1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)
  1. Artigos Valinor

    Artigos Valinor Usuário

    "Outrora havia Sauron o Maia."</P>


    Dos Anéis de Poder e da Terceira Era </P>


    Originalmente um Maia do povo de Aulë, Sauron foi corrompido cedo por Melkor e tornou-se seu tenente mais fiel. Nas Guerras de Beleriand, Sauron era o mais temido dos servos de Morgoth, mas depois da Guerra da Ira e a expulsão do primeiro Senhor do Escuro, Sauron ergueu-se para tornar-se o maior inimigo dos Elfos e Homens nas Segunda e Terceira Eras.

    </P>


    A História de Sauron Antes da Primeira Era </P>


    Sauron era um do mais poderosos (talvez o mais poderoso) dos Maiar, e no início dos dias ele serviu à Aulë, o Ferreiro. De Aulë ele aprendeu muito sobre forja e criação, conhecimento que ele faria uso muitos milhares de anos depois quando ele construiu Barad-dûr e forjou o Um Anel. Nos primórdios dos dias, Melkor seduziu Sauron e o tomou para seu próprio serviço, e Sauron se tornou o maior e mais fiel de seus seguidorese. Enquanto Utumno ficava parado no norte escuro do mundo, a Sauron foi dado o comando da menor fortaleza de Angband. Finalmente, os Valar atacaram Melkor e levaram-no de volta acorrentado para Valinor, mas Sauron escapou, e permaneceu na Terra-média.

    </P>


    Sauron na Primeira Era </P>


    Enquanto Melkor era cativo em Aman, Angband foi se preparado para seu retorno, e deve-se supor que Sauron teve uma parte grande neste trabalho. Depois do Ocaso de Valinor, Melkor voltou de fato a Terra-média, e fez de Angband sua residência. Logo depois, ele viajou durante algum tempo pelas terras orientais em busca dos Homens recém-despertados, deixando Sauron mais uma vez no comando de seus exércitos.

    </P>


    Embora Sauron continuasse indubitavelmente seus trabalhos à serviço de seu senhor, nós não ouvimos falar nada destes durante muitos séculos depois do retorno de Morgoth, até os dias depois do Dagor Bragollach. Durante dois anos depois do próprio Dagor Bragollach, a torre de Finrod de Minas Tirith guardava a Passagem do Sirion contra as forças de Morgoth. Em 457 (Primeiro Era), o próprio Sauron veio contra a torre; ele lançou um feitiço de medo nos Elfos que a defendiam, e eles foram mortos ou fugiram atrás de Finrod em Nargothrond. Sauron tomou então Minas Tirith como moradia, e ele próprio vigiava a Passagem do Sirion de sua torre mais alta. A ilha na qual estava que tinha sido chamada Tol Sirion foi renomeada Tol-em-Gaurhoth, a Ilha dos Lobisomens.

    </P>


    Depois do Dagor Bragollach, os últimos remanescentes da Casa de Bëor tornaram-se dispersos. Barahir, seu senhor, abrigou-se nos planaltos de Dorthonion no Tarn Aeluin com seu filho Beren e onze outros e ficaram escondidos durante algum tempo de Morgoth. Sauron foi enviado para achar e destruir este bando de proscritos desesperados. Isto ele fez capturando Gorlim, um dos seguidores de Barahir, e usando sua feitiçaria ele descobriu o acampamento dos proscritos, e destruiu todos do bando de Barahir exceto seu filho Beren.




    </P>


    Então Beren sozinho fugiu para o sul pelos caminhos traiçoeiros de Ered Gorgoroth, e o exército de lobisomens de Sauron falhou em capturá-lo. O destino levou Beren finalmente para as mãos de Sauron, então,: alguns anos depois quando ele viajava em direção ao norte na Demanda da Silmaril, Sauron o capturou com Finrod e seus companheiros e os encarcerou em Tol-em-Gaurhoth. Sauron não sabia nada da busca de Beren; receando haver um pouco de perigo para ele ou seu mestre, ele enviou lobos ao longo das terras dos Elfos, e enquanto isso ele lançou Beren, Finrod e seus companheiros em uma cova funda. Lá eles foram devorados um após o outro por um de seus lobisomens, e finalmente todo foram perdidos exceto Beren. Quando o lobisomem matou Finrod, entretanto, Lúthien descobriu a Ilha de Sauron com Huan, o Cão de Valinor. Sauron enviou lobo após lobo para investigar a canção de Lúthien, e cada um foi por sua vez morto por Huan.  Finalmente, ele enviou Draugluin, o lobo mais poderoso que tinha vivido até então, e ele também foi mortalmente ferido por Huan, mas agonizando ele retornou a Sauron e o advertiu do perigo.

    </P>


    Assim Sauron foi para uma de suas maiores derrotas. Ele tomou a forma conhecida como Lobo-Sauron, a forma de um lobisomem poderoso, e saiu para encontrar seus inimigos. Primeiro, ele atacou Lúthien, mas sob seu encanto ele tropeçou, e Huan pulou nele. Embora ele tivesse trocado de forma e lutasse, ele não pôde escapar; finalmente ele entregou a torre para Lúthien, e Huan o soltou. Ele fugiu para o leste então para Dorthonion onde ele viveu nas florestas píneas escuras de Taur-nu-Fuin.

    </P>


    Sauron na Segunda Era </P>


    Depois da Guerra da Ira e a derrota do seu mestre Morgoth, Sauron fugiu durante um tempo para o leste do mundo. Um período de mil anos seguiu-se no qual Sauron não foi visto no oeste de Terra-média. Quando o primeiro milênio da Segunda Era terminou, voltou Sauron. Ele tomou as terras cercadas e montanhosas de Mordor, e lá começou a construir sua poderosa Torre Escura de Barad-dûr.

    </P>


    O começo do reinado de Sauron como Senhor do Escuro pode ser datado deste tempo: ele fixou para si como meta nada menos que a conquista da Terra-média, e talvez até mesmo da própria Númenor. Durante seiscentos anos, ele desempenhou uma estratégia dupla. Sob o disfarce de Annatar, o Senhor dos Presentes, ele instruiu os Elfos de Eregion, ensinando-os as coisas secretas que só um Maia do povo de Aulë poderia saber. Através do seu conhecimento, foram forjados os Anéis do Poder, mas enquanto ele trabalhava com os Elfos, ele continuava a fortificação de Mordor para fazer dele um lugar seguro inexpugnável.

    </P>


    Na Montanha do Fogo Ardente de Orodruin, ele forjou o Um Anel secretamente. Este era ser seu primeiro golpe em sua conquista do oeste - um meio pelo qual ele poderia saber, e controlar, os pensamentos dos portadores dos outros Anéis. O plano dele falhou, entretanto: os Elfos se deram conta de sua presença, e retiraram seus Anéis.

    </P>


    Enfurecido por este retrocesso, Sauron lançou as hordas de Mordor, há seiscentos anos em construção, e tomou Eriador, destruindo a terra de Eregion onde os Anéis foram feitos. Os Elfos chamaram Númenor para ajudar, então, e o exército de Tar-Minastir derrotou as forças de Sauron. Depois dessa derrota, Sauron buscou no lugar disso obter poder nos países orientais, e deixou as Terras Ocidentais em paz durante muitos séculos.

    </P>


    Quando Ar-Pharazôn usurpou o trono de Númenor em 3255 (Segunda Era), ele viu o crescimento do reino oriental de Sauron como uma ameaça. Construindo e equipando uma frota poderosa, ele velejou para Terra-média, e aportou em Umbar, ao sul das Fozes do Anduin. Ar-Pharazôn exigiu que Sauron submetesse à sua autoridade e, vendo que o poder dos Númenorianos era muito superior ao seu, Sauron concordou.




    </P>


    As Formas de Sauron </P>


    Todos os Ainur tinham a habilidade de mudar sua forma, mas nenhum assumiu tantos formas diferentes como Sauron. Durante a Primeira Era, sua forma costumeira parece ter sido isso de um feiticeiro escuro, comandando inúmeras coisas más, e especialmente lobisomens e suas espécies. Ele trocou de forma muitas vezes em sua existência, então, especialmente durante seu duelo com Huan; entre as formas que ele usou existiam: </P>


    - Lobo-Sauron. Esta era uma forma de lobo monstruosa ele escolheu quando ele a frente de sua fortaleza em Tol-em-Gaurhoth lutar com Huan. </P>


    - Durante a batalha, ele mudou sua forma para a de uma serpente em sua luta para escapar. </P>


    - Finalmente, depois que Huan o libertou, ele se tornou um grande vampiro, e fugiu para o leste, "gotejando sangue de sua garganta nas árvores".

    </P>


    O Fim de Sauron </P>


    Após sua aparente derrota para Isildur, quando este cortou-lhe os dedos e tomou o Um Anel., Sauron perdeu seu poder (a maior parte estava contida no Um Anel) e sua forma física, restando apenas a forma de um olho flamejante sem pálpebras. </P>


    Seu poder voltou a crescer na terceira era e certamente teria atingido seu objetivo de dominar a Terra-média se o destino não tivesse levado o Um Anel às mãos do hobbit Bilbo Bolseiro, e posteriormente às de seu herdeiro Frodo, que conseguiu concluir a missão de destruí-lo, juntamente com seu mestre Sauron.
     

Compartilhar