1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

RPGista: você tem religião?

Tópico em 'RPG' iniciado por Armitage, 9 Mai 2007.

  1. Armitage

    Armitage Usuário

    "Não é anacrônico ter uma religião hoje em dia?

    O pensamento religioso está relacionado a se viver a religião, seus preceitos e rituais como algo verdadeiro e absoluto, como parte da história; hoje virou macaqueação de rituais que já não fazem sentido, em um mundo dominado pela ciência que desmentiu, muitas vezes de forma inelutável, muitas pedras angulares das religiões.
    "

    Isso é citação de um colega meu em outro fórum.

    A impressão que tenho, pelas discussões aqui do fórum RPG, e pela forma como o hobbie do RPG lida com mitologias de forma geral, é que a maioria dos RPGistas compartilha desse tipo de pensamento.

    Então, pra matar essa curiosidade:Colega RPGgista você tem religião? Se sim, qual?
     
  2. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Bom, apesar ter sido intitulado Inquisidor-mor da Santa Igreja do 20 Natural, sou ateu.

    Na verdade não lembro de RPGistas religiosos, sabe? :think:
     
  3. Lukaz Drakon

    Lukaz Drakon Souls. I Eets Them.

    Eu sou totalmente o oposto ao texto. E não vejo problema nenhum em alguem ter uma religião e jogar RPG.

    Mais do que tudo, como em muitos outros tipos de jogos, no RPG você encara um personagem fictício. Então, a partir desse ponto, não há por que se limitar a seguir uma esfera extipulada de ações por que essas características são suas, não do personagem em questão. É como jogar video-game. Tem que saber não misturar as coisas e tudo vai bem. É uma das coisas que você tem que manter fora da mesa de jogo. Se você começar a se tornar paranóico e tentar "doutrinar" seus companheiros, provavelmente vai dar problema. Tem que saber separar as coisas.

    Eu sou espírita. Minha namorada é católica. E meu grupo ainda é formado por mais 1 espírita e 2 católicos. Todos praticantes. E não tem nada de mais. Durante o jogo, ninguém se extressa com ação de um companheiro ou algo do tipo.
     
  4. Ptah

    Ptah Usuário

    Eu sou católica. Já fui professora de catecismo... concordo com O Luzaz, o fato de ter uma religião não me impulsiona a pregar a ninguém e também não altera minhas interpretações de pcs. Acho que religião é uma coisa pessoal, se vc respeitar, o companheirismo e a amizade na mesa vai permancer a mesma... e olha que eu namoro um Odinista...
     
  5. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    Não tenho religião, mas acredito em algo superior (Deus, talvez?), sim.

    Meu problema com mtas religiões cristãs: A bíbilia "sagrada". Ela nada é que um livro escrito e reescrito pelos homens, alterada com o tempo.
    Não que seja tudo falso, não é oq digo. O problema é: como saber que durante a Idade Média, a Igreja não reescreveu mta coisa para satisfazer seus próprios interesses??

    Outa coisa: segundo mtos religiosos, se vc não acredita em Deus, vc vai pro Inferno. Não interessa se vc foi um santo durante sua vida, se ajudou um monte gente... se vc não acredita Nele, vai pro Inferno. Eu não aceito algo assim. E diversas pessoas, culturas, que creem ema algo diferente? Vão todas para o Inferno só pq tem crenças diferentes?? Para mim, é bobagem.

    Mais uma coisa: E todas as merdas que a religião fez (e, quem sabe, ainda faz), em nome de Deus?? A Inquisição, por exemplo.

    Não acredito em religiões pelo simples fatos de elas terem sido criadas por nós, e sendo nós humanos, sujeito a falhas, todas as nossas criações tb estão suejitas as mesmas falhas.

    Outra coisa: Como um protótipo de historiador, como podemos garantir que "NOSSA" religião é a verdadeira, absoluta?? E todas aquelas religiões, que no passado eram verdadeiras para o povo, duraram séculos, milênios, e hj em dia viraram passado? Quem garante que nossas crenças não se tornem passado depois??

    Por isso, procuro ter crenças próprias, não me apoiar em falsas crenças criadas por outros.


    PS: Isso é opinião minha.
     
  6. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Eu não vou escrever muito pra ficar dentro da idéia de RPG e religião. Sou agnóstico, mas concordo também com o Lukaz que não são coisas antagônicas. RPG é uma forma de diversão, assim como pode ser encenar uma peça, escrever um livro, qualquer coisa. É só saber se divertir entendendendo que é uma ficção.
     
  7. Edrahil

    Edrahil Usuário

    Não sou RPGista, mas não vejo nenhum problema. Inclusive, já ouvi falar de RPGista Católicos (já vi isso no orkut).
     
  8. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Bem, eu tenho uma opinião sobre religião que é a seguinte: cada um acredita no que quiser.

    Tem muita gente que age como se fosse errado ter uma religião, que isso nos torna ignorantes. Mas eu acredito que por si só, a religião é uma coisa boa.

    Só não gosto quando os outros tentam falar no que você deve acreditar, pois acha que o que ele acredita (acredita por não ter provas) é mais certo que o que você acredita.
     
  9. Dimitra Wormwood

    Dimitra Wormwood Usuário

    acho que a religião é algo muito pessoal entende?
    e isso nao influencia nos rpgistas
    eles não estão lá para debaterem, só para se divertirem.
    assim como um filme pode divertir sem criar desavenças, o rpg também pode.
    eu sou agnóstica, e noto a pequena quantidade [daqueles que conheço] dos jogadores [principalmente do cristianismo, das outras religioes em geral são mais desencanados]. mas embora a quantidade destes seja menor, isso nao causa nenhum tipo de discussão.
    tá, isso escrito acima nao ajudou em nada nem disse nada de novo, mas tudo bem u___U
     
  10. Estranho

    Estranho Dancer

    Sou RPGista e tenho minha religião(e sou praticante de minha própria maneira). E não vejo as duas coisas como contraditórias de maneira nenhuma. E também não acho que religião sejam sinal de ignorância ou conservadorismo...
     
  11. Gennari

    Gennari Usuário

    Como tudo no mundo, há os alhos e os bugalhos....

    Já conheci gente que sabe levar numa boa... é um religioso praticante e joga. Como tb já conheci gente que saiu de perto de mim qd falei que jogava.

    Como disseram, isso é algo pessoal demais... tudo define-se por aquilo que cada um acredita. Se acredito que Jesus é Senhor e RPG é coisa do Diabo.. vou fazer o sinal da cruz quando ouvir falar.... Se acredito que Jesus é Senhor e o RPG pode ser muito educativo se bem aplicado, vou querer meus filhos jogando !!

    Tudo depende do quão fervorosa é a fé de cada um.
     
  12. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    Num vejo problema em um RPGista tem religião, crenças próprias. Só pq ele joga, não significa que ele tem que ser ateu ou coisa parecida. Tanto que existe livros de RPGs religiosos, por mais estranho que possa parecer a princípio.

    E concordo com Barlach que ter religião é algo bom, mtas vezes ter Fé ajuda vc a continuar, superar obstáculos, não desanimar... acreditar em algo realmente ajuda a te dar forças para seguir adiante nesse mundo problemático.
     
  13. Armitage

    Armitage Usuário

    Confesso que estou surpreso, não esperava quantidade considerável de religiosos.

    Eu sou agnóstico, assim como todo meu grupo de RPG. Me tornei agnóstico quando comecei a perceber inconsistências na minha religião anterior. Perceber que as escrituras sagradas que minha religião pregava não tinha nada de "sagrado" - era tudo ficção de homens de povos antigos, que ainda por cima teimavam em enfiar seus valores arcaicos pela minha guela abaixo (submissão da mulher, escravismo e servidão, intolerância religiosa, negativismo sexual, etc). E ao comparar com as crenças de outros povos do planeta, percebí que tudo não passava de mais uma mitologia - essa necessidade do homem antigo de inventar uma explicação para o que não entende ( que aliás nunca mais vai voltar a acontecer pelo simples fato de que a ciência e , principalmente, os meios de registro de hoje em dia - câmeras, gravadores, etc. - não dão mais espaço para tais lendas. )

    Eu acredito que haja alguma força superior a nós, mesmo. Mas acredito também que, se existir tal força, nós (ainda) não temos meios de sequer percebê-la, o que dizer de compreendê-la. Por isso surgem milhares de versões (equivocadas óbviamente), que encontramos nas mitologias dos diferentes povos da Terra.

    Penso que, talvez daqui ha alguns milênios de evolução biológica-technológica-espiritual consigamos. Quem sabe?


    ps: tudo isso foi apenas minha opinião. Óbvio!
     
  14. Kurt

    Kurt El Doctor

    Eu sou espírita kardecista e RPGista :yep:
    Acredito que tudo é questão de interpretação :think:
    Não acredito que religião e rpg sejam paradoxais.
     
  15. *Myran*

    *Myran* ...illumë...

    Não gosto mto desse termo "religião", parece mto rótulo. Acho q tem a ver mesmo com sua vivência, sua fé e seus princípios. Dizer q "eu sou isso" "eu sou aquilo" é rotular algo que está sempre em constante mudança, o ser humano.
    Mas a base de tudo é ter respeito um pelo outro. Ninguém pode obrigar e nem condenar ninguém por acreditar em coisas diferentes. Que cada um faça o q achar melhor, mas sem passar dos limites.
     
  16. Arcavius

    Arcavius Ezio Auditore da Firenze

    Realmente, a maioria dos "crentes" não joga RPG, mais por ignorância mesmo... e eu sou uma excessão. Sou cristão praticante, batista e filho de pastor, e eu nunca achei qualquer um que possa me convencer que a minha religião é contra o RPG. Então, como estou dos dois lados, posso dizer que não é a religião que vai contra, e sim alguns homens incapazes que acham que podem reinterpretá-la. Provavelmente, nada que alguém diga vai me fazer mudar de religião, e parar d jogar RPG só por iniciativa própria...
     
  17. Erion Storm eyes

    Erion Storm eyes Usuário

    Acredito em uma força primordial a origem de tudo simplismente "O QUE É", que sempre existiu e sempre existira, e creio que não possamos compreende-lo, pois não conseguimos nos compreender como humanos, talvez em outras vidas ou formas. E essa crença vem me ajudando a viver intensamente cada dia, mas religião é um assunto muito pessoal para se discutir em um forum, tema complexo que pode até gerar brigas. Vamos com calma!
     
  18. Elminster

    Elminster Usuário

    Sou ateu, e devo dizer que parte dos meus momentos filosóficos-rpgísticos fizeram parte da minha escolha. Devo dizer com total certeza que bons jogadores de RPG aprenderam a olhar o mundo com outros olhos depois de muitos jogos :mrgreen:
     
  19. Kainof

    Kainof Sr. Raposo

    Eu sou agnóstico.

    Cara, confundir religião com as ficções religiosas do RPG é sinônimo de falta de espírito crítico e alienação. A separação entre o sagrado terreno e as mitologias rpgistas são obviamente diferentes, no máximo uma inspiração grosseira e adaptada ao jogo.

    Um amigo meu recentemente se tornou evangéligo neo-pentecostal, mas quando nos encontramos novamente rolou o bom e velho RPG das antigas. E ele jogou de clérigo!
     
  20. ShidoSan

    ShidoSan Traí o mov. vegetariano véio

    Sou ateu, cético, insípido e azedo, além de comunista :cool:
    Anyway, embora ache religião, especialmente as grandes monoteístas algo totalmente despropositado, não tenho nada contra seus praticantes, o problema é que os praticantes costumam ter algo contra quem é ateu/agnóstico, ou mesmo de religiões "alternativas" ("Lado-B"). Para se ter uma idéia, na 8ª série minha queriam linxar, chegando até mesmo a fazer a rodinha, um garoto, porque ele era ateu, e falou isso. Eu tive sorte, na época eu era um poser babaca, que adorava dizer que era satanista para passar de "mauzão", mas não conversava com ninguém desses :hihihi:
     

Compartilhar