1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Romances formados por contos

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por imported_chronno, 22 Dez 2011.

  1. imported_chronno

    imported_chronno Usuário

    Olá, tudo bem?

    Gostaria que o conhecimento de vocês me ajudasse um pouco.

    Procuro romances que sejam formados por contos. Isso mesmo, não romances tradicionais, mas aqueles que sejam formados por contos e, no conjunto, formem um romance. Há uma denominação específica pra esse "estilo" de livro que pode me ajudar a procurá-los na internet?

    Alguns exemplos, só pra facilitar, seriam: Vidas Secas (Graciliano Ramos), A Voz do Fogo (Alan Moore), Hearts in Atlantis (Stephen King...)
    Desde já, obrigado pela ajuda.
     
  2. raqtoledo

    raqtoledo Usuário

    Não sei se o último livro do SCHWARCZ caberia. É um livro de contos que, de alguma forma, se unem. Não sei se é bem isso... O livro chama Linguagem de Sinais.
     
  3. Izze.

    Izze. What? o.O

    Pensei justamente nesse livro hahahaha E lembrei também
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , que o "juíz" falou que um dos livros parece mais ser um livro de contos do que um romance mesmo
     
  4. Brontops

    Brontops Usuário

    Não sei se há um "nome" para este gênero de livro.
    Em geral, eles são comparados a obras como "As Mil e Uma Noites" e "Decamerão" de Bocaccio.

    Um que li e gostei bastante é "Se um Viajante numa noite de inverno", de Ítalo Calvino.

    Sei que há um livro de Chuck "Clube da Luta" Palahniuk com este tipo de estrutura. Não o li ainda... Se não me engano o nome é Assombro ou coisa assim.

    São os que me lembro de bate-e-pronto.
     
  5. Anica

    Anica Usuário

    há um termo que costumam aplicar tanto para as mil e uma noites quanto o decamerão, que é história de moldura. há uma história que "alinhava" as demais (no primeiro caso, sherazade contando as histórias todas as noites, por exemplo). os contos da cantuária (chaucer) seguem esse perfil, assim como noite na taverna do álvares de azevedo.
     
  6. Brontops

    Brontops Usuário

    Ainda em Ítalo Calvino, há "O Castelo dos Destinos Cruzados". Faz muito tempo que li e não gostei tanto quanto o outro, citado anteriormente. A ideia aqui foi inspirada pelo Decameron. Alguns personagens medievais encontram-se por acaso em um Castelo, mas todos são incapazes de falar. Então, eles descrevem suas histórias a partir de um arranjo fixo de cartas de tarô.

    Embora não sejam propriamente "contos", sugiro "Esta História", de outro italiano, Alessandro Baricco. É um livro curto, com uns poucos capítulos e cada um com uma linguagem bastante própria e diferente do outro. Não sei se daria para ler cada capítulo isoladamente, mas sem dúvida cada um deles é "completo". Recomendo. Bonito.
     
  7. Olha, um que eu gosto muito chama-se Vale do Rio Preto, escrito pelo Renato Amado. O Renato é um advogado-escritor-editor daqui do Rio que eu conheci das aventuras literárias da vida e foi quem lançou a Editora Torre e a Flaneur, mas o livro dele foi lançado antes disso tudo pela Multifoco. Tem o link pra comprar aqui
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    O livro é um conjunto de contos que lembram a realidade fantástica e que acontecem todos na cidade do Vale do Rio Preto. No começo parecem contos separados, mas aí vc vai vendo eles se interligando e criando uma história só da cidade. Eu gosto muito do livro =D
     
  8. Vinnie

    Vinnie Usuário

    Ernest Hemingway tem uma série de contos com um mesmo personagem: Nick Adams. As histórias mostram a trajetória de um garoto que quer ser escritor. Dá pra acertar a cronologia da história e arrumar um romance disso.

    Foi feito aqui:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  9. Izze.

    Izze. What? o.O

    Lembrei de mais um que pode se encaixar! Me roubaram uns dias contatos, do Rodrigo de Souza Leão, é na verdade um livro dividido em 4 partes, com os mesmos personagens, de certa forma, mas ainda assim diferentes. É, é um livro doido.
     
  10. G.

    G. Ai, que preguiça!

    Macunaíma poderia se encaixar aqui tbm, né? Cada capítulo é como um conto, com histórias singulares sobre o Macunaíma, e tudo junto é o romance...
     
  11. Ligéia

    Ligéia Odi et amo

    Satíricon, de Petrônio, também é um romance formado por contos, não? Embora alguns deles estejam perdidos...
     
  12. Spartaco

    Spartaco James West

    Talvez o livro As velhas de Adonias Filho também se encaixe nesse gênero.
     
  13. Zzeugma

    Zzeugma Usuário

    Não é bem isto Nêmesis.

    Satyricon é um romance "episódico", no qual várias aventuras, vários episódios, vão ocorrendo, vão se sucedendo com os personagens. Não sei se existia a ideia de conto em sua época, a de Roma Antiga.

    Em determinado momento, os "heróis" estão presos em um banquete com um "novo-rico", um sujeito ignorante que cresceu na vida, mas dado a esbanjar e a bancar o erudito. Nesta festa, vários convidados contam histórias extravagantes (há uma inclusive de lobisomem). Depois, eles embarcam em um navio e se metem em uma enrascada com um desafeto antigo (que teria aparecido em um trecho hoje perdido). Mais tarde há um naufrágio... etc etc. Os contos não se "fecham" e há referências a episódios passados. Parece não haver um "objetivo" na história que vai e vem conforme os "causos" vão ocorrendo com os personagens.

    Há livros "inspirados" em Satyricon. Um é de um brasileiro, "Enquanto Petrônio morria". Legal, mas menos divertido que o original, que por sua vez, é menos divertido que "Zazie no Metrô", que desenvolve-se em um cenário moderno.
     
  14. Ligéia

    Ligéia Odi et amo

  15. Vinnie

    Vinnie Usuário

    Fuxicando meu skoob, vi um chamado Dragons' return.... romance formado por diversos contos escritos por autores diferentes, que no final contam a história. É baseado no dungeons and dragons, o jogo, e até que é legalzin'.
     
  16. Zzeugma

    Zzeugma Usuário

    Entendi.
    Sei lá, eu acho bem discutível colocar Petrônio como "conto". Me parece uma atitude "anacrônica", quer dizer misturar conceitos de um tempo para outro, no qual não existia nada parecido... Ou será que existia? Não sei...

    Para o leitor, talvez não haja diferença. Petrônio realmente é bem moderno: debochado, irônico, leve, sem empolações...

    Esqueci de mencionar que "Zazie no metrô" é do francês Raymond Queneau.
     
  17. Luciano R. M.

    Luciano R. M. vira-latas

    Alguns dos livros do argentino Rodrigo Fresán são um meio termo entre romance e conto: Vidas de Santos, História Argentina, La velocidad de las cosas. Nenhum deles em português, no entanto. De certa forma o Metralhadora de argila e o A vida dos insetos, de Viktor Pelevin, também podem ser considerados assim. E não se pode esquecer o 'Ébano', do Kapucinski.
     
  18. A.c

    A.c Usuário

    Talvez não faça bem o gênero procurado por você, mas Sonhos de Robô de Isaac Asimov, é muito bom e tem essa estrutura de contos que se complementam.
    Recomendo.
     
  19. Izze.

    Izze. What? o.O

    Conversando com uma amiga no fim de semana ela me contou que A visita cruel do tempo, o Pulitzer do ano passado, é mais ou menos assim. É um romance, mas cada capítulo conta uma história diferente, com personagens diferentes, e parece mais que são contos. Lança aqui dia 19, aliás, quero ver qualé a do livro =P
     
  20. Lucas_Deschain

    Lucas_Deschain Biblionauta

    Curti o título, sai por qual editora?
     

Compartilhar