1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Reflexões acerca de “O Senhor dos Anéis”

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Anica, 4 Out 2008.

  1. Anica

    Anica Usuário

    [align=justify]Estava eu hoje, imerso em várias das minhas divagações e elucubrações artístico-filosóficas, que me acometem diariamente, quando comecei a sair de um universo para me adentrar em outro: o universo de J. R. R. Tolkien, uma viagem pelas alegorias e cogitações propostas pela obra O Senhor dos Anéis – lembrando que assisti aos filmes, porém não li a trilogia literária. Resolvi postá-las para não perdê-las em qualquer região inóspita do meu cérebro e, claro, para iniciar um possível e acalorado debate.[/align]

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. Nú

    Usuário

    eu tb não li só assisti aos filmes, tenho um pouco de medo de ler alguma obra que já tenha assistido, foi assim com Harry Potter, mas li os últimos livros e não me arrependi.
     
  3. Para quem não leu O Senhor dos Anéis, eu recomendo cuidado ao falar, para diferenciar bastaaaaante seus comentários com muuuuuita consciência de que são baseadas em um filme, e que o filme é uma (dentre muitas) possível(is) interpretação(ões) da obra, que abrange muito mais não apenas literária, mas também lingüística, filológica, histórica & "histórica" (com e sem aspas (...)) mentes do que o filme, que é um tanto limitado.

    Para não falar que o filme não passa o "optimistmo-católico" pessimista que permeia toda a obra. O que constitui um assunto interessante, pra todos os que não estão exauridos dele ...

    É bom tomar cuidado para falar, mas apenas este cuidado: "eu estou falando do filme, e tenho consciência de que o filme é uma primeira interpretação mais industrial do costructo proposto pela obra, porque me disseram isso (...)".

    É bom tomar esse cuidado porque tem muito "especialista" em Tolkien, por aí. Eu sou um deles. (Entre aspas, mas sou.)

    & Vale a pena ler? ...

    Olha ... Se vc quer ler Tolkien, comece pelo O Hobbit. É simples e gostoso de ler, porque é pra criança, mas complexo o suficiente pra entreter até adulto. (Tem até um ar de irmãos Grimm!) Os outros não são coisa de criança não, e podem até ser gostosos também (apesar de não terem ares de irmãos Grimm), mas, bom ... Aí vai entrar o gôsto ou não-gòsta, e variar pra cada um, penso eu.

    [size=x-small]Se ler o O Hobbit e gostar, recomendo começar o O Senhor dos Anéis. Depois outros, caso alguém queira ficar fanzouco/fanático (...).[/size]

    & Uma última recomendação: [size=x-small]LER A VERSÃO PORTUGUESA[/size], pela EuropAmérica, se conseguir o feito de encontrar. Ou ler em inglês. As traduções brasileiras são todas elas muito ruins. (Haverá quem discorda -- esta é a [size=x-small]MINHA[/size] opinião :uhum: [size=x-small](Opinião de ferreiro, ou palavra de ferreiro!)[/size])


    ferreiro
    :cthulhu:
     

Compartilhar