1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Ronald Kyrmse fala de "As Aventuras de Tom Bombadil

Tópico em 'Comunicados, Tutoriais e Demais Valinorices' iniciado por Pandatur, 27 Set 2004.

  1. Pandatur

    Pandatur Usuário

    Como anunciado
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , Ronald Kyrmse foi convidado pela Martins Fontes para traduzir "The Adventures of Tom Bombadil".

    Antes de mais nada, vamos falar sobre o livro, para aqueles que não o conhecem:

    "Todos os que se encantaram com a beleza singela das canções e poemas em O Senhor dos Anéis têm outra oportunidade de apreciar a poesia de Tolkien em As Aventuras de Tom Bombadil. O livro é uma coletânea de 16 canções que fariam parte do Livro Vermelho, o relato da Guerra do Anel escrito por Bilbo e Frodo.

    Os poemas, pertencentes à tradição do Condado ou compostos por Bilbo, Frodo ou Sam, primam pelo bom humor e pela agilidade da rima. Algumas canções já conhecidas dos leitores graças a O Senhor dos Anéis reaparecem na coletânea, como a canção do Velho Troll (cantada por Sam), "A Vaca pulou pra Lua" (cantada por Frodo em Bri) e a canção do Olifante (também cantada por Sam).

    O poema-título do livro, As Aventuras de Tom Bombadil, é um divertido passeio pela Floresta Velha e seus inconfundíveis personagens: Bombadil, Fruta D'Ouro, o Velho Salgueiro e as Criaturas Tumulares. Em outras canções, como "Jornada" ou "O tesouro", as lendas dos Dias Antigos são retrabalhadas pelos hobbits, enquanto o décimo-sexto poema, "O último navio", trata da partida dos elfos da Terra-média. Uma pequena introdução explicando as influências e a temática dos poemas acompanha a coletânea."
    *

    Vale lembrar que o livro (publicado pela primeira vez em 1962) foi originalmente ilustrado por Pauline Baynes, e posteriormente por Roger Garland.

    Algumas edições estrangeiras de AdTB vêm acompanhadas de "Farmer Giles of Ham" ("Mestre de Gil de Ham", já lançado pela MF aqui no Brasil) e "Leaf by Niggle" (que também faz parte da coletânea "Tree and Leaf", que inclusive vem sendo traduzida pelo Reinaldo "Imrahil" Lopes em seu Mestrado).
    Perguntei então ao Kymrse se a edição brasileira de AdTB conteria algum conto desses, e eis a resposta:

    Provavelmente então, teremos um livro pequeno, custando cerca de R$25,00 a R$30,00 (como ocorreu com "Mestre Gil de Ham" e "Roverandom"), o que acaba saindo um tanto quanto caro...

    * Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. bombadil

    bombadil FATHERLESS

    Excelente!

    Apesar de já conhecer a versão de Portugal e Inglesa, uma versão da MF cai muito bem!

    Mas não seria melhor, antes da publicação, encomendarem à Valinor uma Força Tarefa de Revisão? :obiggraz: :grinlove:
     
  3. Smaug

    Smaug Cacho

    Ahn, AdTB é realmente pequeno, digo: é apenas as poesias dando em torno de quantas páginas, algo de 50 ?

    Poxa, de qualquer forma eu não vou deixar de comprar, apesar de que o livro poderia ser barato, mas não posso reclamar de barriga cheia ... :roll:
     
  4. Pandatur

    Pandatur Usuário

    Fazendo um adendo:

    Perguntei ao Kymrse se ele tinha noção da previsão de lançamento do livro, e sugeri que o mesmo fosse bilíngüe, com os poemas em inglês e português. Eis a resposta dele:

     
  5. Tilion

    Tilion Administrador

    Boa sugestão mesmo. Fica mais fácil para comparar as duas versões.

    Mas isso também dá uma justificativa para a MF lançar o AdTB sem qualquer outra história e, com isso, aumentar o preço do livro (que creio que já não seria muito baixo apenas com a versão em português).
     
  6. Pandatur

    Pandatur Usuário

    Mas acho que sendo ou não bilíngüe a diferença no preço não vai ser tão exorbitante, Tilion. Quantas páginas de poemas são? Devem ser poucas, mesmo se acrescentarmos prefácio, etc. Tudo bem, o livro vai particamente dobrar de tamanho, mas acho que mesmo assim continuará tendo poucas páginas, e, nesses casos, acho que o material da capa que encarece mais, não? Não sei, não etendo nada disso, mas acho que se a edição bilíngüe virar realidade, não deverá ultrapassar os R$30,00 reais, no máximo R$35,00. É caro, mas se fosse só em português não sairia por menos de R$25,00. Acho que esses R$10,00 a mais acabam compensando, não?
     
  7. Tilion

    Tilion Administrador

    Tu não conhece certas "manhas" editoriais. :)

    Se eles quiserem, triplicam o tamanho do livro... e isso sem ser bilíngüe! Vide Farmer Giles.
     
  8. WaneArwen

    WaneArwen Usuário

    Gostei da idéia do bilingue....
    Gostei do conteúdo dolivro, aliás, do resumo aqui explicitado....
     
  9. thunderbreaker

    thunderbreaker Usuário

    bilingue?????
    nao seria mais facil apenas traduzirem direito????
    sinceramente nao vejo pq pagar o dobro pelo livro em duas linguas
    ao todo serao umas 100 paginas + ingles = 200
    isso dae vai sair pelo - preco do o hobbit algo em torno d 50 reais
    eh muito caro por tao pouco
    sugiro q botem alguma outra obra junto ao livro duq uma versao em ingles
    realmente inutil levando em conta q temos o livro em ingles na net
     
  10. Pandatur

    Pandatur Usuário

    Pessoal, nunca se esqueçam que:
    Logo, baixar na internet livros que possuem direitos autorais é uma prática não aceita pela Valinor. Portanto, o usuário thunderbreaker recebeu um Cartão Amarelo.

    Este post tem então a intenção de alertar a todos, mais uma vez, que pirataria vai contra os princípios da Valinor. Lembrem-se disso para que evitemos futuros Cartões, ok? :wink:
     
  11. Metz

    Metz ...

    Agora que eu li essa descrição do livro fiquei bem mais interessado.

    Bom, o livro tem umas 160 páginas pelo que eu vi então com a versão bilingue ele ficaria com umas 320 pág, por esse numero de páginas eu acho que ele iria beirar os 40 paus, mas mesmo assim eu prefiro pagar mais nessa versão do o que numa simples, mas acho meio dificil o povo da MF aceitar.

    A versão daqui também virá ilustrada? Não vejo necessidade disso. :|
     
  12. Gostei! :D
    Parece um livro bem legal, talvez o único problema seja que, contendo só 16 poemas, vai ser meio pequeno, mesmo... E eu gostei da sugestão bilíngue... Sempre vale a pena pagar um pouco mais por uma obra, se ela for realmente boa. E, vindo de Tolkien, não há dúvida de que o livro deve ser bom. :mrgreen:
     
  13. Pandatur

    Pandatur Usuário

    Enviei mais um e-mail para o Ronald perguntando sobre o livro e:

    Esse "poderá até ser" me deu esperanças sim de uma edição bilíngüe do livro. :D
     
  14. Ancalenion

    Ancalenion Usuário

    Ia ser muito bom uma versão bilingue mesmo :mrgreen: .. mas espero que nao exagemrem no tamanho do livro com coisas que nao sao necessárias (Como no Mestre Gil de Ham..)
     
  15. Pandatur

    Pandatur Usuário

    E o que tinha no Mestre Gil que não era necessário? :eek:
    Tá sugerindo cortar partes como fizeram com SdA? :P
     
  16. Tilion

    Tilion Administrador

    Ele deve estar se referindo ao fato da MF ter colocado a versão mais antiga da história junto com a definitiva no mesmo livro apenas para encher lingüiça e cobrar mais caro o livro.
     
  17. Pandatur

    Pandatur Usuário

    Eu não considero isso como "encher lingüiça". Achei bem legal. Não incluir aqueles trechos deixariam o livro praticamente com o mesmo preço. Eles podiam sim era tê-lo publicado junto com ao menos mais uma obra, como "Smith of Wooton Major", mas isso daria menos lucro pra eles... :roll:
     
  18. Tilion

    Tilion Administrador

    Justamente. Por que tu acha que a MF não colocou o Smith junto com o Farmer Giles? Simplesmente para poder lançá-lo posteriormente em um livro à parte, com versões obsoletas da história para aumentar o número de páginas do livro e, conseqüentemente, o preço do mesmo.

    Ou seja, encher lingüiça.
     
  19. Pandatur

    Pandatur Usuário

    Eu sinceramente não considero as versões anteriores como "obsoletas". Se fosse assim poderíamos taxar boa parte dos HoME como obsoletos então, por tratarem das primeiras versões do Silma e SdA.

    EDIT: Dá parar de ficar mudando de nick, ô inhaca? :P Fui descobrir que era você quando por acaso bati os olhos no seu rank. :lol:
     
  20. Tilion

    Tilion Administrador

    Pois pode taxar, pois realmente são obsoletas, ué, principalmente as do SdA, pois Tolkien deu uma forma final ao livro: o que sobrou é material rejeitado, rascunhos, etc, que são obsoletos. :)

    O problema é a intenção com que tais materiais são apresentados. A intenção da HoMe é justamente ser uma compilação desse tipo de material, enquanto que a intenção da MF obviamente não foi a mesma, e sim apenas de "engordar" o Farmer Giles pra vendê-lo mais caro.
     

Compartilhar