1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Rio Abaixo (John Hart)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Izze., 1 Nov 2010.

  1. Izze.

    Izze. What? o.O

    Livros que falam de injustiças e casos familiares delicados geralmente contêm uma carga forte de emoção para que o leitor se envolva o máximo possível com a história. Autores como R. J. Ellory (Uma Crença Silenciosa em Anjos) e DBC Pierre (Vernon God Little) fazem isso em seus romances: levam o leitor a questionar as personagens, se solidarizar com elas e sentir em si mesmo os problemas que enfrentam. Assim deveria ser com Rio Abaixo, de John Hart, mas o lançamento da editora Record peca na hora de simpatizar o leitor com seu protagonista.

    Adam Chase é um homem amargurado com sua família. Aos oito anos de idade presenciou uma cena que criança nenhuma deveria ver, o que lhe despertou uma raiva contra todos para suportar a dor. Envolvido em brigas de bar de sua cidade, Adam é acusado de homicídio ao completar 23 anos. É declarado inocente, porém expulso de casa pelo pai. Os cinco anos seguintes ele passa em Nova York, vivendo no anonimato e tentando superar as injustiças com as quais sofreu. Contudo, o desejo de voltar à cidade natal o faz rever essas histórias e o envolve em novos crimes que podem colocá-lo novamente em frente ao júri.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

Compartilhar