1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Sangue Azul na Sociedade do Anel

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por -= Rafael =-, 27 Fev 2004.

  1. -= Rafael =-

    -= Rafael =- Usuário

    Vocês não acham que a sociedade do Anel tem muitos sangue azul?Por exemplo Aragorn que era o futuro rei de Gondor ,Gimli primo de Bálin Senhor de Moria , Legolas príncipe da Floresta das Trevas e Boromir filho do regente de Gondor.Pq essa quantidade de pessoas nobres e não guerreiros totalmente acostumados com batalhas e viagens.Tudo bem que Aragorn e Boromir eram grandes guerreiros mas existiriam outras pessoas que poderiam substituir os membros da sociedade? Ou seria uma regra todos os nobres serem os melhores guerreiros de cada reino?
     
  2. DarkRider

    DarkRider Só uma torturazinha.

    Todos eles eram acostumados com batalhas e viagens.
    Eles eram nobres porque (acho ) só os nobres conheciam grandemente a história do Anel, e, provavelmente, um cavaleiro, aldeão e outros do gênero teriam mais chances de serem corrompidos.
    Um aldeão em guerra iria querer terminá-la mais rápido, e para isso, provavelmente iria querer o Anel.

    Pelo menos é o que penso.
     
  3. -= Rafael =-

    -= Rafael =- Usuário

    Não um aldeão e sim guerreiros valorosos.Oq vc diz sobre isso?
     
  4. Finrod-Felagund

    Finrod-Felagund Usuário

    isildur era um grande nobre e foi facilmente corrompido pelo anel, o rei de gondor.
    frodo era um simples hobbit e nao foi corrompido pelo anel, somente no final.

    como vc me explica?

    isso de ser nobre ou nao, nao tem nada a ver.

    acontece q foram ao conselho somente os nobres de cada povo, fundin e seu filho gimli, boromir e aragorn dos homens e os elfos da casa de elrond q tavam presente e mais 1 dos portos.

    o tempo era curto, eles queriam 1 representante no minimo pra cada raça e não dava tempo pra chamar algum outro homem e ainda explicar tudo o q ocorria, logo se aproveitou aqueles q estavam presentes no conselho.
     
  5. Finarfin

    Finarfin Usuário

    Guerreiros valorosos quase sempre são nobres nas obras de Tolkien....
     
  6. Eldarwen

    Eldarwen Usuário

    Isso mesmo, ou, se fosse um aldeao por exemplo, abandonaria a jornada logo no inicio.

    Foi Elrond quem os escolheu dentre muitos outros lá, que também tinham nem que fosse um pouquinho de sangue azul. Digamos que Aragorn nao estivesse lá mas sim outro Guardiao, tenho certeza que se ele nao fosse escolhido teria sido pelo menos um forte candidato, e Aragorn nao estava indo exatamente para ir com Frodo até Mordor, ele e Boromir estavam indo para Gondor, acontece que o caminho deles seria o mesmo por um longo periodo. E veja Merry e Pippin, eles foram por insistencia de Gandalf, afinal Elrond pretendia escolher alguém de sua casa, um elfo que fosse um excelente guerreiro ou pelo menos muito sabio, e sem ter sangue nobre exatamente.

    No caso de Legolas e Gimli, pode ser tolice mas tenho suposiçoes minhas. Com certeza haviam elfos em Valfenda mais sabios ou que fossem até melhores guerreiros do que Legolas, mas Legolas havia convivido com Gollum por algum tempo pode-se dizer, ele vivia na Floresta das Trevas onde havia influencia do inimigo com Dol-Gudur, ja havia enfrentado o perigo de aranhas, pode-se dizer, eu ACHO, que ele tinha um pouco mais de experiencia com certas coisas do que outros elfos. E Gimli, bem, ele foi junto com seu pai Gloin, nao sei ao certo se haviam outros anoes com eles, mas mesmo que houvesse acredito que Gimli era o mais jovem deles e talvez com mais disposiçao, Gloin pode-se dizer ja estava velho e talvez nao aguentasse tudo o que Gimli aguentou em varias ocasioes. E também há outra suposiçao: Elrond podia prever coisas, nao poderia ele ter previsto a amizade entre Legolas e Gimli? Ou entao o amor de Gimli por Galadriel, fazendo entao com que houvesse um fim na briga entre as duas raças, eu acho que Gloin nao teria se tornado amigo de Legolas. Essa pode ser uma suposiçao realmente tola, afinal talvez uma questao como essa nao fosse de vital importancia para Elrond, mas também nao custava nada faze-lo. E Galadriel pode muito bem ter dado um palpite ou outro...

    Me desculpem se viajei demais nesse post!
     
  7. Pearl

    Pearl Usuário

    Sinceramente, essa coisa do sangue azul é do estilo do Tolkien... reparem que a maioria dos eventos e dos grandes feitos da TM foram protagonizados por senhores nobres ou influentes... reparem no Silmarillion que é muito comum algo do tipo, Turin filho de Hurin senhor de Dor- lómin...

    O único heroi que eu me lembre que não se encaixa nesse estilo é Sam... que é filho de um jardineiro.
     
  8. Acho que foram escolhidos, pela sua força e por seu potencial e também pelo conhecimento sobre o anel, mas a preferência deve ter sido o potencial porque não chamariam alguem incapaz pra fazer parte de tal comitiva :wink:
     
  9. Porque eles eram os melhores.. não estou falando de sangue azul e tal...eu acho que um príncipe e um filho de regente lutam melhor do que os "soldados comuns"...
    eu acho que a questão do "sangue" aí neste caso são as tradições dos seus povos que eles carregam com si...
    Aragorn com certeza está mais acostumado a viagens em condições precárias do que quaisquer outros humanos (ou até elfos e anões) da terra media =))
    E mesmo assim, o portador n possuia "sangue azul"... ;)....:D
     
  10. Emanuelle

    Emanuelle Usuário

    Acho que a estória não teria um enredo muito bom, se não retornasse as raízes. É tudo uma questão de ser quem você é, não importando os seus antepassados. O livro fala muito sobre como as pessoas buscavam ter uma trajetória diferente da que era imaginada, por exemplo: Aragorn em não ser corrompido pelo Anel como Isildur, Boromir não foi tão feliz, mas a busca do seu irmão Faramir, também era ser reconhecido pelo pai sem ter que tomar o mesmo caminho do irmão. De certa forma, até mesmo Frodo também não poderia ter tomado o mesmo rumo que Bilbo, apesar de ter fraquejado no final. Arwen em seguir seu coração e não ao que era esperado pela sua linhagem. Falo do livro no geral, não especificamente da irmandade. E nada melhor do que algo tão importante como o Um Anel para unir estas pessoas, mas digo que nada adiantou ter sangue puro, se o que valia realmente na sociedade, era o valor interior, porque o que prevalecia era justamente o fato de ter sangue nobre e saber levar um fardo tão grande não pelos antepassados, mas sim pelo que realmente era.

    *Viajando na maionese*
     
  11. LordGriever

    LordGriever Usuário

    na térra média ninguém é rei por acaso, se o cara é rei é pq ele é foda...
    e se ele é respeitado é pq ele é foda...
    por isso q eles fizeram a sociedade, o futuro da terra média não poderia ficar nas mãos de um guardião qualquer (apesar de hironicamente ficar nas mãos de um hobbit :P )
     
  12. MaxDirty

    MaxDirty Firefox Enthusiast

    oras, qual o problema de ter muitos nobres???]
    na terra-media os nobres ñ ficam no seu trono enquanto as suas tropas são aniquiladas
    eles vão pra cima
    um exemplo disso é o proprio Isildur indo pra frente de batalha....
     
  13. Beledhëel

    Beledhëel Usuário

    Uma vez um amigo meu comentou "acho que rola um pouco de "preconceito" na obra do Tolkien...para começar do fato que não há negros no lado dos povos livres, Harad tem negros, mas eles são malígnos...todos são nobres, menos Pippin , Merry e Sam. Frodo herdou Bolsão, ficou muito rico. Acho que só o Sam ta fora dessa..."
    Eu não sei se vocês vão concordar c/ o comentário dele (aliás nem tudo eu concordei) mas para quase tudo tem explicação...

    Me corrijam se eu estiver errado!!!!

    Negros- Tolkien é europeu...ele retratoua Terra Média como se fosse uma "Europa"

    Heroísmo- O final de todos os membros da comitiva é bom. Merry e Pippin como cavaleiros, Gimli faz seu reino, e Legolas volta para o seu... e etc. Mas sempre nas mitologias e quaisquer contos, histórias, etc os personagens que desempenham papéis importantes e heróicos ganham terras, títulos, e viram até reis! :D

    O Sangue Azul- Concordo plenamente com a Lúthien_Tinúviel. Um príncipe ou filho de regente, geralmente tem mais amor por sua terra...

    Acho que já falei besteira demais

    Vlw
    Beled (que também é um príncipe no RPG que eu jogo, hehe :mrgreen: )
     
  14. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Bom, Boromir entrou na Sociedade apenas que aquela comitiva iria passar em Gondor, logo ele a acompanharia já que era seu caminho.

    Quanto a Aragorn, o retorno do Rei significaria muito em época de crise de Gondor e tanto Elrond qto Gandalf sabia disso. Ele era um guardião e passou a vida inteira se arriscando. Não iria ser poupado agora que era importante.

    agora uma coisa que se tem que ver é que nas obras de Tolkien o rei não tem aquela mística nobreza do mundo Real. O Rei durante a idade média tinha a imagem de "O Escolhido por Deus" para governar os homens.

    Em Tolkien foram apenas pessoas com maior grau de liderança.
     
  15. Thais Tûk

    Thais Tûk (avulsa)

    Mas então.. É bacana esse ponto de vista, porque na verdade os "pequenos" foram os que desempenharam o papel mais importante. Não tem aquela coisa de "quando os sábios falham..."?

    Talvez o que Tolkien queria passar seja justamente essa coisa de "Não adianta de nada ser um mago, um rei, um elfo, se não tiver atributos pessoais importantes, como a lealdade, a inocência, a humildade", que, na verdade, os hobbits tinham. E se tornaram grandes guerreiros, como o Pippin e o Merry, lutando na guerra; Sam, lutando pela sobrevivência (afinal, ele ficou dias sem comer em Mordor, e ainda por cima sustentando o Frodo sozinho); e o próprio Frodo, que superou uma verdadeira batalha psicológica.

    Esses sim são os verdadeiros guerreiros, não é mesmo? :wink:
    Qual a importãncia do "sangue azul" nessa hora?
     
  16. §Etuerpe§

    §Etuerpe§ Usuário

    mas os nobres ai terem feitos atos heroicos não tem um pouco haver da idade media ter a a primeira ordem dos cavaleiros e guerreiros nobres que era um especie de clube e eles levavam a fama por tudo?

    mas tem o sam não tem que não é aquelas glorias, o Frodo e os outros hobbits eram nobres?

    desculpe pelas perguntas cretinas :roll:
     
  17. -= Rafael =-

    -= Rafael =- Usuário

    Em muitas estórias os heróis não ganham um grande reino ou se tornam rei , Conan o Bárbaro e Hércules não viraram reis nem ganharam terra alguma , além disso nenhum deles era nobre , Hércules era um semi-deus mas num era senhor de nada , ele andava por ai ajudando as pessoas.
     
  18. Pearl

    Pearl Usuário

    Não, não eram nobres, afinal os Hobbits não possuiam reis. Mas tanto Frodo, Pippin e Merry eram de famílias influentes (Bolseiros, Tuks Brandebuques)... portanto eles não deixam de ser da elite... :roll:
     
  19. Heceldamar

    Heceldamar Usuário

    Acho que aí vocês estão forçando demais a barra. Tolkien era sim elitarista. Isso se dá em parte por causa das mitologias que influenciaram o professor, em parte por causa de sua cultura. Tolkien viveu numa monarquia parlamentarista. Apesar da rainha, por exemplo, não ter poder político, ela tem um forte papel simbolico. Tolkien viveu num país que ovacionava essa pessoa, como se pelo simples fato dela ter um sangue real a fazia uma pessoa superior.

    Vemos isso claramente no Silmarillion. Me digam, que plebeu realizou grandes atos? Nemhum. Fingolfin, que marcou Morgoth sete vezes, era o Rei Supremo dos Noldor. Beren, que arrancou as Silmarils com ajuda de Lúthien do própio Morgoth, era neto de Bregor. Elrond descende de Thingol e Melian. Galadriel de Finarfin, Rei Supremo dos Noldor depois da morte de Fingolfin. Fëanor de Finwë, que foi o primeiro Rei Supremo. E a lista continua....

    Esta era a visão de Tolkien. Não sei porque tanto fuzue. Para mim, isso é admiração descarada. Qual o problema de Tolkien colocar a importância (na sua visão) do sangue em suas obras? Não vejo nemhum. :wink:
     
  20. também n vejo problema algum com isto...
    até porque é como você mesmo disse...
    essa questào de sangue é influencia das culturas que ele teve.. tanto da dele em si, quanto das que o inspiraram para a criação dolivro...
    e nesses contos de reis e principes.. eles sempres são treinados com a espada desde que eram pequenos...esta habiliade para a luta n é nada "do outro mundo"...
     

Compartilhar