1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Romanov,mistério esclarecido!

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Iago Morais, 5 Mai 2009.

  1. Iago Morais

    Iago Morais Usuário

    Bem,essa notícia tem pouco menos de um mês,mas como ando lendo muito sobre a família do czar Nicolau II,compartilho com vocês...

    "O último mistério da família real russa esfumou-se. Testes genéticos confirmaram que as ossadas identificadas em 2007 pertencem aos dois filhos que faltavam encontrar do último czar da Rússia, Nicolau II. A investigação foi feita por uma equipa de várias nacionalidades e o artigo foi hoje publicado no site online da revista científica Public Library of Science ONE.

    A família real Russa foi executada pelos bolcheviques depois da revolução de 1917, quando Nicolau II já tinha abdicado do trono. O czar, a mulher Alexandra, os cinco filhos: Maria, Tatiana, Anastasia, Olga e Alexei – o filho mais novo e herdeiro do trono – estavam nos montes Urais, em Iekaterinburg e foram executados a tiro a 17 de Julho de 1918, por um esquadrão na cave da casa de um comerciante.

    O destino dos corpos manteve-se desconhecido durante as décadas seguintes, o que perpetuou a história de que alguns dos filhos teriam conseguido fugir, permitindo que várias pessoas alegassem ser os descendentes da família. Em 1970 foram descobertas as ossadas da família, mas o achado permaneceu escondido até à queda da União Soviética.

    Só em 1991 é que as ossadas começaram a ser estudadas, mas os testes genéticos mostraram que os restos mortais só pertenciam ao casal e a três filhos, faltando encontrar Alexei e uma das quatro irmãs. Em 1998, os ossos foram enterrados na Catedral de S. Pedro e S. Paulo, em São Petersburgo, e a Igreja Ortodoxa Russa canonizou toda a família real, com o argumento de que tinham "passado grande sofrimento com abnegação, paciência e humildade".

    Durante quase dez anos manteve-se a dúvida sobre o que teria acontecido aos dois filhos do czar. Mas em 2007, a menos de 100 metros das primeiras ossadas, encontraram-se 44 ossos que seriam de dois indivíduos. As primeiras investigações revelaram que os ossos pertenciam a dois jovens, uma adolescente entre os 17 e os 19 anos e um rapaz entre os 12 e os 15 anos, o que correspondia a uma das irmãs (Anastasia ou Maria) e a Alexei. No entanto, desde 2007 que se esperava pelos testes genéticos para confirmar a verdadeira identidade.

    Os testes compararam o ADN das ossadas dos dois indivíduos com o do resto da família e ainda com o ADN do irmão de Nicolau II, que morreu de tuberculose quando era jovem. Por outro lado, através de pequenas amostras, foram capazes de comparar o material cromossómico de toda a família com o ADN do sangue de Nicolau II, que ficou conservado numa camisa que usou em 29 de Abril de 1891, quando foi atacado por um polícia japonês, na cidade de Otsu. A camisa ficou na Rússia até aos nossos dias.

    Os resultados foram perfeitos. “As provas genéticas são realmente arrebatadoras”, disse o norte-americano Michael Coble e primeiro autor do artigo, citado pelo jornal “Los Angeles Times”. A informação foi replicada independentemente noutros laboratórios e confirmou-se.

    Em Maio, os responsáveis pelo estudo vão apresentar as provas à igreja Russa Ortodoxa. Os Romanov não tinham sido enterrados como realeza, e espera-se que a investigação comprove que o destino da família real está, para sempre, esclarecido."
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Alisson P.

    Alisson P. Usuário

    O destino dos Romanov sempre despertou a imaginação e o interesse das pessoas. Aquele desenho animado sobre a Anastasia, embora muuuuito distorcido historicamente, é um bom exemplo disso.
    Legal saber que o mistério está se esclarecendo.
     
  3. Iago Morais

    Iago Morais Usuário

    É sim Alisson,foram muitos anos de pesquisa... li um artigo uma vez numa revista que se Alexei,filho caçula,foi atingido por algum tiro e tentou fugir,ele não estaria muito longe do lugar onde estariam os outros corpos,pois ele tinha uma doença grave chamada hemofilia,que impede a coagulação do sangue quando a pele ou um vaso é danificado...
     
  4. imported_Rafaela

    imported_Rafaela Usuário

    Ah... acabou o mistério! Gostava de ficar imaginando onde estava Anastacia. :lily:
     
  5. Devotchka

    Devotchka Usuário

    Eu acho a história dos Romanov bem interessante, por sinal. Já tinha ouvido falar nessa descoberta, no meu livro de biologia, mas não tinha tantos detalhes como aqui.

    Enfim, acho que o mistério esvaiu-se.
     
  6. kika_FIL

    kika_FIL Usuário

    Eu vi isso no History Channel... muito legal..
     
  7. imported_Rafaela

    imported_Rafaela Usuário

    Que coisa horrível, fazer isso com crianças (praticamente). Eles não tinham culpa por ter os pais que tinham. O ser humano quando quer pode ser muito cruel.
    Nem os franceses que tinham toda a razão de odiar seus monarcas foram tão cruéis com os filhos do rei Luis VXI e a rainha maria Antonieta! Uma das filhas deles foi libertada e ainda se casou com um conde!
     
  8. Chyz

    Chyz Usuário

    Eu também achei muito interessante!

    Nossa, Rafaela! Se formos pensar nas crueldades de que o homem é capaz...
     
  9. Kruppa

    Kruppa Usuário

    [size=medium]De fato, seguindo uma lógica apresentada por Maquiavel em O Príncipe, os comunistas não poderiam deixar nenhum membro da familia real vivo, pois em um momento de crise, o povo poderia clamar pela volta da monarquia, afinal, o povo insatisfeito, sempre que voltar a situação anterior.
    De fato, havia um senhora que mora em Mato Grosso, de origem russa que afirmava ser a Anastasia, de fato houve até pesquisas sobre ela, muita gente acreditava.[/size]
     

Compartilhar