1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Sabiam escrever na Terra-Média?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 5 Abr 2011.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Nao sei se ja ha alguma coisa parecida (nao achei com o procurar), mas as pessoas da Terra-Média (os seres vivos) sabiam escrever? Pois quase não há mensagens escritas mas sempre recados orais, ninguém escrevia carta etc apenas um texto numa lápide ou num portão, é isso, existia alfabetização na Terra-Média?

    Como não entenderam vou editar. Era óbvio que alguns sabiam ler, mas era algo democrático ou apenas poucos sabiam ler?
     
    Última edição: 5 Abr 2011
  2. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    Ué... e os arquivos de Gondor que Gandalf pesquisa?

    E as lápides dos anões em Moria bem como o livro diário deles?

    E o recado de Gandalf em Bri?

    E o livro vermelho começado por Bilbo?

    E a escrita do anel?

    Desculpa a cara de boba aqui mas.... é mesmo que vc fez essa pergunta?
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  3. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Mas a quantidade de textos era bem menor do que os recados orais, Gandalf não avisa nada por cartas ele manda alguém dar o recado, pronto, tirando os grandes (Elfos, Istari, Maiar) os homens sabiam escrever ou era uma exceção alguém escrever alguma coisa?
     
  4. Kyra

    Kyra I am Jack's smirking revenge.

    C tá de brinks with my face, né?

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  5. Elendil

    Elendil Equipe Valinor

    Pois é, além dos de Valfenda.

    E prosseguido por Frodo e terminado por Sam!

    ______________________________________________

    Consulte os Apêndices E e F de SdA. Lá Tolkien diz que a arte da escrita na T-m é antiga.

    Evidentemente não podemos dizer que 100% da T-m era letrada, mas temos muitos exemplos de que a escrita era usada por representantes de todos os povos.

    Neste caso, na Terceira Era, com a decadência de Gondor e também os reinos élficos, parece que o uso da escrita foi para poucos. Mesmo porque, a escrita dos antigos númenóreanos parece ter ficado um tanto obscura para os homens mais comuns, e lida e interpretada por mestres eruditos apenas. Mas de alguma forma, a escrita permaneceu como ferramenta de povos mais "simplórios" também. Frodo, Sam, Bilbo, e possivelmente Merry e Pippin, sabiam ler e escrever, como podemos notar.
     
    Última edição: 5 Abr 2011
    • Gostei! Gostei! x 2
  6. Penelope

    Penelope Usuário

    Acho que, talvez, o que o Morfindel esteja querendo saber é até que ponto a população da Terra Média era letrada. :think:

    E Gandalf comunica-se por cartas sim! Como a Ly já lembrou, ele deixa uma mensagem a Frodo no Pônei Saltitante em Bri, que Carrapicho quase esquece-se de entregar. O mago ainda assina a carta com sua runa. Na minha edição do volume único esse trecho está localizado na página 177, e creio que em 'A Sociedade do Anel' também (ou pelo menos próximo desse número).
     
  7. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    Quantidade de textos é algo irrelevante pra se analisar. Eu acredito que vc fala mais com sua mãa, avó e falará com filho mais do que escreverá a eles. Ou seja, receberá e passará ensinamentos oralmente... mas nem por isso deixará de documentar uma coisa ou outra.

    Em qquer lugar a quantidade de "fala" é maior que a de "escrita" o que normalmente não significa que altere a qualidade da escrita.

    Isso é natural em qquer civilização, ou seja, voltamos ao ponto de que continuo te olhando com cara de "wtf" assim: o_O

    E volto ao que eu disse antes.... onde 100% de qualquer civilização é letrada? E isso não significa que tal civilização não saiba escrever....

    Enfim.... pergunta besta e pronto. :mrgreen:
     
  8. Elendil

    Elendil Equipe Valinor

    Exatamente!

    Outro exemplo de escrita na T-m é o recado que Thorin deixa para Bilbo, em sua lareira, na manhã seguinte à sua chegada. Lá o anão pede para Bilbo encontrá-lo no Dragão Verde. E não me venham com o papo que O Hobbit não vale como exemplo porque ele foi escrito para crianças e blábláblá....:mrgreen: Foi escrito por Tolkien e é canônico.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  9. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    A pergunta é válida... É claro que a 'classe alta' de diversos reinos sabia ler e escrever, mas eles são exceção. Mesmo Merry, Pippin e Frodo provinham de famílias importantes do Condado. Mas será que um homem comum, um comerciante, de Gondor, ou um agricultor do condado, sabia escrever? Eu arriscaria que não, ou quando muito deviam escrever como o Lyvio e talz. :dente:
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  10. Fernanda

    Fernanda Andarilho de Eriador e

    Os carteiros erma em maior número que os condestáveis no Condado porque os hobbitts adoravam escrever para quem morace mais longe que uma caminhada agradável.

    Acho que isso vem do prólogo de SdA (estou sem livro aqui para conferir)

    O nível de escrita devia variar de povo para povo, e classe social em alguns povos. Havia bibliotecas em Gondor.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  11. Indily

    Indily Balrog de Pantufas Fofas

    Serve um jardineiro saber escrever?
    Samwise te lembra algo?

    Como disse antes, nenhum é 100% letrado, em qquer lugar... ainda assim... que sabiam, sabiam!
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  12. Faerie

    Faerie Usuário

    Fiquei abismada agora...sério mesmo que vc tem alguma duvida sobre isso?
     
  13. Gimli Axefighter

    Gimli Axefighter The Goathead...

    Acho que se você é um terrapardense desses bem isolados, pode ser que você não saiba.
    Mas no geral, se escrevia e lia sim na Terra-Média, esqueceu que o Gandalf foi buscar informações do Um nos registros de Gondor?
     
  14. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    É óbvio que lembrei do Sam, por isso mesmo o exclui da lista que fiz ali. Mas partir da situação dele e generalizar para todas pessoas humildes da Terra-Média é um passo muito grande.

    De qualquer forma, a questão não se trata de "todo mundo" saber ou não escrever, e sim de ter uma taxa de alfabetização razoável ou não em determinado lugar. Eu penso que, por exemplo, em Aman, essa taxa é bastante alta. Já em Gondor ou Rohan, não me parece um reino utópico o bastante a ponto de todas classes terem acesso considerável a alfabetização. No Condado isso é mais maleável, afinal trata-se de um lugar um tanto idealizado, onde há eleições e tudo mais, há elementos mais ingleses, ou mais especificamente, elementos da vida cotidiana do próprio Tolkien, o que inclui cartas.
     
  15. Elendil

    Elendil Equipe Valinor

    Imagino que em Rohan o uso da escrita fosse quase nulo. Talvez apenas a família real fosse letrada? Talvez. Théoden poderia ser, já que sua linhagem também é gondoriana e imagino que Gondor, mesmo em seu declínio, tivesse quem soubesse ler e escrever, e ensinasse de alguma forma as castas mais abastadas pelo menos. Mas o Aragorn, em algum momento em As Duas Torres, diz aos companheiros que os rohirrim eram incultos, apesar de sábios. A tradição lá certamente era oral.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  16. Penelope

    Penelope Usuário

    'São voluntariosos e cheios de orgulho, mas têm o coração sincero, são generosos em pensamentos e ações; destemidos mas não cruéis; sábios mas incultos, não escrevendo nenhum livro mas cantando muitas canções, à maneira dos filhos dos homens antes dos Anos Escuros'. (págna 451 da edição em volume único).
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  17. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Mas vocês tão pegando demais no pé no menino. Deixa o cara floodar, gente! :lol:

    Tá zueira. Enfim...

    Devemos lembrar que a sociedade tolkieniana é baseada, principalmente, na idade média. Não eram todos que sabiam ler e escrever, principalmente na TE, como já disseram aí pra cima.

    Em Gondor, por exemplo, apenas a corte deveria ser letrada, e para as demais coisas, existiam escribas.

    Outro exemplo, duvido que os refugiados de Rohan fossem alfabetizados.

    Já em tempos mais antigos, creio que já era algo mais acessível, afinal a sociedade era mais erudita, principalmente entre elfos e númenorianos. Aliás, acredito piamente que 99% dos númenorianos eram letrados.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  18. Alasson Yára

    Alasson Yára Eu matei um

    Penso que era como na Idade Média de nossa história. Só os ricos ou o clero que tinham acesso a alfabetização.

    Um exemplo claro disso, é no livro SDA A Sociedade do Anel, página 177 (Edição Martins Fontes)

    "-O endereço está bem legível - disse o Sr. Carrapicho, tirando uma carta do bolso, e lendo o endereço lenta e orgulhosamente (dava valor à sua reputação de homem letrado)"

    Vemos portanto que se alguem dá valor de ser um homem letrado, é porque ele vive em um meio onde a maioria das pessoas não são letradas.

    Esse é meu ponto de vista pelo menos em relações aos homens e hobbits. Os elfos sempre são mencionados nas histórias como pessoas sábia e cheias de conhecimento, e nunca se disse nada sobre um elfo de modo rudimentar e simplório(fora o elfo pai de Maeglin, Eöl, pois pelo menos eu o considero assim).
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  19. Elendil

    Elendil Equipe Valinor

  20. Eruniauve

    Eruniauve Usuário

    todos liam e escreviam na Terra Média, haviam tantos livros, tantos documentos. Todos os acontecimentos eram deixados para posteridade com escrita.
     

Compartilhar