1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

SdA podia ter mais magia?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Hunter_Killer, 15 Jun 2003.

  1. Hunter_Killer

    Hunter_Killer Usuário

    Será que falta um pouco de "magia" na obra de Tolkien? Ou ficaria num estilo muito Harry Potter?

    Atualmente em muitas histórias de magos e coisas do tipo sempre existem akeles caras cheios de magia soltando bolas de fogo pra td qto eh lado, invocando demonios e tal, será q o SdA seria melhor se fosse mais "magico"?
     
  2. Riff

    Riff Usuário

    já tem magia d+, só q de um tipo diferente 8-)
     
  3. de boa, eu acho q ta bom assim, acho q e como vc falou, se tivesse mais magia iria ficar muito harry potter........acho q a magia do tolkien é mais trabalhada, sei la....magia do harry potter é muito akela coisa de vo tacar uma bolinha de fogo em vc e vo te matar em......com a minha varinha magica...heheh zuera soh!

    mas eu prefiro a magia de tolkien....acho q num precisa de mais nada em sda naum! :mrgreen:
     
  4. Ivan

    Ivan Vai passar do joelho

    Ia perder toda a suavidade, e essa suavidade é uma das coisas mais interessantes no SdA. Ia perder muito da graça.
     
  5. Minduim

    Minduim Suburban Kid w/ Biblical Name

    Essas coisas de magos que soltam relâmpagos, bolas de fogo, e tal a rodo não ficariam legal no SDA. Essas coisas são clichês de histórias de fantasias, e não há nada mais chato do que uma história cheia de clichês (mas não sem eles; às vezes eles são até bem legais). Ficaria muito chata a história assim.
     
  6. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Com certeza, Ringil. Um dos diferenciais do SdA e de Tolkien em geral é a "magia" de uma forma diferente, mais sutil. Presente mais nos detalhes e nos sentimentos do que nas ações em si. Essa coisa sublime que faz o livro ser tão especial.

    E "magia" em Tolkien tem um conceito interessante que eu sugiro que, quem não conhece, leia. Esse tópico aqui vai ajudar bastante a você, Hunter Killer:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  7. Curunír

    Curunír Usuário

    Confesso que, quando comecei a ler SdA, há três anos atrás, pensei que veria tudo aquilo que eu tinha vivido quando jogava RPG, e não foi muito diferente. Mas, quanto às magias, fiquei um pouco decepcionado mesmo. Nada de bolas de fogo, relâmpagos, mísseis mágicos, etc...

    Mas logo aprendi a admirar a obra do jeito que ela é. Não sei se magias como eu gostaria de ver na época que li iriam prejudicar ou acrescentar à obra... Na verdade não me preocupo muito com isso, pois o livro chama a atenção para outros aspectos muito bem explorados.
     
  8. Ray

    Ray Lockheart

    Eu acho que mais magia ficaria um tanto forçado, e Tolkien tinha cosnciência que não podia usar oisas assim a torto e a direito, como ele mostra no exemplo das águias.
     
  9. Eru- o Ilúvatar

    Eru- o Ilúvatar Usuário

    Para nossa felicidade os istari não são como os magos de D&D. Que sacal seria se Gandalf resolvesse tudo com bolas de fogo, não acham? Soluções imediatistas e literariamente falando, um tanto quanto pobres, no meu entender. Advinhas, tramas, etc, tudo muito mais interessante do que a simples solução overpower a maneira de uma campanha high-level de D&D.
     
  10. Tilion

    Tilion Administrador

    Já existe muita "magia" no SdA: a própria Terra-média é completamente "mágica" (e isso sem levar em conta o "Anel de Morgoth", que aumenta essa afirmação a níveis quantitativos absurdos).

    A escolha de Tolkien pela sub-criação e não pela "mágia descarada" é o fator diferencial de toda a sua obra; é aquilo que a torna mais crível, verossímil, a ponto de podermos imaginá-la como algo "real", algo que sem muito esforço poderia ser considerado um passado longínquo, e não apenas mais um conto de fadas apelativo. :wink:
     
  11. †Mæglin†

    †Mæglin† Usuário

    gosto do estilo d magica d SDA eh algo mais sutil, nada forçado
    prefiro o Gandalf do q os magos q soltam raios e bolas d fogo pela mão (esses tipos d magos soh dão certo em rpg)
     
  12. Minduim

    Minduim Suburban Kid w/ Biblical Name

    E, além de tudo, se Gandalf fosse um mago estilo D&D sua missão (ao meu ver) seria bem mais fácil, e o livro perderia muito de sua graça.
     
  13. LHRagone

    LHRagone Usuário

    Os Istari até poderiam lançar mais magias, mas foram proibidos
    E existe muita magia na Terra-Média, so que ela é passiva, dificil percebé-la

    Muita magia tambem deixaria a história sem graça... todo mundo que joga RPG sabe que um mágico numa batalha desequilibra ... e muito !!!
     
  14. OtoComeMocotó

    OtoComeMocotó Usuário

    Quantas vezes vcs ja viram referencias a esse tipo de magia explicita?
    Eu me lembro por exemplo, do gandalf quando ele vai resgatar o faramir no portal de Gondor, ele expulsa os nazgul com um relampago (ou coisa parecida).

    Tem tb os fogos de artificil, mas eu nao sei se isso é magia :o?:
     
  15. Eriol

    Eriol Usuário

    SdA foi criado para ser uma mitologia verossimil

    os fogos do Gandalf ja bastam....
     
  16. Myamoto Musashi

    Myamoto Musashi Usuário

    Mas o Balrog, ele era todo de fogo, e Gandalf teve que utilizar umas magias do tipo dessas (relâmpagos e tal) para ganhar dele, no topo daquela torre em Moria.
    Além de vários relãmpagos também contra os Nazgûl no Topotempo.
     
  17. Eru- o Ilúvatar

    Eru- o Ilúvatar Usuário


    Sim, mas foram momentos excepcionais. Eram recursos usados apenas em última instância, até porque Gandalf era um istari, e como tal não podia usar o seu poder na sua plenitude, já que estava preso a um corpo propositadamente incapaz de suportar isso.

    A sutileza da magia impede que a história se transforme em um espetáculo de fireballs, no qual o diálogo seria preterido pela ação gratuita. Arda se tornaria cenário de uma história de Dragonball Z... :roll:
     
  18. Inexistence

    Inexistence Usuário

    Magia na Terra-Média é um item meio polêmico, pois alguns (como eu :mrgreen: )
    dizem que NÃO EXISTIA Magia na Terra-Média.
    A "magia" contina no SdA seria a magia dos elfos, ou as dos Istari, chamados de 'magos' constantemente por Tolkien em suas obras. Porém, deve-se lembrar que SdA e O Hobbit são contados do modo de vista dos Hobbits, do modo que muitas coisas consideradas por eles como "magia" possam ser apenas habilidades especiais dos personagens, que não tinham magia. Como a habilidade de cura de Aragorn com Athelas, ou até a considerada "magia dos elfos", a qual na verdade não seria "magia".
    Quanto aos Istari, dizem-se que eles eram "Magos", e já expliquei um pouco em cima, mas...
    É conhecido o fato dos "magos" serem na verdade os Anuir (espíritos "angelicais"), criados por Ilúvatar, dos quais os mais poderosos eram os Valar e os menos poderosos os Maiar. Então, 5 dos Maiar desceram a Terra-Média: Alatar, Pallando, Radagast, Saruman e Mithrandir. Logo, as "magias" apresentadas por Mithrandir e Saruman durante a obra não são especificadamente "magia", como em histórias "mágicas", com magos (Rei Arthur, Harry Potter, etc.), e sim "dons divinos", dados por Ilúvatar, já que eram uma espécie de "anjos". :anjo:
    Então não existiria muito bem magia (como estamos acostumados) e sim habilidades especiais e dons divinos, que aos olhos dos hobbits pareciam magia.
     
  19. volteryus

    volteryus Usuário

    Concordo com o Gil-Galad, Magia não é bem magia, Balrog não pegava fogo que eu saiba, isso é cinema que faz, e não era um demonio com chifre e asa e sim um humanoide maior....

    imaginem gandalf levitando ao ives de cair em moria??? a espada de alguem soltando bolas de fogo, o escudo de boromir com campo de força... nada a ver mas obviamente existe magia na Terra Media, porem não tão impossivel de ser...
     
  20. Myamoto Musashi

    Myamoto Musashi Usuário

    Sim, no livro ele pega fogo e tem asas, mas nos chifres eu nuca ouvi falar.
    Ele tinha uma espada e um chicote que pegavam fogo como ele, mas não eram chamas, digamos, "normais".
     

Compartilhar