1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Regulamento do gol qualificado (ou gol fora-de-casa).

Tópico em 'Esportes' iniciado por Fúria da cidade, 12 Jun 2011.

?

O que você acha do regulamento do gol qualificado (ou gol fora-de-casa) ?

  1. A favor

    41,7%
  2. contra

    50,0%
  3. indiferente

    8,3%
  1. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Eu confesso que eu estava esperando acontecer essa final da Copa do Brasil pra abrir esse tópico, cujo assunto talvez nunca foi discutido com profundidade aqui

    O que você acha do regulamento do gol qualificado (ou gol fora-de-casa) ?

    Ano passado o Inter só chegou a final da Liberta graças a ele. Não estou aqui desmerecendo o título, mas em 180min passou apenas empatando na soma dos dois jogos, não sendo superior ao seu adversário. Ganhou apenas pelo regulamento.

    Eu sou da opinião que esse tipo de regulamento diminui consideravelmente a vantagem de se decidir o segundo jogo de um mata-mata em casa. Se o seu time perde por apenas 1x0 na ida e não faz pelo menos um gol fora, depois fica mais complicado tendo que se desdobrar mais pra compensar a desvantagem. A final Vasco x Coritiba é um exemplo perfeito. O Coxa se matou em campo e não levou.

    Eu ainda prefiro que se um jogo termina empatado em 180 min. poder decidir nos penaltis. Por mais cruel que possa parecer é mais emocionante.
     
  2. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Sou totalmente contra. Isso tinha que acabar. O Coritiba jogou muito mais que o Vasco, ganhou bonito mas não levou. Não que o Vasco não merecesse, mas nem sempre o que joga mais bola no momento leva.

    Aquele jogo da Quarta feira entre Coxa e Vasco deveria ir para os penaltis direto.
     
  3. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Prefiro gol qualificado à penaltis. Embora o mais justo é, em caso de empate, um novo jogo em campo neutro.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Se não fosse por problema de data no calendário, o mata-mata ideal pra mim é a melhor de 3 jogos. Dificilmente nesse sistema dá 3 empates seguidos e já tivemos grandes finais da Libertadores, Brasileiro, Mundial e de Mercosul decididas assim.

    Pelo menos as finais poderiam ser assim.
     
  5. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Eu tb não gosto de gol qualificado e tb não gosto de ir direto pros penaltys. Adoro prorrogação, mas o problema é q ela fode a programação da TV. O problema da prorrogação em jogos como esses é q o time q decide o 2o jogo em casa leva vantagem.

    Por isso minha sugestão do mando de campo ser de decisão do time com melhor campanha e não por sorteio. Assim é justo que tenhamos prorrogação e penalties na casa de quem fez o melhor até agora.
     
  6. Gosto da idéia de 3 jogos. Mas, na impossibilidade dela, prefiro pênaltis sempre, odeio essa regra do gol fora.

    Pior ainda é na Europa, onde tem também prorrogação contando gol fora! Pô, isso é vantagem para o adversário, não tem cabimento.
     
  7. pelego

    pelego Usuário

    Eu sou indiferente. Acho que os times tem que se adaptar a regra. Voltando a semi final da libertadores do ano passado, que foi bem distorcida pelo Furia..

    No primeiro jogo, quando o SPFC disputou no beira rio e perdeu de 1 a 0, sabendo do gol qualificado, não deu um chute a gol no Renan (e olha que para fazer gol no renan nao é preciso muita coisa). Era para ter tomado no mínimo 2 gols.
    Na segunda partida, o Inter sabendo do gol qualificado, foi lá e atacou o SPFC, fez o gol e depois teve o idiota/velho/aposentado do Tinga expulso de novo, com o Renan falhando como de costume, ai se retrancou e quase ficou fora da final. Mas enquanto estava 11 contra 11, o jogo era igual, ambos tentando fazer o gol. Ou seja, passou aquele que nos 180 min tentou marcar mais gols na média em ambos os jogos, não o que só se retrancou para perder de pouco na primeira partida jogando como time pequeno, nesse caso foi justissima a classificação.

    E eu gosto é da emoção que esse gol produz.
    Veja, digamos que no primeiro jogo o time da casa vence por 1 a 0.
    Ai no jogo da volta o atual time da casa pode estar ganhando por 2 a 0 que mesmo assim não está tranquilo, já que 1 gol o elimina. É emoção até o fim.
     
  8. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Se eu fosse analisar por chances criadas na soma dos 180min o Inter mereceu sim, mas também teve fases que foi o inverso. Contra o Banfield na Argentina, o Inter teve uma atuação muito fraca e foi aquele golzinho solitário que o salvou, pois o placar na ida foi 3x1 pro Banfield.

    Na análise fria é foda um time que procurou atacar mais em casa e fez 3 gols, ou seja foi bem ofensivo é eliminado por outro que na sua casa fez 2. A famosa frase que decidir em casa é uma grande vantagem cai por terra.

    Pra mim foi uma forma que viram pra dificultar ao máximo acontecer a decisão de penaltis já que com essa regra os penaltis só acontecem quando os placares dos dois jogos são rigorosamente iguais (empate ou vitória alternadas). Não a toa que até hoje em mais de 20 anos de Copa do Brasil, ainda não aconteceu nenhuma final decidida nos penaltis coisa que é bem mais comum na Libertadores por que na final a regra não é usada.
     
    Última edição: 13 Jun 2011
  9. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Eu me acostumei com essa regra. No começo achei péssima, mas com o passar do tempo começei a aceitar.

    É como o Pelego disse, esse sistema da emoção até o final, caso os dois times estejam próximos no placar.

    E para jogos de times do mesmo estado, Palmeiras vs São Paulo, por exemplo, acaba não valendo a regra.
     
  10. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Eu odeio o Gremio até hoje por 97.


    Mas sou indiferente a regra. Acho gol fora e penaltis meio que similares.
    E mata-mata não tem que ser muito justo mesmo, tem que ser emocionante pra te matar do coração.
    A regra do gol fora proporciona na esmagadora maioria das vezes que sempre haverá um time buscando fazer gol. Dificilmente cai naqueles casos em que nos ultimos 10 ou 5 minutos os 2 times meio que baixam o ritmo e ficam esperando pelos penaltis, como acontece em muitos casos.

    Particularmente pro Flamengo os penaltis seria melhores, já que temos tido um aproveitamento muito bom.
     
  11. Deriel

    Deriel Administrador

    Eu acho muito interessante a regra porque força o time visitante a sair pra jogar, ao invés de ficar na retranca pra resolver em casa. Nesse aspecto é muito mais interessante do que os penaltis.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  12. Jeff Donizetti

    Jeff Donizetti Quid est veritas?

    Sou contra. Gol é gol em qualquer campo, deveria valer o mesmo. E no caso da Libertadores, o que essa Sulamericana faz (sempre) é palhaçada. Por que o gol qualificado vale em todos os mata-mata menos na final? Tem lógica isso?! Mas também, esperar o que de uma federação que converte cartão amarelo em dinheiro (pra fizer o mínimo), né?
     
  13. BeorZenni

    BeorZenni Usuário

    tambem sou contra, e sou contra os penaltis tbm, acho uma forma injusta de decidir
    acho que deveria ser decidido na prorrogação 15min + 15min
    caso não tenha gol, deveria ter um terceiro jogo pra decidir
     
  14. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Cara, esqueci desse detalhe!

    Um terceiro jogo seria interessante mesmo.
     
  15. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Terceiros jogos são ideais. Mas são inviáveis.
    Até se o calendário não fosse apertado, criaria uma lacuna de 1 semana que todos os demais times ficariam parados esperando a resolução de uma vaga num terceiro jogo.

    E se ficar empatado de novo? Vai prum quarto jogo? Quinto? Sexto?
    Porque o penalti seria justo no terceiro mas não no segundo? Ou no quinto?
     
  16. Deriel

    Deriel Administrador

    além de que o terceiro jogo teria que ser campo neutro. Isso implica em distância de ambas as torcidas.
     
  17. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Mas se fizer isso só na FINAL como era antigamente nas 3 primeiras décadas da Libertadores aí não tem problema. Uma data a mais não mata ninguém.

    Geralmente é bem mais dificil ficar tudo rigorosamente empatado depois de 3 jogos, mas se mesmo assim continuar aí podia usar a melhor campanha como diferencial, assim ninguém fica segurando pra arriscar tudo nos penaltis.

    Aí depois fica a discussão onde é melhor decididir o 3° jogo: campo neutro ou como na NBA onde quem tem a melhor campanha joga mais uma vez em casa?

    Nem sempre fazer 2 jogos em casa é garantia de título vide o fiasco do Palmeiras perdendo duas finais de Mercosul pra Flamengo e Vasco tendo a vantagem de jogar 2 em casa.
     
  18. Deriel

    Deriel Administrador

    Povo adora complicar o que pode ser simples. Já temos um calendário hiper-apertado com estaduais, Copa do Brasil, brasileirão, libertadores, sulamericana e uns amistosos pra enchero bolso e ainda querem me colocar um terceiro jogo!

    E decidir pela campanha? Decidir por pontos corridos um campeonanto mata-mata? Vamos falar de consistência :P Ou é gol fora de casa ou penaltis, não tem nenhuma outra regra que não seja só masturbação de mesa de boteco =] De novo eu inisto que gols fora de casa dão um tchans ao forçar o time visitante a ir pra cima, coisa que dá muita emoção ao jogo (vide Coxa x Vasco).
     
  19. Ramalokion

    Ramalokion Mecha-de-Folha

    Estou com o Deriel nessa: time visitante não tem apetite pra fazer gols! O gol fora (qualificado) desperta algum interesse... Claro que nos casos de times fracos de ambos os lados, ou do dono da casa jogar 1º em casa e ser fraco, fica a coisa do "não vamos atacar pra não levar gol"... mas até aí o visitante sabe que se faz um fora deixa o outro desesperado!
     
  20. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Eu acho válido justamente por isso.
    É uma fórmula que na maioria das vezes tem um dos lados desesperado pra fazer 1 gol no jogo decisivo.
    O primeiro jogo pode até ser um pouco mais truncado pelo time da casa ficar temeroso de tomar o gol. E por isso que talvez seja vantagem jogar primeiro em casa e depois fora.
    Mas o jogo decisivo de fato, o ultimo jogo, é normalmente só emoção. Com a bola rolando. Não emoção de penaltis.
     

Compartilhar