1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Releitura Canção do Exílio

Tópico em 'Literatura Brasileira' iniciado por Felipe Bilard, 9 Ago 2011.

?

Bom ou Ruim?

Enquete fechada 29 Ago 2011.
  1. Bom

    0 voto(s)
    0,0%
  2. Ruim

    0 voto(s)
    0,0%
São permitidos múltiplos votos.
  1. Felipe Bilard

    Felipe Bilard Usuário

    Bom, preciso entregar pro trabalho da escola uma releitura da canção do exílio mais vista pro agora, gostaria que avaliacem! ;D

    Grato

    Onde estão as palmeiras
    onde cantava o sabiá?
    E o verde de suas folhas
    onde será que foi parar?

    Agora com a Copa do mundo
    que sairá do nosso imposto
    Mas contrastando com o nosso país
    certamente de dez, sete vão pro bolso

    A cada dia um novo roubo
    uma nova forma de roubar
    Já entende amigo agora
    onde as verdinhas foram parar?

    Pedem confiança no governo
    que o país irá mudar
    Mas se no transporte ta esse caos (Crise do ministério do transporte)
    Imagine a saúde como deve estar?
    Nessa terra de sofredores
    Onde a impunidade vem se a destacar.

    Mas na terra de índio guerreiro
    que com fé pódem enchergar
    no rosto do trabalhador honesto
    um fio de esperança no olhar
    que um dia ainda almeja ouvir
    O velho canto do sabiá.
     
  2. Umav Ozatroz

    Umav Ozatroz Usuário

    Sabiá é espécie em extinção.

    Arapongas, araras, papagaios, corvos, abutres e urubus estão melhor adaptados aos tempos atuais, bisbilhotando assuntos alheios, repetindo discursos vazios em grande algazarra e oportunamente sabendo se alimentar de migalhas do cadáver da nação.

    Não há poesia que faça jus, prosa bárbara aos berros é tudo o que resta. só esqueci do CAPS LOCK.
     
  3. alefemartins

    alefemartins Usuário

    Haha, cliquei sem querer em Não curtiu. Ficou bem criativo :)
     

Compartilhar