• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Rua do Medo (Fear Street, 2021)

Béla van Tesma

I’m hoping to do some good in the world!

Rua do Medo: Trilogia da Netflix viaja no tempo em trama de terror; veja trailer​

Os filmes da diretora Leigh Janiak chegam ao streaming em três semanas consecutivas de julho​

CAIO COLETTI . 09.06.2021 . 13H55 . ATUALIZADA EM 09.06.2021 . 16H04.


A Netflix liberou hoje o trailer completo de Rua do Medo, a sua trilogia de filmes de terror que será lançada em semanas consecutivas de julho - mais especificamente, nos dias 2, 9 e 16. Veja acima.

A trama das produções se passa em três datas diferentes: 1994, 1978 e 1666. Nos anos 90, adolescentes descobrem que os eventos terríveis que assombram sua cidade há gerações podem estar conectados - e que eles podem ser as próximas vítimas.

A diretora Leigh Janiak (Honeymoon) é a responsável pela trilogia, que tem nomes como Gillian Jacobs (Community), Sadie Sink (Stranger Things), Ashley Zuckerman (Succession), Chiara Aurelia (Cruel Summer) e Olivia Welch (Inacreditável) no elenco.

Fonte: Omelete



“Como diretora de Rua do Medo, mas também amante do cinema, fiquei muito animada em homenagear algumas das grandes eras dos filmes de terror. Na primeira parte da trilogia, 1994, o destaque é o filme Pânico – foi o auge do terror dos anos 90 e, na minha opinião, um dos longas mais brilhantes já feitos e ponto final. Na parte 2, 1978, foquei no apogeu das produções de terror – Sexta-Feira 13, Halloween, A Hora do Pesadelo. Já em Rua do Medo Parte 3: 1666, encontrei a melhor inspiração em O Novo Mundo, de Terence Malik”, conta Leigh Janiak, diretora da trilogia Rua do Medo.

Veja quando estreiam os filmes:

Rua do Medo: 1994 – Parte 1: em 2 de julho
Rua do Medo: 1978 – Parte 2: em 9 de julho
Rua do Medo: 1666 – Parte 3: em 16 de julho

Confira as sinopses oficiais:
Sinopse da trilogia: Em 1994, um grupo de adolescentes descobre que os eventos aterrorizantes que assombram a cidade há gerações podem estar todos conectados — e que eles podem ser as próximas vítimas. Adaptada da aclamada série de horror de R.L. Stine, a trilogia Rua do Medo conta a sinistra história de Shadyside.

RUA DO MEDO PARTE 1: 1994
Um grupo de amigos adolescentes acidentalmente encontra o local do antigo mal responsável por uma série de assassinatos brutais que assombram a cidade há mais de 300 anos. Bem-vindo a Shadyside.

RUA DO MEDO PARTE 2: 1978
Shadyside, 1978. As aulas chegaram ao fim e as atividades no Acampamento Nightwing estão prestes a começar. Mas quando outro Shadysider é possuído pelo desejo de matar, a diversão se torna uma luta horrível pela sobrevivência.

RUA DO MEDO PARTE 3: 1666
As origens da maldição de Sarah Fier são finalmente reveladas conforme a história se completa em uma noite que muda a vida dos Shadysiders para sempre.

Fonte: Boletim Nerd
 

Béla van Tesma

I’m hoping to do some good in the world!
Botei em TV porque era Netflix, mas acho que os filmes todos estão indo lá para o cinema, né? @Turgon pode mover o tópico? :dente:
 

Jhulha

Voltando a caverna
Vi o primeiro filme e achei fraquíssimo, esse tipo de terror está tão saturado para mim, que tudo que vi era clichê atrás de clichê, nada novo ou atrativo.
 

Bartleby

idler
então, vi os dois últimos ontem. gostei bastante do conceito, não tanto da execução... desde o primeiro é tudo muito apressado, precisava ter mais foco nos personagens, talvez seria melhor se fossem três temporadas de 6 episódios.

o segundo filme, falar nisso, é tão escuro, pior q o episódio da guerra contra o homi de gelo lá de GOT.

e tava reconhecendo a Gillian Jacobs de algum lugar. só fui perceber quem era quando vi o nome da atriz e googlei. totalmente diferente de cabelo castanho! to acostumado com ela loira em Community rsrs

mas foi divertidinho de ver.

dei 3/5 pro primeiro; 2.5/5 pros outros.
 

Béla van Tesma

I’m hoping to do some good in the world!
Vi o primeiro filme agora.
Achei bem fraquinho mas não chegou a causar raiva ou sono. Também não trouxe absolutamente nada novo ao gênero, muito pelo contrário. Apenas clichês.

Uma das coisas que mais me irritam nesses filminhos de terror é a forçação de barra para que todos os ambientes estejam sempre escuros. Sempre, sempre. Os caras entram numa emergência médica que não tem iluminação... Vocês já viram hospital quase às escuras numa noite normal de atendimento? Não houve nenhuma queda de energia ou coisa que o valha... Parecia um necrotério no final do expediente, Só faltavam as luzinhas pisca-piscando pra completar o clima de abandono. E o xerife, que trabalha sempre com uma lampadinha minúscula na mesa? Nem dentro das casas nunca, jamais, alguém ligou uma lâmpada de teto ao longo de todo o filme. Isso é que é preguiça pra criar uma atmosfera apropriada... :hxhx:

Verei os demais por motivos de #toc #masoquismo

Nota 6.
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$200,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo