1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Revolution

Tópico em 'TV' iniciado por Lana Lane, 17 Set 2012.

  1. Lana Lane

    Lana Lane Usuário

    Há espaço para mais uma nova série sobre um mundo pós-apocalíptico? O produtor J. J. Abrams (“Lost”, “Alias”, Fringe” e “Persons of interest”) acha que sim. Nesta Comic-Con foi lançada sua mais nova aposta televisiva, “Revolution”, seriado da NBC criado por Eric Kripke (“Supernatural”) e cujo episódio piloto tem a direção de Jon Fraveau (“Homem de ferro”).

    “Revolution” não tem os zumbis de “The walking dead” nem os alienígenas de “Falling skies”. Seu apocalipse é bem mais simples: a história se passa em um mundo que há 15 anos não tem energia elétrica. Só quem se mudou para o campo sobreviveu, e não há mais bens de consumo e gadgets. Também não existe mais governo, mas milícias que buscam controlar a ordem pública para formar (à força, se preciso) um novo modelo de república e sociedade.

    “Esse tipo de programa atrai muito as pessoas graças a uma única fascinação: o que você faria em uma situação dessas?”, pergunta Billy Burcke (o pai de Bella na saga “Crepúsculo”), em entrevista ao G1. “E o que diferencia nossa série das outras similares é que apenas a nossa tem uma sociedade”, continua.
    O show é centralizado na história da família Matheson, dos irmãos Ben e Miles (Burcke). Os dois se separam após o apagão e Miles passa a ser procurado pela milícia por ter uma possível relação com o incidente. Charlie (Tracy Spiridakos) e Danny (Graham Rogers), filhos de Ben, procuram-no após um ataque. A partir daí começa o mistério em torno da trama, pois aparentemente existe um grupo secreto que sabe como gerar eletricidade, ou seja, ter o real poder em mundo às escuras.

    Para quem gosta de cenas de luta, o primeiro episódio é um prato cheio. O coreográfo das cenas de ação é o mesmo da franquia “Piratas do caribe”, então estão garantidos muitos momentos de brigas e disputas com facas, espadas, baionetas e outros tipos de arma.

    Já para quem é fã de algo um pouco mais denso, flashbacks servem para apresentar melhor cada personagem. O recurso, uma marca de Abrams em “Lost”, será bastante utilizado ao longo da 1ª temporada.

    "Resumindo, não confiem em ninguém”, ri Giancarlo Esposito, que após o vilão Gus Fring de “Breakind bad” dá vida ao Capitão Tom Neville, um capataz frio e calculista do líder da milícia, General Monroe (David Lyons).

    “Matar não vira o seu estômago, ele gosta. Ele é responsável por evitar a anarquia, cobrar taxas e faz o trabalho sujo para a criação de uma nova república”, define. “Mas ele é um vilão ou apenas um cara que precisa fazer aquilo que deve ser feito?”, sugere.

    Fonte G1 -
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Eu vi o piloto e achei bem legal! Billy pai da bella Burcke é tudo de bom! Mais uma para acompanhar. :sim:
     
  2. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    eu vi o piloto e desisti do resto.
     
  3. Calib

    Calib Visitante

    Tinham que fazer uma série de Fallout.
    Um cenário bem melhor do que qualquer um desses aí. :sim:
     
  4. Lynoka

    Lynoka Like a lady, ya!

    Eu gosto tbm do Burcke! ele tem uma cara de perdido no mundo impagável...:)
     
  5. Lana Lane

    Lana Lane Usuário

    Também acho. XD
    Achei ele ótimo nesse primeiro epi.
    E a parte em que ele luta com os carinhas da milícia ficou batuta. :)
    só não gostei foi da guria, a sobrinha dele na série. mala sem alça.
    Achei legal também o cenário das cidades destruídas, cheias de plantas por tudo.
     
  6. Lynoka

    Lynoka Like a lady, ya!

    C sabe que eu não curto mto fim do mundo e afins, mas vou dar uma olhadinha só por causa dele...kkkk
     

Compartilhar