1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Referências "Tolkienísticas" em As Crônicas de Gelo e Fogo

Tópico em 'Influências, Seguidores e Recomendações' iniciado por GrapeMidnight, 3 Abr 2013.

  1. GrapeMidnight

    GrapeMidnight Usuário

    Não sei se vocês amigos já colocaram em discussão o quanto temos de referências às obras do Tolkien nos livros de George R. R. Martin.. Principalmente em relação à nomes de personagens...
    Quando eu digo que Drogo (do Khal Drogo) é o nome do pai do Frodo ninguém sequer sabe do que eu estou falando :(
    Fora que Tyrion (Lannister) nos leva à pensar na bela Tirion, a cidade em Valinor no alto do monte Túna...
    Digam aí quais referências vocês notaram nos livros da série...
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Ótimo tópico. Uma relação que já falamos em outro tópico é entre
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . No mesmo tópico do link citado, eu comentei sobre a homenagem linguística que Martin prestou a Tolkien quando criou a expressão Valar Morghulis (já que as duas palavras pertencem ao universo de Tolkien). Certamente tem muitas outras referências e eu tenho certeza que o Ilmarinen daqui a pouco passa aqui para descreve-las (com imagens, é claro). :mrgreen:
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. GrapeMidnight

    GrapeMidnight Usuário

    Com certeza, Valar Morghulis é uma ótima referência, mas eu demorei um pouco pra notar, pra dizer a verdade o nome do Tyrion foi o que me chamou atenção primeiro... Gosto muito de ficar procurando esses "easter eggs" nos meus livros. :joy:
     
  4. Ilmarinen

    Ilmarinen Usuário

    Dessa vez não tema por isso, Grimnir. :grin:

    Sugiro só que olhem o fórum em inglês de ASOIAF que deve ter TUDINHO prontinho lá, com quotes do próprio. Aliás a Wiki já tem coisa boa linkada pras influências...
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  5. GrapeMidnight

    GrapeMidnight Usuário

    Obrigada pela dica, Ilmarinen! Vou pesquisar com certeza.
     
  6. Mohanah

    Mohanah Usuário

    Vejo muito mais referências à Duna do que à Tolkien.
     
  7. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Po, exemplifica aí - mas sem spoilers, pq só li o primeiro livro das Crônicas de Duna. :mrgreen:
     
  8. Mohanah

    Mohanah Usuário

    O principal: Disputa de poder entre Grandes Casas.

    Em Duna temos Atreides, Harkonnen e Corrino. Em ASoIF temos Stark, Lannister e Targaryen.

    Os Atreides são todos cheios de honra como os Stark e vivem se ferrando.
    Os Harkonnen são loucos sedentos de poder como os Lannisters.
    Os Corrino já estiveram no poder e agora desejam voltar, pois consideram que são eles quem tem direito realmente ao trono como os Targaryen.

    Outras comparações:

    Acho as personagens Alia Atreides e Arya Stark muito parecidas. Ambas adultas e corajosas, enfrentando uma sociedade que não as compreende e na qual elas não se encaixam.

    Esse lance do Jaqen H'ghar mudar de aparência e a coisa toda do Deus de Muitas Caras, em Duna temos os Dançarinos Faciais Tleilaxu.

    O ensinamento de Syrio Forel: "O medo corta mais profundamente que as espadas" lembra muito o ensinamento Bene Gesserit: "Eu não devo temer / O medo é a mente do assassino. / O medo é a morte pequena que traz a destruição total. / Eu vou enfrentar o meu medo. / Eu vou permitir que ele passe sobre mim e através de mim. / E quando ele passou passado, eu ficarei com o olho interior para ver o seu caminho. / Onde o medo passou não haverá nada ...... Só que permanecerá. "

    A Duna temos os Vermes de Areia e sua relação com os Atreides em ASoIF temos os Dragões Targaryen.
     
    Última edição: 4 Abr 2013
    • Gostei! Gostei! x 2
    • Ótimo Ótimo x 1
  9. Ilmarinen

    Ilmarinen Usuário

    Excelentes comparações: muita gente pelo jeito intuiu o mesmo que vc,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .

    É fato que Duna é uma aula de trama com personagens cínicos, maliciosos e sensuais, soap-opera e conspiração política e eu, desde o primeiro capítulo da mini, via a similaridade entre Lady Jessica e Catelynn Stark, por exemplo( odiada por muita gente mas amada por mim).

    O lance com ASOIAF é que dá o mesmo efeito que é observado no Senhor dos Anéis; livros e sagas tão grandes, multifacetadas, como essas são, têm espaço pra múltiplas influências e comparações simultaneamente.

    Então, se vc acha os paralelos com Duna tão visiveis e extensos, confira, também, as similaridades com Memory, Sorrow and Thorn do Tad Williams ( cuja leitura recomendo efusivamente junto com o próprio GRRM. Memory, Sorrow and Thor é, disparado, a maior influência no GRRM, em se tratando de fantasia medieval high fantasy..

     
    Última edição: 7 Nov 2014
    • Gostei! Gostei! x 1
  10. Mohanah

    Mohanah Usuário

    Também tinha pensado em Azor Hai (não John Snow) como Muad'dib/Kwisatz Haderach, mas achei um pouco forçado.

    Agora quanto ao Varys achei nada a ver mesmo. Pensei nas Bene Gesserit mais para o lado da Melissandre, mas acabei deixando de fora do post também. Bene Gesserit buscam pelo Kwisatz Haderach assim como Melissandre busca pelo Azor Hai e em ambos os casos se perdem em sua interpretação errada dos fatos. Fora todo o lance místico em volta das Bene Gesserit que são tão tidas como bruxas por sua incríveis capacidades de controle físico e mental. E para fechar a tampa do baú, tem também o aspecto religioso muito forte.

    Também tinha pensado na relação Jessica-Catelyn, mas só a posição de ambas que é similar. As personalidades e ações são completamente diferentes.

    Gostei da comparação da Daenerys com Paul Atreides antes do Muad'dib, apesar de achar que também força um pouco. Até porque a Dany sofreu muito mais para se adaptar aos costumes Dothraki do que Paul que se adaptou aos Fremen muito facilmente.



    Eu sei, mas é a primeira vez que percebo isso de maneira tão clara, ampla e, o melhor, sozinha. lol



    Não entendi essa parte.
     
    Última edição: 4 Abr 2013
    • Gostei! Gostei! x 1
  11. Ilmarinen

    Ilmarinen Usuário

    Quis dizer que reconhecer essas tantas similaridades com Duna ou Memory, Sorrow and Thorn ou, possivelmente, The Moon Pool do Merrit, além de outros tantos livros, não torna inválidas as similaridades com o SdA.

    Isso é uma coisa que muito fã e analista tende a esquecer, a noção de que uma influência não exclui a outra e o fato de uma obra ser uma coisa compósita de todas essas influências, AO MESMO TEMPO, não a torna uma "cópia" de uma ou de todas elas, no fim das contas.
     
    Última edição: 4 Abr 2013
  12. Mohanah

    Mohanah Usuário

    Re: Referências "Tolkienísticas" em As Crônicas de Gelo e Fogo

    Você editou o post quando eu estava respondendo. lol

    E eu já estava saindo do trabalho, então tive que esperar até chegar em casa para poder responder.

    Bem, primeiro essa última questão para depois voltar e comentar o que você escreveu antes.

    Quando eu disse que não tinha entendido, estava me referindo especificamente a questão da Sombra de Ashai. Porque quando li seu post, ele parava aí. Como eu disse, só vi a edição depois que já tinha postado minha própria resposta.

    Mas de maneira alguma eu quis dizer que uma comparação excluí a outra ou que Martin copiou alguma coisa. Acredito em múltiplas influências é claro. Duna é um dos grandes clássicos da Sci-Fi, assim como O Senhor dos Anéis é na Fantasia, vide a comparação feita por Arthur C. Clark. Então, não dúvido da influência dessas obras e de muitas outras (tais como você citou) na escrita do Martin.

    - - - Updated - - -

    Eu não leio em inglês. =/

    Explica o spoiler que vem logo abaixo disso que você escreveu (não dá para quotar spoiler, né?)

    Deixe-me ver se entendi (como já disse antes, não leio inglês, então ficou complicado esse lance que você colocou aqui). O herói é sempre um ser especial de caráter messiânico (que traz a salvação) que é apoiado por um elemento mágico e começa a narrativa despojado de seu status? Sendo o elemento mágico a prova necessária de sua condição acima dos demais? Então, nesse momento de reconhecimento todos se unem a ele em um grande exército para combater "a grande ameaça"?
     
  13. Ilmarinen

    Ilmarinen Usuário

    Sim, eu sei, o lembrete não era especificamente pra vc, é que muita gente entra nessa linha de raciocínio de que uma coisa só pode ter sido influenciado por UMA OBRA ou outra, afinal de contas. Pessoas das mais insuspeitas são capazes de fazer dessas, então, um toquezinho vai bem aqui.

    Mais ou menos, o herói não PRECISA ser o "deserdado", como no caso de Daenerys, Aragorn, Paul Atreides ou Colywnn do Krull ( veja esse filme dos anos oitenta que é uma cartilha PERFEITA de aplicação campbelliana), mas o apoio sobrenatural, vindo na forma de um tutor que o provê de talismãs, é uma coisa que pode aparecer nas formas mais inusitadas, e os tais talismãs podem tanto ser objetos como as pedras de Erech e a outra "pedra negra" da história do Vermes da Terra do Howard quanto criaturas vivas como os Dragões, os Vermes de Arrakis ou "ex-vivas" como o exército de mortos de Dunharrow.

    Mais detalhezinhos sobre o esquema aí :
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição: 15 Abr 2013

Compartilhar