1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

quincas

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por ricardo campos, 13 Ago 2011.

  1. ricardo campos

    ricardo campos Debochado!

    “cada qual cuide de seu enterro,
    impossível não há”
    Jorge Amado-A Morte e a Morte de Quincas Berro D'água





    quincas deveria estar morto...
    mas sua morte é uma grande
    e generosa mentira
    morreria ele tentando
    encontrar-se no último golo?

    quincas de fato não está
    nem aí para a morte...
    quantos velórios já esteve
    de corpo presente e alma
    vagabunda?

    todos os patifes deveriam ir
    ao seu enterro
    prestar-lhe as verdadeiras
    e derradeiras homenagens
    cantariam canções do meretrício
    e as putas chorariam diante de seu
    corpo...

    seu pai, jorge amado, o esperaria
    de braços abertos no
    elevador Lacerda
    (um ato simbólico talvez)
    seria esse o último itinerário
    desse baiano arretado chamado
    quincas berro d'água?...









    Ricardo Campos
     
  2. Rodovalho

    Rodovalho Usuário

    Quando li quincas eu pensei em borba, como projetou Machado. É porque ainda não li NADA do Amado.
     
  3. Tayana

    Tayana Usuário

    Eu também, pensei logo no Machadão, e também não lembro de ter lido Jorge amado...^^
     
  4. ricardo campos

    ricardo campos Debochado!

    Resumo

    Considerado uma das mais importantes obras da literatura brasileira, o livro conta história de Joaquim Soares da Cunha, respeitável cidadão casado e com filhos, que leva uma vida pacata de funcionário público.

    Um dia porém, o personagem resolve mudar seu destino, e assim, abandona a família para viver como um vagabundo, entregando-se aos vícios mundanos, especialmente a bebida, quando recebe o apelido de Quincas Berro D'água.

    Aí ocorre sua primeira morte, a morte moral decretada pela família, para evitar a humilhação perante a sociedade.

    A segunda morte ocorre de fato, descoberta por uma amiga de Quincas, quando foi visita-lo em seu quarto sujo, e comprovada por um médico. Seus familiares resolvem esquecer o passado vergonhoso, e para resgatar a memória respeitável de Joaquim, providenciam um velório e um enterro caro.

    Mas quando seus amigos de bebedeiras chegam ao velório e encontram o defunto com um sorriso, o tomam como vivo, arrastando seu corpo para uma noite de farra. A certa hora decidem usar um barco para passear no mar, mas uma súbita tempestade lança uma grande onda sobre eles, fazendo com que Quincas Berro D´água tenha a sua terceira morte.

    A partir daí surge a grande controvérsia: Para a família, Joaquim morrera de causas naturais; para os amigos, Quincas tirou a própria vida ao atirar-se nas águas do mar, pois temia ser enterrado num caixão.


    Fonte:
    http://pt.wikipedia.org/wiki/A_Morte_e_a_Morte_de_Quincas_Berro_d'%C3%81gua.




    Rodovalho e Tay. Esqueci completamente o Quincas do bruxo de Cosme Velho. Não tinha atinado para isso. É um livro interessante, ( A MORTE e A MORTE DE QUINCAS BERRO DÁGUA Jorge Amado Ed Record 1986- 103 Páginas) peguei na biblioteca pública (deixei para trás , Memórias de uma Gueixa..:rofl: fica para depois). Confesso que esse é o primeiro livro que estou lendo do Jorge Amado. Recomendo a leitura, estou gostando muito. Tô segurando para não ler rápido.

    “Pela janela aberta, o ruído da rua entrou, múltiplo e alegre, a brisa do mar apagou as velas e veio beijar a face de Quincas, a claridade estendeu-se sobre ele, azul e festiva. Vitorioso sorriso nos lábios, Quincas ajeitou-se melhor no caixão” pág. 52-. A MORTE e A MORTE DE QUINCAS BERRO DÁGUA- Jorge Amado.:sim:
     
  5. G.

    G. Ai, que preguiça!

    Eu gostei bastante dessa novela(acho que é novela), principalmente pelo seu tom humorístico!
    Achei legal esse poema sobre o livro, Ricardo:sim:
     
  6. Umav Ozatroz

    Umav Ozatroz Usuário

    Também pensei no Quincas do Machado, embora só me lembre do personagem em "Memórias Póstumas": o livro em si, tanto de Machado quanto de Amado, não li (ainda). De Amado só li "Capitães da Areia", na escola. Prosa pesada para adolescentes. Nada como um bom soco no estômago.

    Me parece ser um Policarpo Quaresma ao contrário... :)
     
  7. ricardo campos

    ricardo campos Debochado!


    Nesse livro que estou lendo está classificado como romance (Editora Record) apesar de que já li novela sendo a classificação do livro.Realmente o humor é a tônica do livro.Está me agradando muito a escrita do Jorge Amado.






    Realmente o Quincas Borba do Machado é mais conhecido. Posso dizer que foi “fogo amigo” Pensei em um e vocês recordaram do outro. A vida de um boêmio sempre é uma história interessante. Pode pegar e ler que esse não vai ser soco no estomago.
     
  8. Vinnie

    Vinnie Usuário

    Achei o seu poema sobre o Quincas (eu sabia que era o berro d'água...) isso de responder a uma obra imediatamente é o maior barato.... curto isso... de estar em contato com a obra e pensar: q q eu posso fazer com isso?

    Vc me surpreendeu quando fez Quincas encontrar o Jorge.. o resultado ficou bom.

    Salve.
     

Compartilhar