1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Rogue - O Assassino (Rogue, 2007)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Ecthelion, 24 Fev 2008.

  1. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Rogue - O Assassino
    Rogue Assassin
    EUA, 2007 - 103 min
    Ação

    Direção: Philip G. Atwell
    Roteiro:

    Lee Anthony Smith, Gregory J. Bradley, John Lone, Luis Guzmán, Ryo Ishibashi, Sung Kang, Mathew St. Patrick, Nadine Velazquez


    Elenco:

    Jet Li, Jason Stathan, Devon Aoki
    Jet Li e Jason Statham se enfrentam pela primeira vez nas telonas

    Para os fãs do cinema de ação, os nomes de Jason Statham (
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ) e Jet Li (
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ) no cartaz bastam para justificar o ingresso da sessão. Dois dos astros de artes marciais mais famosos da última década, ambos são sinônimos de boa pancadaria.
    Mas é justamente esse o problema de Rogue - O Assassino (Rogue). Inexplicavelmente, falta ação no filme! Ou pelo menos cenas mais criativas de lutas, perseguições, etc. Rogue se contenta com um arroz-com-feijão, que o diretor Philip G. Atwell, egresso dos videoclipes, DVDs e direção de segunda unidade, classifica como "realista". Dá pra entender que a intenção aqui não era fazer gente subir pelas paredes ou dar chutes impossíveis, mas o trabalho do famoso coreógrafo Coren Yuen (que trabalhou, entre dezenas de outros filmes, na trilogia Matrix) está apagado demais.
    Atwell parece genuinamente mais interessado na história do filme, o que não é demérito algum - pelo contrário. O problema é que ele não é nenhum Scorsese e tentar fazer algo na linha de
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    está muito além de suas capacidades. O que deveria ser uma história intrigante acaba mesmo sendo um falatório pouco interessante e arrastado. Bons personagens também são desperdiçados. A personagem da atriz Devon Aoki, por exemplo, a letal filha de um chefão do crime, não tem relevância à trama e fica só na promessa de um combate. Outro momento que decepciona é o embate entre Stathan e Li, aguardado pelos fãs desde O Confronto, de 2001. Quando finalmente eles se enfrentam, não saem as faíscas prometidas e é tudo muito rápido. Muito melhor é a luta de espadas entre o veterano Ryo Ishibashi e Li alguns minutos antes.
    Nem tudo está perdido, porém. Há uma boa reviravolta no final, que é difícil de ver chegando. Mesmo assim, ela deveria ter sido melhor trabalhada no início para ganhar mais força no último ato. De qualquer maneira, tira um pouco do gosto ruim até ali.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Sinopse: Na trama, um agente do FBI (Jason Statham) fica obcecado com um superassassino lendário (Jet Li) depois que seu parceiro é exterminado pelo criminoso. Sua chance de vingança surge quando o matador inicia uma guerra entre Chang (John Lone), o líder da máfia chinesa e Shiro (Ryo Ishibashi), chefe da Yakuza.




    Mais um filme que ainda não tinha tópico aqui.
    Filme mediano, com mais história do que o padrão pra filme de artes marciais.


    Nota: 5/10
     
  2. Cad

    Cad The punishment is loneliness.

    Eu achei o final bastante interessante, foi [57] pra mim.
     
  3. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Pq 57 e não 58? :dente:


    E eu fiquei MUITO em dúvida entre 5 e 6 na hora de dar a nota, mas pesou o fato de ter cochilado num determinado momento do filme.
     

Compartilhar