1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Retrato Desnatural

Tópico em 'Literatura Brasileira' iniciado por Zuleica, 6 Set 2008.

  1. Zuleica

    Zuleica Usuário

    [...] A poesia, retomada como discurso aforismático da intimidade, constitui a primeira seção do livro, intitulada "Escrevendo no escuro". Ainda impactado pelo ato ousado e quase impudico de Evando Nascimento (poetar não é para qualquer um – ou é?), passo para a segunda seção e novamente me deparo com alta poesia contemporânea. Com a diferença de que neste segundo bloco de textos, são poemas em prosa.

    Apresentando uma identidade de poeta quando a promessa era a prosa, Evando Nascimento logra desviar o leitor do caminho da indagação biográfica. Somos levados inexoravelmente ao texto. É o texto que interessa, não os acontecimentos difíceis que o autor teve que enfrentar nos últimos anos, em sua vida pessoal. Esperávamos o brado último e máximo, nos defrontamos com duas séries de poemas brandos. Nada de bang, sempre só whimper, para citar a fórmula do poeta T. S. Eliot. [...]
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    RETRATO DESNATURAL
    Autor: NASCIMENTO, EVANDO
    Editora: RECORD
    Assunto: LITERATURA BRASILEIRA

    SINOPSE:
    O livro aborda a questão - 'Para que escrever livros numa época de cultura digital?' Jogando com diversos gêneros, a história começa sob aparência de poema, no ano de 2004. Seguem-se relatos, registros de conversas, anotações, crônicas, e-mails e curtos ensaios, que mostram a perplexidade deste cenário globalizado.
    Fonte: Livraria Cultura
     
  2. Fernando Giacon

    Fernando Giacon [[[ ÚLTIMO CAPÍTULO ]]]

    Se a intenção desse livro era chamar pela Sipnose, ele conseguiu! E se a intenção dele era chamar por apenas algumas palavras, também conseguiu! Com razão deve ser um livro repleto de boas indagações...adoro isso, principalmente quando o autor mistura o pessoal no meio...
     

Compartilhar