1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[REDE RPG] O retrato da indústria em 2006 - Parte 1

Tópico em 'RPG' iniciado por Skywalker, 15 Fev 2007.

  1. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Não me responsabilizo pelo suicídio daqueles que clicarem no link sugerido pelo Fabiano (que não sou eu :obiggraz:).
     
  2. Taverneiro

    Taverneiro Old school

    é engraçado como o fabiano muda seus argumentos de forma conflitante mesmo defendendo um mesmo ponto de vista mas nunca admite. Até ano passado ele argumentava que devia se gastar algo em torno de 20 reais por mês em RPG. Quando foi questionado "doq fazer com 20 reais por mês sendo que livros custam mais que isso" ele ficou todo nervoso e desrespeitou meio mundo para impor seu argumento.

    Ae ele vem e fala:
    Eu sei que o mercado está ruim e de longe a situação está otimista, mas discutir com o pessoal da rede é impraticavel. Todo mundo chora, mas ngm procura soluções. Ae ficam chorando e correndo em circulos. Por mim, se os profissionais do RPG são assim, pode enterrar o mercado que eu não to ligando...

    Aquela notinha no final "Depois eu que sou pessimista" me faz pensar se ele entendeu algunma coisa que foi discutida ou se ele se fechou e, desde o começo não prestou a atenção em nada do que foi dito.

    Me conselho: dane-se e continuem jogando...
     
  3. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    Mas que a indústria de RPG não vai bem isso é fato... pode chegar um dia não tão distante assim que publicar livros de rpg convencionais vai dar mais prejuizo que lucro. Um grande numero de jogadores parecem estar migrando para jogos de RPG eletrônicos, principalmente os On-Line. Parece que nós somos a ultima resistência dos RPGs de mesa XD

    O mercado não anda bem, tendo que adaptar e mudar de acordo com as necessidades. A não ser que nós lancemos algo revolucionário, é até bem possivel que o RPG que nós conhecemos hj em dia deixe de existir.

    :(

    Oq nos aguarda no futuro do RPG?
     
  4. Taverneiro

    Taverneiro Old school

    Deixar de existir não vai. Apenas deixará de ser um empreendimento mercadológico de livros. Como eu disse, o que vai prevalecer no pior dos casos são jogos como Fudge, FATE e outros independentes. Mas acho que no fim as editoras como Wizards, White-Wolf e até a SJGames vão conseguir conciliar o mercado, adequando a uma nova realidade. Mas RPG tradicional deixar de exisitir? acho muito dificil, pelo menos algo nos próximos 50 anos.
     
  5. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Eu acho que a Open Game License vai permitir a existência do RPG por muitos e muitos anos. Só o fato de poderem se basear no conjunto de regras de um best seller já é o suficiente pra manter uma editora pelo menos sobrevivendo.
     
  6. Deriel

    Deriel Administrador

    RPG de mesa como produto comercialmente viável na verdade já morreu, estamos vivendo isso.
     
  7. Taverneiro

    Taverneiro Old school

    Os ultimos anos provaram que a OGL não é um porto seguro tão seguro assim. Muitas empresas picaretas tentaram enfiar goela abaixo produtos mediocres em pouquissimo tempo. Só as melhores sobreviveram. Por isso, não basta ter um sistema best seller ao alcance... tem q ter conteúdo.

    Ainda, não acrdito que d20 seja o "ultimo e definitivo" sistema. Tem coisas que não funcionam pro d20 e que nem por isso deixaram de ser exploradas (em menor quantidade, mas exploradas) pelo mercado.

    No fim, acho que todo esse profissionalismo da nova safra de RPGs não significa nada pra mim. Talvez faça diferença pra um novato, ou para verdadeiros fãs do d20. Particularmente não vejo grandes perspectivas, nenhum produto oficial me agrada ultimamente. Por isso mergulhei fundo nos RPGs independentes, bem mais proveitoso para mim.

    Que eles façam algo realmente atraente para novatos, do contrário não haverá interesse muito menos renovação no hobby, pelo menos no meio profissional. No Brasil a coisa piora, acho que todo mundo foi no embalo d20, mas lançaram mediocridades épicas, como tormenta e todo aquele material da DragonSlayer, totalmente descartavel. Por isso eu digo que a queda em vendas é bem mais que uma invasão de Xbox e Playstation.

    A culpa é de quem faz os jogos, não de jogadores que não compram nada, como muitos do pessoal da redeRPG prega.
     
    Última edição: 15 Fev 2007
  8. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier


    Não concordo muito. Graças ao OGL, diversas pequenas empresas surgiram e com produtos até bons. Tem mto lixo? Tem, mas o numero de coisas "boas" até é grande sim, mesmo fora do D20.
    O fato é que mesmo com produtos bons as pessoas não estão comprando. É como se as pessoas tivessem gastando cada vez menos com RPG e cada vez mais com PC, video-games etc. Tanto que de uns anos pra cá a industrias de Games cresceu assustadoramente, e é hj uma das coisas que mais gera lucros, ultrapassando já o cinema.


    O negócio que hj não tem novidades. Eu tenho acompanhado +- os livros que saem d20 e não chegam a ser ruins. Eles trazem até material interessante, mas mas não há nenhum grande novidade, nada que possa se dizer inovador.

    Existe uma tendencia cada vez maior das pessoas ficarem em casa na frente do PC/Videogame doq sairem para rua. Hj em dia vc pode comprar quase tudo sem sair casa, pode falar com todos seus amigos via internet, com câmera etc. As pessoas estão mais "caseiras".Vc vê em roda de coversa de colégio, adolescentes conversando com amigos e dizendo "to doido pra chegar em casa pra falar com, X no MSN", sendo que X tá do lado dele. A internet diminuiu as distancias entre as pessoas por um lado, mas pelo outro deixou as pessoas cadas vez mais presas a ela em casa, em seu ambiente "seguro". Pode parecer bobagem, mas parece que as pessoas preferem converas com outros via MSN doq encontrar pessoalmente. E oq isso tem a ver com RPG? Ah, veja bem, se as pessoas mal querem sair de casa, vc não terá mtos amigos se encontrando para jogar.

    Além do mais, olhe para os novatos: geralmente é mais atrativo jogar algo 3d, bonitinho, na frente do PC, seguro em casa, doq sair pra rua pra jogar esse "jogo estranho" com livros etc.... é só ver uma coisa: hj em dia as pessoas preferem muito mais ver um filme que ler um livro. É a mesma coisa com RPG, as pessoas preferem jogar no PC Neverwinter Nights 2 ou World of Warcraft doq ter que ficar "querbando a cuca" com livros, contas e imagição. É trixte mas é verdade.
     
    Última edição: 15 Fev 2007
  9. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    A OGL permitiu que muitas editoras que nem sonhavam em existir pudessem ter seu lugar ao sol. É natural que, eventualmente, o mercado viesse a selecionar as melhores, que lançassem os melhores produtos. Ter o apoio de um best seller é importante, mas com certeza não é tudo.

    Pois é, só que esses outros sistemas estão, aos poucos, desaparecendo.
     
  10. Taverneiro

    Taverneiro Old school

    Veja bem, não quis generalizar nem afirmar que todos os produtos d20 que sairam por diversas editoras menores são mediocres. Existem bons produtos? sim, mas o negócio ficou tão saturado que ninguém percebe, é isso que eu quis dizer.
    Ué? Não foi isso que eu disse?

    Quanto ao lance de internet e videogame, é obvio que é um dos motivos da diminuição de jogadores ativos no nosso hobby. Mas também não é o único motivo: muito do que se perdeu no RPG se deve a abordagens que sempre seguem a mesma receita. É tudo igual e, pior, saturado o que acaba desanimando o consumidor.

    Acredito que ainda é possível apresentar o RPG de maneira atraente aos mais fanáticos por video-games. Não tenho a pretensão de afirmar que o RPG teria chances de ser mais popular que o videogame (aliás coisa que nunca ocorreu, desde que eles coexistiram).

    É preciso acreditar que o RPG sempre será um mercado pequeno. Mas também sempre haverá uma pequena parcela de novos jogadores que irá se interessar. Dizer que "todo jovem não quer ler livros pra jogar e ir direto ao videogame" é o tipo de coisa que muitos andam fazendo para justificar a qualidade de seus próprios produtos. Não acredito que o RPG cresça, mas acredito que ele possa se manter, mesmo pequeno. Mas com esses produtos que quando são de qualidade são apenas "mais um", fica difícil. É preciso diferencial, e isso não está acontecendo. Além da já supracitada "acessibilidade".

    Já dizia o Príncipe de Gales do Castelo Falkenstein a respeito dos RPGs (sim, eles existem dentro do cenário): "Que ótima idéia! Temos de garantir que isso não se torne desmedidamente popular, senão toda ralé vai querer jogar também!"
     
    Última edição: 15 Fev 2007
  11. Elminster

    Elminster Usuário


    Interessante o que você disse Arcanjo, pois isso reflete em futuros novatos, você pode entender que será cada vez mais difícil o D&D abocanhar novatos por causa dos mmorpgs, video games, etc. mas não estou dizendo que vai desaparecer.

    Aqui onde eu moro nenhum do meu grupo de amigos joga rpg online, nenhum deles têm video game, atualmente estamos jogando vampire, ás vezes saimos para caminhar á noite pela cidade (Será que isso ainda existe nas cidades grandes??? improvável!) e conversar sobre diversas coisas, nós só usamos msn de madrugada e apenas para por zuações em dia XD, enfim acho que estes e mais outros fatores levaram meu comportamento até aqui.

    Quanto á crise do setor rpgístico, bom quero apenas acompanhar e ver no que vai dar, eu nem me preocupo se dizerem que FR terá cada vez menos tiragens pois isso era de se esperar um dia, só espero que o valoroso espírito de D&D dos "anos dourados" não morra um dia, o que tem enormes chances de acontecer.
     
  12. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Eu gosto muito de comparar o RPG com os quadrinhos, porque eles tiveram trajetórias bem parecidas.

    Acredito que seja possível o RPG voltar a crescer no futuro, do mesmo jeito que os quadrinhos tem crescido recentemente, porque essas coisas são muito cíclicas.

    E eu não vejo o fato de muitas empresas de RPG estarem ganhando mais dinheiro com cards e miniaturas que com RPG como uma coisa ruim. Primeiro porque isso mantém essas empresas vivas e no mercado. Segundo porque acredito que esses jogos possam atrair novos jogadores para o RPG. Conheço gente que joga D&D miniaturas e não joga RPG, mas que hoje tem muita vontade de começar a jogar.

    E o fato de Munchkin dar mais dinheiro que GURPS, isso é óbvio, já que Munchkin é muito bom e GURPS é muito ruim.:loser:
     
  13. Taverneiro

    Taverneiro Old school

    Chances enormes: acho que não, os caras da wizards vão arrumar um jeito de manter o D&D de alguma forma. Mas aí você está visando apenas o D&D e não o RPG como um todo. Embora D&D seja quase sinonimo de RPG, ele não está contribuindo muito para renovação, nos ultimos dois anos. Apesar da febre d20, o próprio dono da green ronin afirma que o D&D em si não anda trazendo novatos. Tanto que a wizards tomou a postura desesperada (genial, mas desesperada) de patrocinar lojas e clubes de jogos nos EUA para que eles ensinem o D&D para novatos.

    Assim eu acredito que tudo depende das empresas que conseguirem atrair publico e mante-los. Confiram uma análise mais ponderada e menos desesperada em:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    A verdade é que d20 enganou todo mundo, é uma bomba e ngm tem saco pra ler três livros pra jogar um joguinho de miniaturas :loser:
     
    Última edição: 15 Fev 2007
  14. Elminster

    Elminster Usuário

    Não é isso taverneiro XD, eu estou preocupado com o espírito dos veteranos da época em que D&D reinava, já imaginou vocês parando de jogar D&D
     
  15. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier


    Na verdade, jogador "básico" iniciante só precisa saber do jogador. O mestre é q tem q saber os tres. Alias, meu primeiro grupo se virou durante muito tempo só com o livro do jogador 3.0. E aqui no Brasil ainda não está tão firmado as miniaturas, pelo menos não as "oficiais". Ta aumentando sim, mas ainda tah longe de ser mania.

    E D&D não é necessariamente só miniatura, apesar dos livros 3.5 incentivarem isso (vcs repararam né?).

    Mas concordo que em geral as pessoas não tem mais tanta paciência para longos livros. Se o Gurps tinha o Gurps Lite e o Gurps Mini, ´pq não algo parecido com D&D? Um mini-livro contendo apenas coisas bem básicas?? Tá certo que eu acho bem mais facil ter acesso ao SRD, mas para chamar jogadores iniciantes um Pocket D&D seria legal. Aliás, um Pocket qualquer RPG seria bom, não apenas D&D.
     
  16. Taverneiro

    Taverneiro Old school

    Calma Arcanjo, tava só provocando, essa ultima referencia foi uma brincadeira parecida com a que o Barlach fez no post acima do meu. Não leve a sério minha ultima frase... apenas tomei a liberdade de zoar o d20 da mesma forma que zoaram GURPS. Só isso.

    Espirito dos veteranos? Acho que os veteranos são os ultimos que sairão perdendo, afinal eles já conhecem o jogo. Pena é de quem não conhecer um livro impresso (RPG na net sempre vai ter).
    Mas vamos lá... Deixar de jogar D&D? não é o fim do mundo... qdo voce estiver disposto a tentar outras coisas verá que RPG em geral tem muitas coisas interessantes. Não que D&D seja ruim (aliás sou fã dos cenários e de AD&D), apenas não é TUDO.
     
    Última edição: 15 Fev 2007
  17. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    A minha preocupação é a seguinte: eu tenho certeza que a Wizards vai querer manter o D&D. Mas será que a Hasbro pensa o mesmo?

    E, nossa, só de pensar em deixar de jogar o D&D chega a me dar calafrios... que bom que eu tenho material pra jogar pro resto da vida praticamente, heheehe...
     
  18. Taverneiro

    Taverneiro Old school

    C não tem o Livro do Jogador? então, pra q se preocupar... o resto é firula, não essencal para jogar. Vc soh para de jogar D&D se quiser...
     
  19. KADU

    KADU Estão vendo esta caneta?

    O problema maior que vejo não é o lançamento de suplementos, mas a falta de incentivo (isso vai desde a estratégia de lançamento de produtos à este fim até a falta de qualquer tipo de propaganda) a novos "clientes". A Dragão Brasil era uma bosta, mas era o RPG todo mês ali na banca do lado de revistas de quadrinhos, justamente onde a mulecada bate o olho primeiro. O famigerado 3d&t cumpria com sua função de introduzir curiosos ao RPG, com um sistema extremamente simples e ambientações conhecidas por todos (street fighter e cya).

    Obviamente que isso não influencia no meu hobbie, eu continuarei jogando de qualquer forma. Mas eu gostaria sim de ver o RPG crescer um pouco, de deixar de ser algo tão "tribalizado", temido e vítima de preconteitos por quem não conhece. Eu gostaria de ver as editoras que investiram e investem no RPG aqui no Brasil crescerem e ter capacidade de lançar mais e mais livros interessantes e de ótima qualidade aos quais muitos aqui nunca terão acesso. Não só livros, card games, miniaturas, jogos online, etc. A situação atual ta melancólica, eu sei que se alguém do meu grupo de jogo sair, vai ser difícil arrumar um substituto.
     
  20. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    É mesmo? Putz, eu tenho 2 grupos de RPG regulares e mais um bom punhado de gente que é só bater um fio pra armar um joguinho despretensioso.....:think:
     

Compartilhar