1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Rei louco

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por korvvo, 19 Jan 2013.

  1. korvvo

    korvvo corvo

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    6749 a.C.
    O rei louco
    "Então o rei louco salta de seu trono, e logo começa a fazer malabarismo.
    Seu trono de raio, rodeado em chamas azuis, roxas, amarelas, e quaisquer outras cor que você possa imaginar.
    Então o rei louco se depara, com sentimentos transcendentes, com sentimentos... alucinantes.
    Sua mente vazia de hipocrisia, e cheia de alegria, volta à alma, e a alma, volta à mente, vazia de hipocrisia, e cheia de alegria.

    Então o rei louco, em um grande suspiro, fala suas palavras finais.
    ​Morte, ó Morte, saúdo à ti como minha guardiã, pois em toda minha vida, coube a mim ser um feliz rei, e assim fui.
    Morte, ó Morte, convoco à ti ao meu deleito de morte, pois quero ver-te passar diante de mim.
    Então, o rei louco, fechou seus olhos, e dormiu eternamente, até a época as quais os dragões voltariam.

    Então... o rei louco.
    Então... o rei louco.
    Rei da própria vida, da própria mente.
    Louco, porque era feliz, ingênuo e astuto, apenas feliz é, quem louco será.
    Mas... um ser único... um ser louco... um ser rei... um ser rei louco."
     

Compartilhar