1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Rússia a um passo do estado clerical

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Excluído045, 13 Dez 2012.

  1. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    O primeiro-ministro Dimitri Medvedev (D) oferece flores a Kiril, por ocasião do 65º aniversário do patriarca ortodoxo de Moscovo e de toda a Rússia

    De estado laico a clerical. Assim caminha a Rússia pela mão do primeiro-ministro Dimitri Medvedev. Esta quarta-feira entrou em tramitação na Duma (parlamento russo) um projeto de lei apoiado pelos quatro partidos, que vai permitir castigar mais severamente quem profanar lugares ou objetos de culto. O crime será punido com cinco anos de prisão.

    A reforma do código penal russo prevê ainda, além da pena de prisão, o pagamento de uma multa de 500 mil rublos (cerca de 12.500 euros) ou, em alternativa, 400 horas de trabalho forçados.
    O atual código penal russo permite castigar ações "motivadas por ódio religioso" com penas de até cinco anos de prisão, apenas através de acusações de "vandalismo" e "extremismo".
    Lei vai incluir "sentimentos religiosos"


    De acordo com o projeto de lei, os "sentimentos religiosos" são incorporados à legislação, podendo impor-se penas mais agravadas aos considerados culpados "por profanação de lugares e objetos de veneração, sítios destinados à celebração de serviços divinos, outros rituais religiosos e cerimónias de associações que praticam religiões que são parte inseparável da herança histórica dos povos da Rússia" e, ainda, por "causar danos ou destruir esses objetos e lugares".
    Ontem, 414 de um total de 450 deputados aprovaram uma declaração "em defesa dos sentimentos religiosos dos cidadãos". A declaração fala em "destruição de templos", "vandalismo nos cemitérios", etc.. Ações estas, segundo o texto, destinadas "a destruir as bases espirituais e morais da Rússia formadas ao longo de muitos séculos, a desacreditar os valores tradicionais", provocando o ódio cívico e afetando a soberania do Estado. Os subscritores defendem que "todas as nossas forças políticas do país devem unir as suas forças para reforçar a unidade nacional, para consolidar a paz e unir o povo russo com base nos nossos valores espirituais tradicionais".
    Na Rússia, são consideradas "religiões tradicionais" a ortodoxa, o islamismo, o budismo e o judaísmo.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    CHUPA, LAICISMO!!!!!!!!!!!!

    Gente, tô quase chorando de felicidade, sério. :grinlove: Santa Rússia dando os primeiros passos em direção ao resgate da Tradição, da religião harmonicamente entrelaçada com o Estado, a 'sinfonia de poderes espiritual e temporal'. Ok, talvez seja cedo para comemorar. Não é Bizâncio renascida, mas é sim um forte contragolpe nas ambições totalizantes das ideologias ocidentais e materialistas do secularismo e do laicismo.

    O Senhor sorri para a Eurásia.
     
    Última edição: 13 Dez 2012
  2. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Pagz, muda a cor da fonte pq não dá pra ler nada no template escuro do fórum :joinha:
     
    • LOL LOL x 1
  3. Excluído045

    Excluído045 Banned

    done
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Pelo que eu entendi do projeto de lei russo é menos radical do que parece. Aparentemente os 4 grandes troncos religiosos da Rússia: Cristãos, Judeus, Budistas e Muçulmanos terão sua propriedade física assegurada contra vandalismos e saques tanto de movimentos xenófobos ou anti-religiosos quanto de vandalos comuns e assaltantes. Aliás, vejo tal meida mais pautada na xenofobia e onda islamofóbica que é muito forte na Rússia, além dos roubos aos templos, do que em uma reforma de estado abertamente clerical.

    Mesmo com essa premissa:
    o que parece é o temor de que todas as ondas de diversos fanatismos existentes na Rússia sejam reprimidos com maior rigor!
     
  5. Thor

    Thor ἀλήθεια

  6. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Aliás, mostrando essa noticia para um amigo meu também nessa de tradicionalismo, ele me mostrou que os stalinistas da Rússia estão junto nessa transição aí! Olha só que maluquice! Ta aqui o link do comentário:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  7. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Sim, a medida se preocupa muito com essas questões internas de xenofobia eslavófila mas, por debaixo dos panos, está o pre-requisito fundamental da ideologia de Dugin e Putin: eurasianismo. A defesa e salvaguarda das religiões tradicionais está diretamente ligada ao papel preponderante destas na articulação teórica e espiritual da Eurásia.

    Com esse projeto o próprio Partido Comunista já se comprometeu. A
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    se pautará pela importância capital dessas religiões como o 'Dasein', o centro de identificação e fundamentação das diversas zonas que integrarão a União Eurásica.

    Mais aqui:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  8. Calib

    Calib Visitante


    Brasil, Estado laico.


    Além do rigor na punição, qual é a grande diferença?:think:
     
  9. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Felizmente ninguém é obrigado a crer que as ideologias ocidentais modernas são algum tipo de 'progresso'.

    Graças a Deus os olhos e corações se abrem no Oriente.

    - - - Updated - - -

    É, mas na teoria...

    - - - Updated - - -

    Sim, sim, o PC russo está mergulhando de cabeça no eurasianismo.
     
  10. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    E qual a posição do tradicionalismo ortodoxo russo da participação do PC nessa transiçãoPagz? Aceitam o apoio com "ressalvas críticas" ou não estão, ainda, se preocupando com possiveis conflitos tanto de interesses como ideológicos?
     
  11. Calib

    Calib Visitante

    (só pra dar pitaco: acho que este tópico deveria estar em "Política")
     
  12. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Há divisão de opiniões. Teólogos como o Pe. Georges Florovsky propõem e endossam mesmo uma teologia política que tenta vincular o eurasianismo validamente com um resgate multicultural de Bizâncio, um despertar da consciência russa frente o materialismo. Outros já a consideram 'herética' por endossar um tipo de 'relativismo' ao colocar religiões tradicionais como estando no mesmo nível. Na minha opinião estes não compreendem o tradicionalismo de Evola, o comparam a um esoterismo de boteco, a la Blavatsky, nem seque se dedicaram a estudar o pensamento de Julius Evola e de René Guenon.

    Sobre a ligação do PC, a Tradição não aprova nem condena. Socialismo e capitalismo são dois lados de uma mesma moeda, a moeda da modernidade que abocanha o mundo e pelo envenenamento de suas fontes, corrompe as consciências e escraviza o homem pela geração de ídolos, de ideologias que falseiam o verdadeiro sentido de toda vida humana e de toda sociedade: a transcendência. Nesse sentido não há uma condenação do marxismo como há em Roma, desde que se mantenha bem claro que o marxismo é útil enquanto ferramente de análise da sociedade, mas nunca o princípio norteador da civilização. Este é unicamente Cristo. Diferente do capitalismo neo-liberal, que, per se, é um monstro blasfemo e idolátrico.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  13. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Entendo, interessante a posição, historicamente os ortodoxos tem muita mais razões para se afastar do marxismo do que os católicos, e ainda assim o que ocorre
    e o oposto.

    Conversando com um amigo meu aqui no facebook, achei interessante o ponto defendido pelos camaradas do PC russo e de outros camaradas aqui do Brasil ao apoiar tal decisão: Para eles, a luta do tradicionalismo e do comunismo convergem na luta anti-capitalista, anti-neoliberal, e portanto uma luta marxista, pois para o próprio Marx, apenas os meios de produção são capazes de alienar e de explorar o cidadão. A religião não é o inimigo a ser atacado (como, muito erroneamente, muitos socialistas fazem), mas sim o capitalismo e todo seu sistema. Portanto, nesse momento histórico, a luta de ambos convergem e não existe necessidade de se opor ao outro.

    Acho essa analise bem coerente com o marxismo clássico, que não aceita nem a religião nem a cultura como fatores determinantes de uma sociedade explorada, eu já não vejo tanto dessa forma, mas deixa os camaradas russos decidirem o que é melhor para eles...
     
    Última edição: 14 Dez 2012
    • Gostei! Gostei! x 2
  14. Excluído045

    Excluído045 Banned

  15. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Há controvérsias. Eu acho que deveria estar em "Planeta Bizarro". :roll:
     
    • LOL LOL x 3
    • Gostei! Gostei! x 2
  16. Ranza

    Ranza Macaco

    Sabe o que eu temo de um estado que não é laico? A liberdade religiosa.
    Uma das premissas do laicidade estatal é justamente proteger as religiões e seus seguidores. Quando um estado é regido por filosofias de uma determinada religião, esta pode simplesmente criminalizar todas as outras formas de crença e oprimi-las, e mais, o fato de uma pessoa dizer não acreditar em Deus, pode resultar na sua própria morte.
    Nada contra o cristianismo, mas duvido que o candomblé sobreviveria se os cristãos assumissem o estado brasileiro.
     
  17. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Com relação a liberdade religiosa não há o que temer. Toda a ideia multipolar do eurasianismo torna inócuo qualquer tipo de exclusivismo religioso em nível macro, e em nível micro, a liberdade religiosa ficaria por conta das 'autonomias' locais. Cada 'autonomia' ou população tradicional teria sua total liberdade para articular suas ideias religiosas, e colocar a religião e sua prática como melhor convier às suas tradições locais, sua história plurirreligiosa.

    A grande questão é como os povos tradicionais iria articular isso, como se estabeleceriam Impérios tradicionais E democráticos, como se aliaria o desenvolvimento do diferencialismo com a Tradição. Isso fica para nossos futuros ideólogos neo-eurasianistas e para muita prática e diálogo político.

    - - - Updated - - -

    'Creio no Secularismo Ocidental Todo-Poderoso, e em Laicismo, Seu Grande Filho'

    Mas é compreensível. Para as mentes ainda fechadas em torno de direita e esquerda, o futuro eurasiano pode ser um choque. Um choque tão grande a ponto de fazer até pessoas apolíticas como eu se tornarem seus panfletários.

    Aliás, sobre isso há uma comentário interessante de um amigo meu:

     
    Última edição: 14 Dez 2012
  18. Tar-Mairon

    Tar-Mairon DARK LORD AND LOVING DAD

    .

    Bom, não deixa de ser um progresso para um país que, há quinze anos, era considerado quase um "estado criminal". Antes a moralidade das religiões citadas do que o código de "ética" Vor V Zakone.

    .
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  19. Thanatos

    Thanatos Mortinho Usuário Premium

    Não acredito que a liberdade religiosa da Rússia esteja em perigo, a própria Rússia como tal é extremamente heterogênea, quantos idiomas e culturas diferentes existem neste país continental, um monte. A pluralidade é uma marca cultural histórica da Rússia.
     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar