim eu quero chamar todas as empresas de ônibus que jogam aquela fumaça preta FDP na minha cara (que é pior que cigarro), também as empresas de carros, empresas que jogam aquela fumaça preta no céu.... Ah cara, tem coisas mais importantes para se preocupar com mal cheiro, poluição e educação.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  14. Deriel

    Deriel Administrador

    Uma preocupação não exclui outra. A gente pode se preocupar e lidar com várias ao mesmo tempo =]

    Lembrando que, na rua (junto com os carros e afins) você pode fumar. Mas dentro de ambiente fechado (onde não tem carro), não. Mesmo 3 segundos de cigarro são bem incômodos pra quem não é fumante.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  15. adrieldantas

    adrieldantas Relax and have some winey

    Até eu me incomodo em fumar em ambiente fechado, é horrível. :)
     
  16. Hamfast

    Hamfast Melodia e distorção

    Eu não fumo, e a única coisa que me incomoda é se a fumaça estiver vindo em direção ao meu rosto ou se a pessoa estiver fumando em um lugar realmente fechado que quase não tenha ventilação. Na minha opinião deveriam estipular um padrão para esses fumódromos, e não proibi-los.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  17. Deriel

    Deriel Administrador

    Não resolve. Por exemplo um bar, com espaço pra fumantes: quem vai servir? O garçom vai ser obrigado a se expor? E fumódromos concentram a fumaça, o que piora os efeitos danosos.

    Eu acho que a medida é acertada e de acordo com a tendência mundial (finalmente).
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  18. Hamfast

    Hamfast Melodia e distorção

    Sobre a concentração da fumaça, isso se resolve com uma ventilação adequada do ambiente, já sobre o garçom, bem, não acho que qualquer garçom irá trabalhar tempo suficiente nesse cargo pra ter qualquer problema de saúde por causa disso, e sempre existe a possibilidade de ter um garçom fumante também.

    Agora eu pergunto, por acaso existe se quer um projeto de lei que obrigue o dono do bar a colocar seus clientes embriagados em um táxi de volta pra casa, ou algo equivalente?
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  19. Deriel

    Deriel Administrador

    E a possibilidade de alguém fumar só pra pegar essa vaga... não adianta, não tem solução simples. Não é a toa que quase todos oa países mais desenvolvidos foram pelo mesmíssimo caminho.

    Pelo menos ainda não. Mas como eu disse antes, uma coisa não exclui outra. Não é porque uma coisa não existe que outra também não deva existir. Não é porque tem fome na Terra que devemos deixar de gastar dinheiro em pesquisa espacial. É uma falsa escolha.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  20. Fëanor

    Fëanor Fnord Usuário Premium

    Sobre o aumento de impostos: questão de saúde? Nah. Mais dinheiro para os cofres públicos. A elasticidade-preço da demanda de cigarros é baixíssima.

    Sobre o fim dos fumódromos: concordo.

    Sobre outras questões (álcool e outras drogas): Claro que o governo não pode se eximir das mesmas. Mas não vejo sentido em criticar as ações no combate ao cigarro com base no que não está sendo feito em outros campos. Se é para falar da questão cigarro, então que se discuta os pontos que se restringem a essa questão em específico.
    De outra forma, sendo evidente que sempre faltará complementaridade de ações políticas em outros campos, sempre haverá essa divergência de foco do debate. Faltam ações no campo dessas outras drogas? Faltam. Mas não vamos misturar as discussões.
     
    • Gostei! Gostei! x 2

Compartilhar