• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Realismo Fantastico - Júlio Cortázar

.Gabil-Nala.

Bloody member
Gostaria de saber se vcs já leram algo a respeito dessa 'corrente literária' ou do autor em questão....

Pra quem nao leu, o realismo fantastico supõem um outro lado da realidade: são acontecimentos/situações extraordinários envoltos na realidade que nós conhecemos, com pessoas reais e lugares reais.

Júlio Cortázar é um autor muito consagrado nesse tipo de escrita, que consiste em contos curtos, porém extremamente profundos e sinestésicos

"A naior parte dos meus contos nasceu de meus sonhos e pesadelos, todos ele foram escritos imediatamente depois, numa espécie de segundo estado onírico. Sou dominado pelo ambiente geral do conto, sem saber de fato o que vai se passar e, sobretudo, quando vai se passar. Escrevo para me curar de uma espécie de obesessão"

O autor

Segundo alguns outros autores, ele é um dos mais enraizados escritores argentinos desse século, considerado um mestre do insólito e da narrativa curta.

Tem muitos livros, entre eles:

- Orientação dos gatos
- Fora de hora
- O livro de Manuel
- Alguém que anda por aí
- Um tal de Lucas
- Bestiário - primeiro livro dele e o que eu estou lendo

Achei o livro fascinante justamente por descrevr de forma exímia e envolvente o ambiente e a essência do proprio sonho....

"Ele escreva na fronteira entre a realidade como a percebemos e a face oculta da nossa mesma realidade. Mostra a sombra da realidade - tão estranha que parece inventada ou absurda, e no entanto tão real como um sonho"

Francisco de Morais Mendes

"Um excelente escrito, autor de contos Magníficos"

Jorge Luis Borges (Para quem não sabe esse escritor é um dos grandes consagrados nam escrita de contos seguindo a linha do mestre imortal Edgar Allan Poe. Ele tem um livro espetacular que se chama "O Aleph")

É isso ai! recomendo esse autor que realmente me impressionou muito.
 
Julio Cortázar

Site da Livraria Cultura disse:
Julio Cortázar nasceu em Bruxelas, em 1914, de pais argentinos. Chegou à Argentina aos quatro anos. Passou sua infância em Banfield, formou-se como professor e iniciou seus estudos na Universidade de Buenos Aires, mas teve que abandoná-los por dificuldades econômicas. Trabalhou em várias cidadezinhas no interior do país. Lecionou na Universidade de Cuyo e pediu demissão por divergências com o peronismo. Em 1951 deixou o país e desde então trabalhou como tradutor independente da Unesco, em Paris, viajando constantemente pela Europa e fora dela. Em 1938 publicou, sob o pseudônimo Julio Denis, o livrinho de sonetos 'Presença'. Em 1949 aparece sua obra dramática 'Os Reis'. Apenas dois anos depois, em 1951, publica 'Bestiário' - já surge o Cortázar deslumbrante por sua fantasia e sua revelação de mundos novos que irão se enriquecendo em sua obra futura - os inesquecíveis volumes de relatos, os livros que ultrapassam qualquer categoria genérica (poemas-contos-ensaios ao mesmo tempo), os grandes romances - 'Os prêmios' (1960), 'O jogo da amarelinha' (1963), '62 Modelo para armar' (1968) e 'Livro de Manuel' (1973). O refinamento literário de Julio Cortázar, suas leituras quase inabarcáveis, seu incessante fervor pela causa social, fazem dele uma figura de riqueza deslumbrante, constituída por paixões às vezes contraditórias, mas sempre assumidas com o mesmo e genuíno ardor. Ele morreu em 1984.

Esses dias, andei lendo - para a escola - quatro contos de Cortázar. Eram estes "O Jornal e Suas Metamorfoses", "Instruções para Chorar", "Preâmbulo às Instruções para dar Corda no Relógio" e "Filantropia". Fiquei abismado com cada um dos quatro. A capacidade de fazer uma crítica sutil e ainda sim - às vezes paradoxalmente - forte e importante é impressionante. É o tipo de leitura que te deixa incomodado, com uma coceira que vc simplesmente precisa coçar. Após ler o último dos quatro contos citados, houve uma discussão em minha classe. Chegava a ser engraçado assistir às pessoas ficando tão exaltadas e incomodadas, mesmo as que discordavam das opiniões por trás das críticas feitas pelo autor. Esta capacidade me fez admirar mto seu trabalho, e me deixou com uma vontade imensa de conhecê-lo mais. Estou querendo comprar, por exemplo, seu livro "Histórias de Cronópios e de Famas", que parece ser mto interessante, e também assistir o filme "Blow-Up", que é baseado num conto de Cortázar.

Queria saber de quem leu algo dele: o que achou?
E de quem leu algo a mais que eu: vale a pena mesmo?
 

Pips

Old School.
Re: Julio Cortázar

Depois de ler Las Armas Secretas e me aventura n´O Jogo da Amarelinha, venho recomendar que todos conheçam um pouco do Cortázar. Ele é muito bom! Julio Cortázar mistura cotidiano com alguns toques fantásticos (e muitas vezes hilários, como Axolotl).

Quem não quiser se arriscar a comprar ou a procurar, às vezes em vão, nas bibliotecas: Entrem no site oficial (http://www.juliocortazar.com.ar/) que disponibiliza alguns contos dele na íntegra incluindo alguns capítulos do Jogo da Amarelinha (mas apenas no original em espanhol).

E foi difícil achar esse tópico.
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$125,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo