1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Reforma Tributária

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Deriel, 30 Abr 2003.

  1. Deriel

    Deriel Administrador

    Segue gráfico contendo resumo da proposta de reforma tributária a ser enviada hoje ao congresso nacional (publicada pelo Estadão)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    É interessante o negócio do ICMS ser dividido...

    Como ele era todo cobrado no Estado de origem do produto, isso acarreta a guerra fiscal entre os Estados... dividindo ele entre o Estado Consumidor, talvez não tenha o impacto esperado se a proposta fosse cobrar apenas nesse último. Já foi provado que guerra fiscal é péssimo pra economia e consequentemente pro país...
     
  3. Sméagol

    Sméagol Usuário

    É, muito interessante dividir o ICMS e acabar com a Guerra Fiscal, apesar de algumas regiãos, como aqui no CO, serem bastante prejudicadas num primeiro momento. Mas isso realmente é necessário...
     
  4. Pearl

    Pearl Usuário

    Será que a CPMF vai mudar de nome? Eu não sou totalmente contra esse imposto, mas ainda acho que 0,08% alto. :roll:

    Estranho que eles mudem a confins, se não que engano esse é o imposto que mais arrecada no Brasil.

    Ahhh... ainda duvido que eles vão mudar a arrecadação. :obiggraz:
     
  5. Ivan

    Ivan Vai passar do joelho

    Tisf, não entendi como o icms repartido pode acabar com a guerra fiscal. Pelo o que eu entendi o imposto é cobrado no estado de origem e a receita é repartida com o estado de destino, mas isso não estimularia ainda mais a guerra? Os estados poderiam dar mais incentivos fiscais comprometendo menos sua receita? Não entendi :o?: . E a reforma vai conseguir fazer a mágica de desonerar a produção sem diminuir a receita da União, nem a dos estados?
     
  6. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Ah sim, agora ele será repartido...


    O que ocorria é que o Estado de origem do produto é que ficava com tudo... por isso os Estados brigavam pra atrair as indústrias, o que resulta na guerra fiscal.

    E dizem que SP perderia se o imposto fosse todo cobrado no Estado Cosnumidor, mas não sei não, porque a medida que ele é o maior produtor, ele também é o maior consumidor, então teria que ver essa proporção...
     
  7. Eönwë

    Eönwë Usuário

    A reforma tributária foi aprovada em primeiro turno pela Câmara dos Deputados na última madrugada.
     
  8. Omykron

    Omykron far above

    só uma pergunta
    qual vai ser o efeito pratico, da reforma, para os preços finais ao consumidor?
    vaum reduzir ou vai continuar a mesma lenga lenga?
     
  9. PreSuNtO

    PreSuNtO Usuário

    Parece (não tenho certeza) que produtos e alimentos mais básicos e essenciais serão isentos de impostos.
    Isso seria mto bom, pois grande parte do preço do arroz, feijão, batata etc, é imposto.

    Eu gostei tb de acabarem com os incentivos fiscais. Eu li uma reportagem na veja que mostra como a zona franca de Manuas não é tão essencial assim, com um imenso déficit.
     
  10. Excluído052

    Excluído052 Excluído a pedido

    Nossa! Não vou fingir que entendo disso, mas pelo que vcs falaram e meu pouco conhecimento pode ser que a reforma realmente dê uma aliviada!

    Se diminuir os impostos sobre os produtos já vai estar de ótimo tamanho!
     
  11. Heruost

    Heruost Banned

    Só uma coisa.. Vc inverteu.... O ICMs era cobrado no destino, não na fonte.. Por isso que a Rosinha (:puke:) governadora do rio, advogava a mudança porque Rio é o maior produtor de Petroleo do país e não ficava com o imposto deste....
     
  12. Ivan

    Ivan Vai passar do joelho

    O que, diga-se de passagem é a única coisa decente que ela faz...
     

Compartilhar