1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Rap : Novo Rock n Roll ?

Tópico em 'Música' iniciado por Unholy Master, 23 Out 2004.

  1. Unholy Master

    Unholy Master Chess Piece

    tirei a inspiraçao pra esse topico de afirmaçao da Ana Lovejoy....

    Bom,vemos hoje em dia que o rap e o Hip-Hop esta em todo lugar.Va em uma balada,temos um espaço para black music.Va em uma escola,temos um rapper por sala,nao mais por corredor,ou ate mesmo mais de um por sala.Isso sem contar as garotas que normalmente nao curtem o som,mas como os garotos populares curtem,eles ouvem e ate compram os CD´s...

    Ate mesmo bandas de rock,de vez em quando ate mesmo de metal(!) pegam alguma influencia de Rap ! Ate mesmo Igor Cavalera(!!) ja firmou que gosta de ouvir 50 Cent e Ja Rule ao acordar !!!

    E,uma curiosidade eh que,caso a afirmaçao de titulo do Topico venha a se confirmar no futuro,olharemos para tras e veremos,que como no inici do rock,o genero que domina a midia foi criado pelos negros!!!

    Ate mesmo na intocavel Galeria do Rock em Sao Paulo,os rappers ja tem um espaço !

    Entao,voces concordam que o rap seja o novo Rock ? ou ele eh apenas mais uma moda passageira ?
     
  2. Moda passageira, com mauricinhos pagando de gangsters. Lá o USA já é o estilo número 1 faz anos.
    Eu não gosto. Aliás, sequer música eu considero aquilo lá. Pra mim, aquilo nada mais é do que Horário Político em CD.

    E o pior é a mulecada pagando de bandido, e ainda acha isso bonito.




    Agora, sem preconceitos, vamos lá:

    Eu não acho que o Rap possua um apelo musical forte como o Rock para se tornar algo perpétuo. É algo muito mais ligado na atitude e nas letras do que no som. O problema (para o estilo) é que cada vez mais os caras deixam de lado o lance lírico consciente pra ir sem medo nas letras bobas e vazias. Ou seja, o RAP se hoje em dia nem atitude tem mais. Logo, a modinha vai passar.
     
  3. Unholy Master

    Unholy Master Chess Piece

    Que os Deuses do Metal te ouçam Lord !
     
  4. Maedrhos

    Maedrhos Usuário

    Comparar o rock com o rap, isso é literalmente um equivoco, apenas por que o rap eh atualmente uma moda em que a maioria dos jovens seguem não quer dizer que ele será um novo rock, como disse lord a musica eh realmente mto fraca, como todas as modinhas implantadas por midias muitas vezes ignorantes (mtv) logo passará....
    Que Hendrix ouça nossas preces...
     
  5. TT1

    TT1 Dilbert

    Rap nao é novo... só se for novo de 1988, 89... :roll:
     
  6. Unholy Master

    Unholy Master Chess Piece

    Mas o rock tambem naoe ra exatamente novo quando alcançou sucesso...
     
  7. Coiote

    Coiote Fallin´

    O rap só é o novo rock se a musica do seculo XXI realmente se tornar um lixo comercial.....afinal,o rap verdadeiro(akele em q as letras mostram a realidade da vida na pobreza,contestação e poesia suburbana) MORREU.Hoje o q nós temos são rappers q só sabem ostentar suar riqueza e suas mulheres para q consigam + riquezas e + mulheres.Eles fazem de tudo e mais um pouco para entrar nos ouvidos (e nas mentes)da rica classe média BRANCA americana.O rap como nós o temos hj só vai se tornar o novo rock se o comércio tiver o poder de fazer com q isso aconteça,pois a qualidade musical desse novo rap é mto baixa.É só olhar na sua classe,e vc vai ver um bando de mauricinhos posando de bandidos só pq ouvem Ja Rule e um bando de patys pagapaus q querem ser as "minas"..... :mrgreen:
     
  8. Rap que presta pra mim é só o rap paulista. O resto, pra mim, com raríssimas exceções, morreu.
     
  9. Fox

    Fox Visitante

    Eita, quase nunca posto aqui, mas o título me atraiu o suficiente pra opinar.

    Bom, respondendo a pergunta... não, definitivamente não.

    Até porque o rock já tá há tempo o suficiente por aí pra sabermos que é bem mais que uma moda passageira. E porque o rap, como é manejado hoje em dia pela maioria, é descaradamente.

    Até as duas melhores coisas dele, o lirismo crítico à sociedade e a harmonia com a melodia (bem mais complexa antigamente), foram abandonados em prol de melodias simples que pegam e letras chulas simplesmente esmagadas no meio delas.

    O hip hop, a variante do rap que eu curto mais, também foi por esse caminho. E dos pops que se utilizam do estilo, praticamente só o Outkast e O Rappa ainda usam dele com o devido respeito musical.

    É aquela coisa, como com todas as outras modas toscas. Simplesmente ignora que passa.

    Ainda mais nessas épocas de mídia veloz sempre em busca de algo novo, não importando o conteúdo.
     
  10. No entanto Fox, como você mesmo disse, essas bandas aí não são RAP. Elas apenas utilizam o estilo, mas o misturam com outras coisas. :wink:
     
  11. Faram¡r

    Faram¡r Dr. Benway

    Nem acho que o Rap sera uma moda passageira. Alias, afirmar isso seria muito errado, porque o Rap esta ai a tempo demais para ser meramente uma moda passageira. Entretanto, não há como o Rap ser o novo Rock'n Roll. Afirmações desse tipo são invariavelmente erradas e, nesse caso, basta atentar para as diferenças históricas do desenvolvimento de ambos os estilos para perceber que eles trilham trajetórias diferentes.

    O Rock'n Roll surgiu como um "produto" para a massa, algo pop para os jovens de qualquer ascendencia social. Isso foi uma novidade, levando-se também em consideração a proporção que tomou. O Rap também surgiu em guetos negros, também foi de alguma forma rebelde e um produto pop, mas ao contrario do Rock, atingiu proporções gigantescas sem precisar de artistas brancos ... os tempos eram outros, claro.
    Sem contar que a História do Rock a partir dos anos 60 sofreu tantas reviravoltas ... seria improvavel que seguisse um rumo muito parecido com o Rock'Roll ...
     
  12. Unholy Master

    Unholy Master Chess Piece

    Um CD de rap so atingiu o topo da billboard quando executado por Brancos(Beastie Boys) 8O
     
  13. Faram¡r

    Faram¡r Dr. Benway

    Certas tendencias acabam se mantendo :P

    Mas ainda assim, o Rap já estava popularizado e penetrava bem em todas as camadas sociais.

    Quando Chuck Berry começou a fazer sua música, era uma coisa para negros e para uma parcela pequena de brancos que realmente iam contra todas as convenções sociais. Existe uma grande diferença entre o nível de repressão existente nesses dois casos ate porque, como eu disse, foram duas épocas diferentes. Foi preciso aparecer um Elvis Presley, entre outros, para o Rock realmente dar suas caras ao mundo e inclusive para os pioneiros do Rock terem um maior reconhecimento.

    Fora isso, tem outra complicação. A cultura de massa nos anos 50 ainda não estava tão bem desenvolvida. Na época, para o Rock'n Roll sair dos guetos negros era necessário que os rapazes brancos entediados desafiassem seus pais e fossem la beber na fonte. Claro que isso ocorreu também nos anos 80, por exemplo, mas as formas de distribuição da música eram bem mais vastas. Sem contar que a segregação racial nos anos 40/50 era beeeem mais intensa.

    Ahhhh, so para constar. Eu não gosto muito de Rap e gosto de Rock, mas isso não quer dizer que eu pretendo exaltar uma origem mais "dificil" do Rock, ate porque isso não quer dizer nada em termos de qualidade.
    Na verdade, uma projeção do Rap no futuro como o "novo Rock'n Roll" não procede por razões mais complexas do que suas origens. Estas so servem para perceber o ponto inicial e as trajetórias diferentes que os estilos tomaram, em termos sociais.
     
  14. .Gabil-Nala.

    .Gabil-Nala. Bloody member

    Sim, e isso desde o começo do século na verdade. Estamos falando aqui principalmente em Estados Unidos, que possibilitou o desenvolvimento da história com seu antecessor, o Jazz.
     
  15. Pavanelli

    Pavanelli Usuário

    Pra começar eu tb não curto rap nem a pau

    MAs o rap que está na moda é o rap Norte AMERICANO, e não o brasileiro (tá racionais e derivados fazem sucesso relativo, mas só). O RAP americano é muuuuuuuuuuuuito diferente do brasileiro, e tem muito mais apelo musical que o nosso, por isso faz tanto sucesso quanto britney spears ou shakira. Agora me fala, britney spears um dia será eterna? Ach oque não. O mesmo serve pro rap. Tá na moda, e um dia acaba.
     
  16. Fox

    Fox Visitante

    O rap brasileiro (me refiro mais aqueles de "sucesso relativo" que você mesmo comentou) é muito parecido ao rap americano original, da época que procurava mais divulgar realidades e ideologias do que realmente fazer sucesso.

    O de hoje em dia tem mais apelo musical porque sempre montam aquelas melodianhazinhas de fundo que pegam, e disfarçam as rimas péssimas e sem ritmo.
     
  17. Unholy Master

    Unholy Master Chess Piece

    O rap do D2 pode ser considerado igual ao americano entao
     
  18. Gorgonath

    Gorgonath Usuário

    O Rap ta conquistando um espaço.

    Novo Rock´n´Roll é algo por demais exagerado. O Rap tão tem a penetração e a revolução na industria fonografica que ocorreu com o Rock. O Rap tem tudo pra ter seus fãs, como o Reague.
     
  19. Fly Pan Am

    Fly Pan Am The Land Between Solar Systems

    Ressucitando...

    Eu gosto muito de hip-hop. Vale lembrar que rap não é um estilo de música, e sim o estilo em que os MC's "cantam" nas músicas de hip-hop. Rap é uma ação, enquanto hip-hop é o nome do estilo de música.

    Está certo que hoje em dia existem muitos "artistas" de hip hop que são muito comerciais e só fazem música para ganhar dinheiro. Mas é assim com qualquer estilo hoje em dia. O truque é escavar um pouco e achar as pérolas da cena mais underground do hip-hop.

    Não sei muito de hip-hop brasileiro, mas a cena underground nos Estados Unidos é infinitamente fértil e contém vários artistas fazendo talvez as músicas que me deixam mais empolgados (não que a música me faz empolgado fisicamente, mas num sentido mais figurado) desses últimos tempos. Não só muitos MC's bons, mas vários produtores muito legais e muito talentosos.

    Além disso também existe o "old-school" hip hop, que são as bandas mais antigas de época que o hip-hop era algo mais respeitado, mais artístico. Era quando o estilo servia puramente como expressão musical e não como comércio. Grupos como Public Enemy, Wu-Tang Clan, A Tribe Called Quest, N.W.A., Dr. Dre, Beastie Boys etc, fizeram história por refinarem um estilo tão diverso e excitante como o hip-hop. Na época, hip-hop era mais para um novo punk do que para um novo rock.

    Na minha opinião, o hip-hop, quando feito bem, pode ser um dos estilos mais poderosos na maneira em que ele "mexe" com você. O simples fato de que a música é feita com pedaços "roubados" de outras músicas e um cara falando em ritmo, contando histórias através de poemas me atrai muito. É muito interessante.

    Bom, é isso que tenho pra falar. Muita gente acha que hip-hop é simplesmente aquilo que eles vêem na MTV, mas existe muita coisa melhor. É só você procurar.
    Se alguêm estiver interessado, mande-me uma PM que eu falo vários artistas legais de hip-hop hoje em dia e vários álbuns que valem a pena.
     
  20. Slicer

    Slicer Não estava vivo no Dilúvio, mas pisei na lama.

    Minha opinião de quem gosta de rock, metal, nasceu e cresceu no RS, além de ser branco, embora não ache que o último conte muito para qualquer coisa exceto condições fisiológicas diferentes, é que o RAP já conquistou um status de "stand-alone", um ritmo separado do hip-hop (até onde o conheço), mais ou menos como o reggae se separou do ska. E ele tem vários méritos para isso.

    Não é correto, IMO, comparar o rhythm and poetry com o rock and roll porque são fundamentalmente diferentes, atingindo um público-alvo diferente em origem, condição social e mentalidade. A integração entre os dois é uma das marcas mais óbvias dessa onda new-metal. Só falta ser melhor utilizada.

    BTW, paro de escutar Led a qualquer momento para ouvir Racionais, exceto em The Rain Song. ;)
     

Compartilhar