1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

RG Veda (idem, 1989)

Tópico em 'Anime & Mangá' iniciado por Ilmarinen, 26 Out 2012.

  1. Ilmarinen

    Ilmarinen Usuário

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .

    Primeiro trabalho profissional do futuro grupo superstar, a história junta mitologia védica-budista ( a mesma construção mitopóetica sincrética de Shurato, daí os mesmos nomes pros guardiões do Mundo Celestial) com uma profecia cheia de reviravoltas à la Macbeth, Hamlet e Édipo Rei como plot central, onde a marca registrada do grupo Clamp já aparecia:
    nada é o que aparenta ser ( esse que vos fala ficou 4 dias traumatizado ao ler o final no décimo e último volume da saga... )

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    A tradução brasileira preserva o lavor arcaico da linguagem empregada em japonês, tão rebuscada no original que não é qualquer um que dá conta de ler tudo o que elas colocam lá. A JBC também acrescentou algumas notas que rastreiam as referências míticas, ajudando o leitor a se situar na tessitura da coisa.

    Li o mangá há doze anos atrás, comprando o original em japonês em Sampa e lendo com scripts em inglês, tendo, na época, que "pular" os volumes 3 a 5, que só consegui ler 2 anos depois, quando scripts deles foram disponibilizados por muito pouco tempo na Internet.

    Embaixo na citação o grosso da resenha, com as jpgs facilmente visualizáveis sem poluir o visual da tela e sem o tagg de spoiler:

     

    Arquivos Anexados:

    Última edição: 18 Nov 2018 às 14:58
    • Ótimo Ótimo x 4
    • Gostei! Gostei! x 3
  2. Ilmarinen

    Ilmarinen Usuário

    Re: RG Veda, o mangá finalmente no Brasil!

    Picuinhas da edição nacional que só vi hoje à noite: o primeiro volume incluiu as páginas de seção cômica da Clamp divulgando seu jornalzinho fanzine, só incluídos nos tankohons japoneses mesmo, com as meninas desenhadas em SD, etc; o problema é que, por causa de um aparente errinho, a seção que deveria ter saído no volume quatro já saiu no volume um enquanto a original desse tankobon acabou omitida.

    Que mancadinha foi essa JBC? Vcs vão colocar no volume 4 o original do volume 1 e aludir à inversão pra corrigir as coisas?

    Outra coisinha: o texto acompanhando a picture das armas que vem em cada compilação foi omitido no primeiro volume, ficando a espada Shura sem o acompanhamento textual que, muitas vezes, antecipa/sugere o progresso do mangá. Detalhezinho ínfimo mas importante pra integridade prenunciativa da coisa.
     

    Arquivos Anexados:

    Última edição: 15 Fev 2014
  3. Bel

    Bel Moderador Usuário Premium

    Re: RG Veda, o mangá finalmente no Brasil!

    Ilmarinen, use a tag spoiler quando for postar muita imagem grande, ok? ^^
     
  4. Ilmarinen

    Ilmarinen Usuário

    Re: RG Veda, o mangá finalmente no Brasil!

    Melhorzim assim?
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  5. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Re: RG Veda, o mangá finalmente no Brasil!

    Sinto falta da fase do Clamp em que os desenhos eram luxuriantes e enchiam os olhos. Até a época do mangá de Sakura Card Captors dá para sentir ainda essa vibe detalhista e rica no traço que tem em X, MKR e outros e que ficou no passado se tornando hoje mais simples quando vemos a chegada de títulos como Chobits e Angelic Layer.

    Gostei da análise sobre destino e livre-arbítrio. A tirania de um único sistema lógico que segure com garras de ferro os fundamentos do mundo pode ser letal para o conceito de ser humano (que fora feito para se experimentar e atravessar testes em meio ao cosmo) e nesse ponto a humanidade ou falta dela é algo muito trabalhado em Tolkien e no Clamp. Tanto que fiz questão de comprar todos os volumes da coleção de Chobits para ler a visão que o Clamp tinha sobre o conflito Humanidade versus Falta de Humanidade. Pena que comparado a algo como Magic Knight Rayearth o mangá Chobits tem muito menos da combinação de rebuscamento entrelaçada a história que eu tanto apreciava nos títulos antigos.

    Talvez vocês se interessem pelo conceito de conexão japonês e do entrelaçamento que resulta disso sendo descrito num artigo que li sobre a comparação das tragédias de Fukushima e Minamata. Em Minamata a palavra que resumiu o evento foi um ideograma que significa algo como "dois navios andando lado a lado e unidos por cordas". Em Fukushima o ideograma que se criou para se associar ao evento significa "conexão".

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


     

    Arquivos Anexados:

    • 420.jpg
      420.jpg
      Tamanho do arquivo:
      45 KB
      Visualizações:
      7
    Última edição: 27 Out 2012
    • Gostei! Gostei! x 3
    • Ótimo Ótimo x 2
  6. Ilmarinen

    Ilmarinen Usuário

    Re: RG Veda, o mangá finalmente no Brasil!

    Neoghoster, andei dando umas zoiadas no mangá do Gate 7 e posso dizer uma coisa: ainda tem aquele excesso de close-ups de rostos, relativa ausência de cenários, figuras minúsculas no meio de backgrounds conturbados pirotécnicos que começou, verdade seja dita, no volume final do RG Veda, que, visivelmente, cai de nível em relação aos cinco anteriores onde, IMO, a arte da Clamp atingiu o seu pico de qualidade ( os volumes 5 ao 9 são de cair o queixo na suntuosidade e, coisa que ficou MUITO prejudicada depois, na fluência do storytelling; vc praticamente vê um animê em preto e branco e zipatone/screen tone com o design e enquadramento dos painéis de página da Clamp no RG Veda), mas, vale a pena enfatizar:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , o nível de detalhamento e efeitos de ziptone e retícula mais ornamentados e abundantes dos tempos do Card Captor. Ainda não é a época pré Card Captor mas evoca mais o estilo dos últimos volumes do X, de sorte que me parece que a Clamp resolveu tomar mais cuidado com a arte.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)




    E precisamos destacar: a Clamp pode ter diminuído a qualidade luxuriante da arte com aqueles símbolos abundantes de pétalas e penas cadentes, mecanismos de relógio, rodas do destino do RG Veda e X, mas, também, são, praticamente, os únicos mangakas que dão conta de manter um ritmo de produção constante sem os grandes hiatos que Takehiko Inoue (Vagabond) e Kentaro Miura (Berzerk) colocam nos seus mangás sem o uso de um estilo notadamente caricatural como o Eichiro Oda do One Piece, que, muitas vezes são auxiliados por meia a uma dúzia de assistentes diligentes enquanto a Clamp diz que poupa tempo dividindo o trabalho "só" entre as quatro . Lembrando que elas costumam, como sempre, manter a produção regular e não interrompida de MAIS de um mangá produzido simultaneamente.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    E isso, por si só, já é uma qualidade louvável no trabalho delas ( assim como acontecia com o John Byrne durante os oitenta e noventa), sobretudo se levamos em conta o nível médio do roteiro que é quase sempre MUITO BOM, bem refletido e construído em termos de subcriatividade ( às vezes bom DEMAIS nisso até ,em termos tolkienianos, já que dá azo às "vistas inatingíveis", "senso de profundidade" ( histórias de background não contadas) e obscuridades ocasionais, como vc viu ou verá no RG Veda)
     

    Arquivos Anexados:

    Última edição: 19 Jul 2013
    • Gostei! Gostei! x 1
  7. Aster

    Aster Usuário

    Re: RG Veda, o mangá finalmente no Brasil!

    Tinha lido em inglês e me surpreendi com essa edição brasileira, a qualidade da tradução e, principalmente, com as notas de rodapé (um monte delas!, colocando referências pra nomes em sânscrito e relacionando (esclarecendo) influências do budismo e do taoísmo em mitos japoneses. Só reclamo do borrão em quase uma página inteira, que pegou bem em cima de parte do texto, daí não consegui ler =(

    e, pra mim, o Kujaku (ainda mais depois desse primeiro post) tá quase tomando o lugar de favorito do Yasha :grinlove: (e ainda vou assistir Arion, de lambuja).
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
    • LOL LOL x 1
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  8. Ilmarinen

    Ilmarinen Usuário

    Re: RG Veda, o mangá finalmente no Brasil!

    Yasha Oh ainda é o Todo Poderoso Bicho de la Goiaba :P :). Mas não nego o amor por Kendapaquem, digo, Kendapa-Oh

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Como dizem: tudo que é bom, é imoral, engorda ou FAZ MAL, MUITO MAL!!
     

    Arquivos Anexados:

    Última edição: 26 Nov 2012
    • Gostei! Gostei! x 1
    • LOL LOL x 1
  9. Ilmarinen

    Ilmarinen Usuário

    Re: RG Veda, o mangá finalmente no Brasil!

    Mais influências

    Dessa vez o brasileiro tem a vantagem de poder conferir em português e dublado aqui mesmo se quiser e procurar nos lugares certos.

    RG Veda foi provavelmente influenciado por esse que foi um dos primeiros e melhores OVAs, baseado num romance de fantasia medieval japonesa,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    de Takeshi Narumi. Esse, inclusive, ( MILAGRE!!)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Com uma história cheia de twists, supresas, e dando um update na temática crossdressing/fantasia/Japão Feudal do Osamu Tezuka no Dororo com uma profecia com implicações inesperadas, o espírito do RG Veda já está todinho lá em termos de filosofia, "mensagem" e etc.

    A mitologia desse animê inclusive já continha o revisionismo fantástico histórico em cima da figura "draculesca" de Nobunaga Oda, que tb aparece no Kujaku-Spirit Warrior do início da década seguinte e que, parece, também será um personagem importante do background histórico de Gate 7.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Parece bastante óbvio para mim que o excelente character design do desenho, bem revolucionário pra época, a julgar pelo que bombava no período( comparar com o character design do primeiro OVA de Vampire Hunter D, Macross e outras coisas como o próprio manga do Peacock King) já prenunciava as tendências dos anos noventa com uma vantagem de quase meia década e foi sim um grande modelo pra Clamp.

    A personagem central, a ninja de clã massacrado Ayame, parece ter sido, explicitamente, homenageada no character design da Ashura adulta do RG Veda e no background, equipamento e roupagem "ninja" de outro membro remanescente de clã dizimado, a Sohma do RG Veda, que, como Ayame, era uma ninja com jeitão ligeiramente mannish ao passo que Ashura não tem sexo definido.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Visível a similaridade entre Ayame e Ashura não acham? O estilo predominante pra desenhar figuras femininas nos anos oitenta fazia delas figuras redodinhas e não as divas longilíneas que a Clamp gosta de fazer. A Ayame já fugia do estilo típico dos Eighties nessa de não ser "fofinha" e ,sim, "compridona".

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Agora olhem só como Ayame parece ter entrado no DNA da Ashura acima e tb no da Sohma aí embaixo: reparem nas luvas, nas tornozeleiras, saiote e ombreiras altamente evocativas da indumentária da ninja vingativa de Yotôden.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    E não dá pra negar que há uma pitadinha de Sakon no Yasha-Oh ainda que o template principal sempre tenha sido o Shiryu versão Shingu Araki.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Tem um amiguinho discípulo "robin" pro Sakon Batman no desenho que é praticamente IDÊNTICO a um garotinho do clã do Yasha no primeiro volume.

    A similaridade do character design e caracterização trope é tanta que parece tão homage quanto Shiryu/Yasha

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Separados na maternidade? Jinpei e o garoto do clã Yaksa do RG Veda?Ambos sofrem aleijões, um é cegado, o outro perde o braço, ficam "pra trás" e são mortos junto com um clã de "rebeldes"...

     

    Arquivos Anexados:

    Última edição: 26 Nov 2012
    • Gostei! Gostei! x 1
  10. Aster

    Aster Usuário

    Re: RG Veda, o mangá finalmente no Brasil!

    se tivesse um botão "triple lol" eu clicava :lol:
     
    • Gostei! Gostei! x 1
    • LOL LOL x 1
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  11. Ilmarinen

    Ilmarinen Usuário

    Re: RG Veda, o mangá finalmente no Brasil!

    Aí Ashura do Peacock King manda uma fireball destruidora num montão de mortos vivos...

    Esse é um filme chinês adaptando o mangá do Makoto Ogino

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Comparar com a Ashura do RG Veda tb dando um trato na oposição, à ferro e a fogo...

    A echarpe vermelha da Ashura live-action aí também é um adereço frequente da personagem da Clamp nos Artbooks que, claro, TINHA que ser uma morenaça pirocinética como sua contraparte semi-esquecida da obra do Ogino...

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

    Arquivos Anexados:

    Última edição: 17 Nov 2018 às 00:12
  12. Ilmarinen

    Ilmarinen Usuário

    Conversando no facebook sexta feita topei, graças a um amigo meu, com isso aí
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .

    Huuuummmm, muito possivelmente, mais uma fonte pra Clamp. O filme, que é de 2005 e que, por sua vez, provavelmente homenageia também a obra da Clamp além do original,é baseado numa peça do meio dos anos oitenta...

    Só a menção a "castelo Ashura" já entrega a coisa...

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Quanto ao resto nem dá pra falar nada sem spoilear praticamente tudo...

    Saiu aqui no Brasil como
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    A fonte pra
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    é, provavelmente, derivada de uma troca de gênero desse aspecto de Kali aí, a
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ( vide picture abaixo extraída
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , um dos aspectos mais benignos da "Negra" que teria sido transformada numa contraparte macho sincretizada com o marido/consorte Shiva, o destruidor ao se deslocar da India para o Japão.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Interessante então, a noção de que a peça e os mangás da Clamp e do Ogino, "meio que só que não" REVERTEM a troca de sexo da transição sincrética sofrida pelo mitologema, embutindo nessa inversão uma análise dos innuendos e contextos sociológicos que mudam o sentido atribuído ao mito ao longo do tempo.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Isso aí explica MUITA COISA, em todos os níveis, o mitológico, o conceitual e o artístico, tanto pros mangás comentados aqui, quanto pra peça e filmes citados.
     

    Arquivos Anexados:

    Última edição: 27 Nov 2012
    • Gostei! Gostei! x 2
  13. Aster

    Aster Usuário

    Ainda não li todos os textos linkados e nem vi o filme (Ashura - A Rainha dos Demônios), mas a sinopse me lembrou uma mistura de Claymore com Ga-Rei...
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  14. Ilmarinen

    Ilmarinen Usuário

    Tudo fervendo no mesmo cadinho/caldo de cultura...Ou, na definição neopentecostal, mesmo "inferno"...:P
     
    Última edição: 28 Nov 2012
    • LOL LOL x 1
  15. Ilmarinen

    Ilmarinen Usuário

    E falando em "inferno", vcs conhecem a expressão "quando o inferno gelar" em inglês né?

    Detalhe interessante aí: aí tá o portal pra Ashurajou , o castelo Ashura no RG Veda e AGORA SIM, dá pra gente saber o que é que está referido nele. O formato em volta do alto-relevo no chão é uma flor de lótus com uma orla de fogo e, é claro, a entidade representada, o arquetípico Ashura, está sentado em posição de lótus, esperando...

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Muito provavelmente conectada com as noções de personalidade dupla e mal selado implícitas na armadura de Gêmeos de Saint Seiya que presta homenagem a Kali e Ashura.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Olhem só o que é o lago Avanatapta.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Isso se correlaciona com a noção de que Ashurajou no mangá está mergulhado numa pocket dimension perpetuamente "imerso" em água. A Clamp é foda!! Esse é o tipo de reconstrução mítica de informação fragmentada que o Tolkien também fazia, "salvando a evidência", simbolicamente no mangá o Ashura é o Rei Ashura em Avanatapta e TAMBÉM o "Dragão" domado e transformado em Bodhisatva...

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Esse
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . A
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    A noção de Ashura/Asura como simbolizando o tempo e ligado a Kali dá entrelace com:


     

    Arquivos Anexados:

    Última edição: 29 Nov 2012
    • Gostei! Gostei! x 2

Compartilhar