1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Se inundar, é de Evo

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 28 Mai 2012.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    [h=2]Como um bairro da cidade de Brasileia, no Acre, pode passar para a Bolívia por causa de um rio[/h]

    Evo Morales pode ganhar um pedaço do Acre. Trata-se de uma parte do bairro Leonardo Barbosa, em Brasileia, cidade com 21 mil habitantes. Essa área, com cerca de 500 casas, é circundada pelo Rio Acre, que marca a fronteira entre Bolívia e Brasil. Pela dinâmica natural da água, acelerada pelo desmatamento, o curso do rio está mudando. Ele forma um meandro sinuoso e pode se juntar num trecho, demolindo a Rua dos Catraieiros e isolando a área do resto do Brasil. A faixa de terra que impede a junção tem agora 30 metros de largura e 30 casas.
    diz Evandro Ferreira, pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Para Carlos Lloret, da Universidade de São Paulo (USP), o Brasil pode tomar “medidas simples de contenção” para evitar o problema.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. abylos

    abylos Usuário Usuário Premium

    Só não entendi porque o pedaço poderia ser incorporado pela bolívia?
    A fornteira está definida pelo rio nos documentos/acordos/sei la o que que definem fornteiras?
     

Compartilhar