1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias Ray Bradbury, autor de 'Fahrenheit 451', morre aos 91 anos

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 6 Jun 2012.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    O escritor americano Ray Bradbury, autor de livros como "Fahrenheit 451" e "Crônicas Marcianas", morreu nesta terça-feira (5) em Los Angeles, nos Estados Unidos, aos 91 anos.

    Bradbury, que também era arquiteto e poeta, nasceu no Estado de Illinois, em 1920. Mudou-se com sua família para Los Angeles no início da década de 30.

    O autor começou sua carreira literária publicando a fanzine "Futuria Fantasia" aos 18 anos. Em 1953, lançou sua obra mais famosa, "Fahrenheit 451", que retrata uma sociedade futurista em que livros são proibidos. Ao longo de sua carreira, escreveu mais de 20 livros.

    Em 2007, Bradbury recebeu uma menção especial do Prêmio Pulitzer por sua "carreira prolífica e muito influente".

    Seu neto, Danny Karapetian, afirmou ao site de ficção científica "io9":
    O diretor Steven Spielberg se manifestou sobre a morte do escritor:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    O autor Ray Bradbury​

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
    Última edição por um moderador: 7 Nov 2012
  2. Lu Meyn

    Lu Meyn Usuário

    Fim de uma era =(
     
  3. Kyra

    Kyra I am Jack's smirking revenge.

    Fiquei muito triste hoje com essa notícia.

    As Crônicas Marcianas foi o livro que me fez começar a gostar de ficção científica e, in a bigger picture, gostar realmente de ler.

    All silence is.
    All emptiness.
    And now:
    The dawn.
     
  4. adrieldantas

    adrieldantas Relax and have some winey

    Que tenha muitos livros no céu.
     
  5. Excluído046

    Excluído046 Banned

    Geralmente, fico sabendo dessas notícias quando entro no facebook ou no Meia Palavra. Mas, dessa vez, fiquei sabendo por sms. Uma amiga me mandou sms, falando: "você vai ficar mortalmente triste... um carinha que você ama, faleceu. Não sei nem escrever o nome dele, só lembro que você me emprestou The Martian Chronicles". Fiquei deprimida. Na verdade, ainda estou. :cry:
     
  6. Jango

    Jango Branca! Branca! Branca!

    Realmente alguém que sabia escrever sobre a veia. Li "O vinho da alegria" uma experiência além de 451, porém tão cheia de humanidade quanto.
     
  7. Excluído046

    Excluído046 Banned

    Some people turn sad awfully young. No special reason, it seems, but they seem almost to be born that way. They bruise easier, tire faster, cry quicker, remember long and, as ia say, get sadder younger than anyone else in the world, i know, for i'm one of them. (Ray Bradbury)
    :cry:
     

Compartilhar