1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Se você fosse um elfo(a) abriria mão da imortalidade por amor?

Tópico em 'De Fã Para Fã' iniciado por Éomer, 2 Jun 2009.

?

Você abriria mão da imortalidade de elfo por amor?

  1. a) sim

    82 voto(s)
    57,3%
  2. b) não

    61 voto(s)
    42,7%
  1. Tali

    Tali Usuário

    Vai ficar sozinho então! :hxhx:
     
    • LOL LOL x 6
  2. Húrin

    Húrin Amante da Calíope

    Eu não troco minha imortalidade por nada! Véi, como foi dito, dadas as limitações, nada vale a imortalidade!

    Edite:

    Agora dá pra postar melhor...

    Olha só, sendo um elfo, e sabendo o que eu sei na real, na atualidade, com a minha idade, eu não desistiria da imortalidade por uma mortal. Poderia ser a mais linda e formosa(lê-se sub-entendido "gostosa de morrer"!), sem chances. O ser humano é falho, principalmente hoje. O amor necessário para precisar de tamanho sacrifício já não existe mais, nem vejo um motivo para tanto.

    Desculpem as mulheres, apesar de eu amar todas vocês, eu não arriscaria tanto, visto as atitudes que ví mudar no comportamento feminino nesses anos que viví. E dada a transformação que esse comportamento teve até aqui, mantenho minha opinião, melhor ficar sozinho observando o declínio dos homens!
     
    Última edição: 29 Nov 2012
    • Gostei! Gostei! x 2
  3. Excluído045

    Excluído045 Banned

    This.
     
  4. Tar-Mairon

    Tar-Mairon DARK LORD AND LOVING DAD

    .

    Imaginem o tédio de ver o mesmo ciclo de nascimento/ascensão/auge/declínio/queda milênio após milênio, estou fora. Na mitologia de Tolkien, eu gostaria de ser numenoreano, e nem precisaria ser da estirpe de Elros, cidadão comum já seria o suficiente.

    .
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  5. Anna De Courcey

    Anna De Courcey Usuário

    Oi pessoas! Respondi que sim quanto a abandonar a imortalidade para ter uma vida de amor mortal. Porém há que se levar em conta o quanto a vida élfica pode oferecer. Conhecimento infinito, experiencia alem da imaginação, descoberta sem fim dos próprios limites e auto-desenvolvimento. Amor mesmo, daqueles de abandonar a própria imortalidade é algo sério e não poderia ser abandonado levianamente. Afinal, sabemos o quanto nós humanos somos volúveis e mudamos com tal facilidade.Há que se encarar o que tem de provisõrio e rápido na existencia humana.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  6. Rauthar Hast

    Rauthar Hast Usuário

    Uma dúvida: Eu não lembro bem o que aconteceu com Lúthien, mas se eu abrisse a mão da minha imortalidade, quando eu morresse eu não iria para Mandos, e aí eu não ia ser eterno em Valinor de qualquer forma?
     
  7. Éomer

    Éomer Usuário

    Luthien teve o mesmo destino dos homens depois da morte. O destino que só Mandos, Manwë e Eru conhecem.
     
  8. Anna De Courcey

    Anna De Courcey Usuário

    Vocês tem algum palpite do que acotece aos homens depois da morte? Seria Tolkien adepto de uma teoria reencarnacionista?
     
  9. Éomer

    Éomer Usuário

    Olha, sendo ele católico eu acredito que ele não acreditava em reencarnação. Não antes do juízo final, pelo menos, quando elfos e homens cantariam junto aos Ainur.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  10. Anna De Courcey

    Anna De Courcey Usuário

    Putz, e até lá fazer o que hein? Uau deve ser muito monótono. Afinal, reclamamos mas gostamos da bagunça e aventura da vida. Ao menos temos alguma motivação. Os elfos já estão acostumados a eternidade e talz, mas já pensaram os homens??? Ia ser briga de convivencia todo santo dia kkk
     
  11. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Jamais. Tolkien era católico-romano e transpôs a cosmologia tomista para o SdA. O destino dos homens era desconhecido, exceto por Mandos e talvez Manwë, além de Eru, óbvio. Mas certamente não 'reencarnavam', isso iria contra a própria religião do autor, além de ser uma cópia do destino dos elfos. Estes sim, reencarnavam em novos corpos. Os homens são hóspedes na Terra, não são habitantes permanentes.
     
  12. Tar-Mairon

    Tar-Mairon DARK LORD AND LOVING DAD

    .

    As almas humanas deixam o universo material, destino invejado por valar e maiar, quanto à reencarnação há um indício disto no "Contos Inacabados", na parte em que Tolkien discorre sobre a semelhança sobrenatural entre o primogênito de Isildur e Aragorn, mas tudo são especulações afinal, "oficialmente", o Professor era um católico conservador.

    .
     
    Última edição: 30 Nov 2012
  13. Éomer

    Éomer Usuário

    Eu não vejo isso como um indício de reencarnação, mas mais como o fato de a nobreza e a "superioridade numenoreana" se manifestar de forma mais clara em certos Gondorianos, sobretudo na casa de Elendil. Isso não era visível somente em Aragorn. Faramir e Denethor (que eram descendentes da casa de Anarion) também eram um exemplo típico de numenoreanos "puros", como isso fica claro no RdR.
     
  14. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Tolkien era mais católico do que eu jamais fui. Não tem essa de 'oficial' não.

    Se fosse a Rowling, blz.
     
  15. Húrin

    Húrin Amante da Calíope

    Não vejo estes coincidencias como exemplos de reencarnação nas estórias... Sempre entendí como uma forma de comparação entre os personagens que se foram com os atuais. Luthien e Arwen, por exemplo e Aragorn e Béren... Tolkien poderia comparar um com o outro mas não colocou-os como reencarnados. Se o Professor era um conservador mesmo, coisa que na época dele era mais ferrenha que atualmente, ele não teria vacilado tão grandemente expondo isso aos seus irmãos.

    Quanto à imortalidade, como o passar do tempo é que se passa a valorizar a vida. Queirendo ou não, um jovem não tem muito em conta o valor da vida ou tem o conhecimento pleno do que é o Amor. Há uma troca de valor e também há uma grande influencia dos hormônios em relação às coisas que o jovem entende. Há o que é mais importante no desenvolvimento afetivo com o passar do tempo e são poucos e raros os jovens que percebem isso de maneira plena. Na verdade, até um adulto não tem conciencia ou entendimento do Amor e da vida.
    Viver para sempre, para nós humanos, nos padrões de um elfo Tolkien, seria algo impressionante. Ok, veriamos o mundo se transformar diante dos nossos olhos e perder muita gente querida, mas pra tudo há um preço. Cabe a você decidir se valeria à pena ou não!
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  16. Tar-Mairon

    Tar-Mairon DARK LORD AND LOVING DAD

    .

    É que as pessoas tendem a encarar a imortalidade dos elfos com olhos humanos (principalmente as questões sexuais), sendo que eles (os elfos no contexto da obra de Tolkien, não os mitológicos) são bem diferentes de nós em questões de sexualidade.

    Ou seja, "festas" eternas com belas donzelas élficas inexistem em Tolkien.

    .
     
  17. Éomer

    Éomer Usuário

    O Fëanor discordava disso. se não tivesse pirado por causa das Silmarilli (tá correta a grafia?) ele teria feito uns 70 filhos na bem aventurança de Valinor.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
    • LOL LOL x 1
  18. Tar-Mairon

    Tar-Mairon DARK LORD AND LOVING DAD

    .

    Fëanor foi exceção até nisto, basta ler "Usos e Costumes dos Eldar" (está correto?).

    .
     
  19. Húrin

    Húrin Amante da Calíope

    Olha, os elfos Tolkien não são, digamos, aversos ao sexo. Tolkien só não colocou isso em evidencia como os atuais escritores o fazem, tornando a Obra semi-erótica/pornô. Os elfos de Tolkien, digamos assim, podiam se satisfazer com familias pequenas ou não, como as familias humanas normalmente costumam fazer.
    No nosso caso, atualmente, divulga-se muito o sexo e não o ato de Amor, coisa que deixa o "ato de Amor" minimizado e até vulgarizado frente à grande maioria. Atualmente estão valorizando as coisas banais e desprezando as que deveriam ser mais valorizadas. Se tivessemos a imortalidade neste plano, ela seria de sofrimento, visto o quanto as coisas que mais fariam a imortalidade valer à pena não teriam tanto valor...

    Acho que está correta sim... :lol:

    Acho que a quantidade de filhos de Fëanor foi proposital mas não acho que ele teria uma familia muito grande não... Naquelas, seria contra producente para ele e muito chamativo para os elfos. Não que ele pudesse se importar com o que os outros pensassem mas não era comum já uma familia tão numerosa quanto a dele...
     
  20. Tar-Mairon

    Tar-Mairon DARK LORD AND LOVING DAD

    .

    Aqui:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Os elfos de Tolkien são biologicamente muito menos "afoitos" do que os seres humanos, o que faz sentido em uma espécie imortal.

    .
     

Compartilhar