1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Racha no Clube dos 13 - E agora, José?

Tópico em 'Esportes' iniciado por Neithan, 21 Fev 2011.

  1. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Então, Corinthians e Flamengo estão insatisfeitos com o C13, e o dono do futebol, Ricardo Teixeira, como gênio que é, está fazendo de tudo para separar ainda mais os clubes. Na verdade, eu vejo o fim do C13 como uma vitória tremenda da CBF e de seu dono ladrão.

    Mas, por incrível que pareça, tem muita gente a FAVOR disso tudo. E você, como entende esse racha, e como vê o futuro dos clubes após um possível fim do C13?

    PVC, falando sobre isso:

    Entenda por que a CBF reconheceu hoje o título do Flamengo em 1987
    por Paulo Vinicius Coelho

    Que o Flamengo é campeão brasileiro legítimo de 1987, é óbvio. Você sabe minha posição há muito tempo. O Flamengo é o campeão legítimo, porque até Pernambuco acompanhou o Módulo Verde, dado que o Santa Cruz estava na competição. O Sport é o campeão legal porque as finais disputadas com W.O. contra Inter e Flamengo valeram o reconhecimento da CBF. E isso não se tira.

    Então, a partir do reconhecimento da CBF ao título do Flamengo, o que aconteceu nesta segunda-feira, há dois campeões na história. O ano de 1987 passa a ser como o de 1968 e tem dois vencedores.
    Mas aqui o assunto é: por que a CBF decidiu reconhecer hoje, e justamente nesta segunda-feira, o título brasileiro discutido há 24 anos?

    O x da questão é o racha do Clube dos 13 sobre o novo contrato de TV para o Campeonato Brasileiro.
    Para que você entenda melhor o tema, divido em capítulos:


    1. Está em questão a renovação do contrato dos direitos de TV do Campeonato Brasileiro e isso ameaça rachar o Clube dos 13. De um lado está o Corinthians e, supostamente, os que votaram em Kléber Leite na eleição do C13 contra Fábio Koff, ano passado -- Botafogo, Coritiba, Goiás, Corinthians, Cruzeiro, Santos, Vasco e Vitória. Como Flamengo e Corinthians sempre pediram que os dois clubes de maior torcida tivessem maior percentual no rateio dos clubes, imagina-se que o Flamengo possa ir para esse lado.

    2. Pela primeira vez, o Clube dos 13 divide os direitos de TV em categorias: TV aberta (brigam Globo e Record), TV fechada (SporTV ou ESPN podem ganhar), Internet, Celular. A ideia da comissão de TV, composta por Alexandre Kalil (Atlético-MG), Maurício Assumpção (Botafogo), Luis Álvaro (Santos), é que a decisão se dê com propostas feitas em envelopes fechados. A melhor proposta será a vencedora. A ideia está atrelada ao estudo feito por Ataíde Gil Guerreiro, ex-dirigente do São Paulo e diretor-executivo do Clube dos 13.

    3. Ano passado, Ricardo Teixeira tomou duas atitudes rápidas após perder a eleição do Clube dos 13 -- apoiava Kléber Leite, derrotado por Fábio Koff. A primeira foi anunciar, no dia seguinte à derrota, que o Morumbi estava fora da Copa do Mundo de 2014. A segunda foi entregar ao São Paulo a Taça das Bolinhas. Do ponto de vista político, isso significava punir o clube de Juvenal Juvêncio -- principal articulador da candidatura Fábio Koff -- com a perda da Copa e, em seguida, jogar o São Paulo contra o Flamengo.

    4. Após aceitar o reconhecimento como primeiro hexacampeão brasileiro, Juvenal Juvêncio afastou-se do Clube dos 13. Em vez de aglutinação entre as forças políticas vencedoras da eleição, o Clube dos 13 viu o afastamento delas. É esse afastamento o que permite, neste momento, o entendimento de Ricardo Teixeira de que pode seduzir Patrícia Amorim a acompanhar Andrés Sanchez num suposto racha do C13. E se manter favorável à Rede Globo. A pergunta é: por que a CBF tem tanto interesse em que a Rede Globo ganhe a concorrência?

    5. Ninguém no C13 tem exata noção de que papel Patrícia Amorim exercerá na eleição a partir de agora. Ela pode ser cooptada pelo pequeno presente de Ricardo Teixeira -- ano passado, o Botafogo recebeu empréstimo de R$ 8 milhões e, por isso ou por outra razão, votou em Kléber Leite. O fato é que o empréstimo foi concedido próximo à data da eleição. Casos como esse é que permitem a impressão de que pode estar havendo troca de favores. Mais do que isso, produzem a certeza de que a tentativa da CBF é de trocar favores. Cabe ao Flamengo aceitar o presente, não trocar o favor.

    Nesta terça-feira, há uma reunião em São Paulo da comissão de renovação dos direitos de TV do Campeonato Brasileiro. Nela, deve ficar claro qual será a data da abertura do envelope vencedor da disputa por TV aberta.

    O Flamengo e o Sport são campeões brasileiros de 1987. Se você é rubro-negro, carioca ou pernambucano, pode comemorar. Mas não deixe de entender o contexto de cada decisão tomada pela CBF. Elas têm um viés diferente do que você imagina.
    ______________

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    RT conseguiu o que queria: jogou gasolina, riscou o fósforo e agora assiste de camarote o circo pegar fogo.

    Há quem ache que possa sair algo de bom nisso. Sinceramente não dá pra esperar nada. Agora que a merda tá feita, tudo pode acontecer.
     
  3. Deriel

    Deriel Administrador

    Eu não consigo me importar com esse nível de politicagem. Esses todos vão-se, o futebol fica.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    O clube dos 13 nunca foi o que deveria ter sido quando foi criada.
    A CBF já tinha ganho metade dessa batalha há décadas.
    O Brasil era pra ter instituido o modelo que hoje temos na Inglaterra antes mesmo dos próprios ingleses que só arrumaram o clube dos 13 deles nos anos 90.
    Hoje em dia o clube dos 13 só serve mesmo pra negociar direitos de televisão. O que é válido já que aumenta o poder de negociação, mas é muito pouco pro que uma coligação dessas deveria de fato fazer.

    A quebra total do clube dos 13 seria a vitoria total do senhor teixeira. Mas é quase como chutar gato morto.

    E eu ficarei revoltado demais se essa oficialização do titulo de 87 for suficiente pra Patricia colocar o Flamengo lambendo a sola dos pés desse senhor. Vai ser a pior coisa que ela fará ao Flamengo de LONGE. Pior que isso talvez só o que o Edmundo dos Santos Silva fez no inicio dos anos 2000.
    Sairei de médio desapontamento pelo ano ruim de 2010 para um repudio TOTAL por ela.
     
    Última edição: 21 Fev 2011
  5. Knolex

    Knolex Well-Known Member In Memoriam

    Pra falar a verdade, o ideal é que o Clube dos 13 acabe mesmo e surja outra Liga de clubes. Mas é complicado, os clubes ainda têm uma mentalidade tacanha e egoísta, não percebem que unidos todos podem crescer.

    Veja o caso do próprio SPFC, que por causa de uma porra de taça inútil traiu o que tinha assinado e ajudou a rachar o C13. Burrice gigantesca, além de falta de caráter e hipocrisia.

    Aí tem o Botafogo que tem rabo preso com CBF por causa de um empréstimo, Corinthians por causa do estádio, e por aí vai... ninguém é santo nessa história, e cada um só vai piorando as coisas.
     
  6. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Tudo isso que o RT arquitetou, nem aquelas comédias hollywoodianas ou desenhos animados de todos olhando apenas pro seu umbigo e se matando em busca de um grande prêmio ou algo do tipo, não seriam melhores.

    A principio o cara mereceria o título de Dick Vigarista, só que esse ao contrário do desenho está há mais de 20 anos se dando bem, então o Dick perto dele é apenas um amador.

    Fusa não adianta, o Flamengo conseguiu seu reconhecimento só que agora ficou um preço altíssimo que terá pagar até o fim dos tempos. Está com o rabo mais preso do que nunca. Alías, todos já tinham, só que agora ficaram infinitamente mais.
     
  7. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Eu já tinha desistido de achar que existe politico realmente honesto. Talvez aqueles candidatos a deputado que aparecem por meio segundo às 3 da madrugada no seu horario de campanha. Fora isso, todos tem seu lado escuro.
    Não sei porque ainda acredito em dirigentes.
    Zico que fez certo. Só rezo pra que nenhum dos campeões de 87 vá lá com a Patricia receber taça de bolinhas e o escambau. Como fizeram outros jogadores recentemente.
     
  8. pelego

    pelego Usuário

    Eu acho isso tudo muito triste. Sempre tem alguem tentando tirar vantagem.

    No futebol não me envolvo com essa politicagem que os dirigentes do eixo produzem, é clube recebendo dinheiro para votar em X, é clube tendo suas aspirações de sediar copa barradas porque foi contra X.. Isso me entristece bastante, se todos ao menos tentassem falar uma língua a entidade se fortaleceria. Mas não, sempre tem 2 ou 3 que se acham maiores e ai vamos torcer para que as mudanças sejam para o benefício de todos.
     
  9. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Sempre considerei o Flamengo o campeão de 87 essa balela de módulo verde e amarelo é ridículo.

    Pra não render muito bosta é só reconhecer os dois como campeões e pronto! Agora, que aquele módulo do Sport era da segunda divisão não tenha dúvida que aliás, o jogo na final nem sequer conseguiu ser decidido nos penaltis. Ficou 11 a 11 e depois o Guarani desistiu. Que estranho né!?

    Esse Clube dos 13 já era, coisa do passado. Para o futebol brasileiro evoluir precisar pensar e criar com urgência uma nova forma de disputa de futebol associado com esporte emoção, profissionalismo e ética.
     
  10. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Tenha dúvida sim

    O Guarani foi nada mais, nada menos que vice-campeão brasileiro em 86, além do América-RJ ter sido 4º colocado naquele mesmo ano. Ambos foram absurdamente sacaneados com esse "pseudo-rebaixamento".

    No fim 2 campeões pra um mesmo ano, sintetiza perfeitamente a bizarrice que foi aquele ano.
     
  11. Deriel

    Deriel Administrador

    Eu também acho que foi a melhor solução.

    Aliás, de uma forma ou de outra a CBF enterrou oficialmente todas as discussões pendentes, que eram os títulos anteriores a 1971 e o título de 1987. Podemos constestar a forma como isso foi feito, mas agora é bola pra frente e, felizmente, a fórmula do Campeonanto Brasileiro agora está estabelecida, é justa e não teve mais virada de mesa.

    Bola pra frente! Em busca da série E, F e G do campeonato nacional!
     
  12. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Ricardo Teixeira sempre se dando bem! Incrível isso. Acabou jogando com praticamente todos os clubes e meio que conquistou o que estava desejando.

    Nos veremos livre dele apenas se a Copa de 2014 aqui for um desastre total e olha lá.

    Não sou muito conhecedor da política do futebol e suas entidades, mas pelo que estava lendo, o Clube dos 13 já não estava tão unido assim e com um poder digamos não tão forte.

    Pelo visto teremos a continuação do monopólio da globo.
     
  13. Deriel

    Deriel Administrador

    Pelo que entendi os direitos são por envelope fechado. Se for assim, é um lance de grana e não de voto.
     
  14. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    O item 2 do texto do PVC diz exatamente isso, que é a primeira vez que acontece, mas isso devido ao Clube dos 13. Caso o Clube dos 13 venha acabar, provavelmente isso irá passar para a CBF, ou seja, a Globo voltará a ter suas vantagens nas negociações.
     
  15. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    O problema não é a taça, dane-se a Taça. Não é essa taça que fez o Flamengo campeão, o Mengo foi campeão em dezembro de 1987. Uma taça (feia pra kct) não muda nada.

    O problema, a questão toda é o que o RT quer fazer, com o fim do Clube dos 13. Ele tem o rabo preso com a Globo, e sem o C-13, teria mais poder para fazer com que os clubes assinem com a emissora global.

    Mas quem tem de decidir isso são os Clubes. A Record promete dobrar o valor no leilão. Vocês tem noção do que é isso? Os clubes que hoje arrecadam quase 40mi (os 5 Grandes), podem ir a mais de 80, e isso só pra começar, pois a Globo deverá contra-atacar. Mas a CBF perde força, caso os clubes cresçam. Pois daí eles não dependerão tanto de empréstimos do RT, e teriam muito mais poder de investimentos.

    O PVC ontem no Linha de passe, ao lado do Kfouri (ídolo do Furia), foi genial. O torcedor não entende, mas o que está ocorrendo essa semana que vai decidir se seu time vai continuar na mesma, ou se vai, finalmente, crescer, enriquecer, e contrarar grandes jogadores sem depender de empresários/investidores.

    E uma coisa, não tenho certeza, mas até onde eu sei, se Corinthians, Flamengo, Fluminense e Botafogo aceitarem o contrato da Globo, e Palmeiras, SPFC, Santos e Vasco "forem" pra Record, jogos entre Corinthians e Palmeiras, ou Flamengo e Vasco não poderiam mais ser tranmistidos, por causa dos direitos de imagem.
     
  16. Deriel

    Deriel Administrador

    Os times só vão crescer quando sair essas diretorias malucas que não tem compromisso com ninguém para assumirem administradores profissionais.
     
  17. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Ou serem exibidas por ambas emissoras.

    Os clássicos são os que dão realmente audiência. Não iriam fazer algo para prejudicar a transmissão desses jogos.
     
  18. Knolex

    Knolex Well-Known Member In Memoriam

    Eu sei que pela minha relação com a Globo, essa minha opinião vai soar parcial pra muita gente, mas dane-se, vou dizer.

    A verdade é que a defesa que a Globo fez pro Clube dos 13 é bem razoável, e justificaria uma revisão das regras dessa concorrência.

    A Globo fez um laudo provando que o valor mínimo do lance pela exibição em TV Aberta é financeiramente inviável. Os 500 milhões de cota não se pagariam com publicidade. A Record teria uma vantagem desleal nessa disputa porque não é um canal que é pago somente por propaganda, mas também pela Igreja Universal.

    E dessa forma, a Globo se recusaria a fazer proposta, deixando o caminho livre pra Record. Financeiramente, não seria ruim para a Globo, já que o IBOPE sempre cai na hora do futebol. Não importa se é na quarta depois da novela ou domingo depois do Faustão. A audiência SEMPRE cai.

    Resumindo: o futebol na Record fatalmente perderia feio no IBOPE para a Globo, diminuindo a exposição dos times na TV. E é isso que os times de grande torcida menos querem. O lucro maior pela cota da Record não compensaria o prejuízo de uma exposição menor, que levariam a receita de produtos licensiados a diminuir e provavelmente alguns grandes patrocinadores abandonarem o esporte.

    É bom rever a cota e os termos sim, pros times ganharem mais. Mas sair da Globo pra Record não é bom negócio pra eles.
     
  19. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    E o Sport, suposto campeão de 87, não disputaria a primeira divisão de 87 de acordo com as regras do brasileiro de 86. Antes da CBF jogar tudo pro alto e dizer pros clubes se virarem pra formar um campeonato.



    Não entendi a lógica.
    Futebol pode cair de ibope com relação a novela, mas elas não competem.
    Não conheço os numeros, mas futebol provavelmente é o programa cujo ibope menos cai depois do fim da novela, não? Talvez menos com o BBB agora.
     
  20. Knolex

    Knolex Well-Known Member In Memoriam

    Até filme ruim da Tela Quente segura mais Ibope que futebol.

    E lembre-se: na Record o plano é que os jogos de quarta sejam às 8. Ou seja: competição com Jornal Nacional e Novela das 8.
     

Compartilhar