1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Quem tem medo de Machado de Assis?

Tópico em 'Autores Nacionais' iniciado por Jorge Leberg, 7 Mai 2008.

  1. Jorge Leberg

    Jorge Leberg Palavras valem por mil imagens

    Já postei esse tópico em outros fóruns e rendeu acalorados debates!

    Quase todo mundo conhece aquela velha história do temor que alguns estudantes têm de Machado de Assis. Essa animosidade ao meu querido "Bruxo do Cosme Velho" deve-se ao fato de que os alunos do Ensino Médio são obrigados a ler autores, como o Machado, que desde cedo são tratados como literatura difícil e pesada, e só. É claro que após um terrorismo deses muitos sentiram desânimo ao lê-lo e até mesmo o odiarão; só enxergarão o lado difícil de sua escrita. Não conhecerão as maravilhas da literatura machadiana, com seu delicioso pessimismo, sua linguagem irônica e refinada, seu desvelo da hipocrisia e das misérias humanas, suas digressões que são verdadeiras súmulas da nossa literatura. Eu me apaixonei por Machado porque li por vontade própria, por um interesse crescente suscitado por alguns bem-humorados e instigantes comentários que li e ouvi sobre ele. É assim que se incita o futuro leitor: comentando o melhor dos autores e até mesmo "proibindo" a leitura de algumas obras. Compreender - ou interpretar - a parte densa vai ser um desafio saboroso e enriquecedor para ele. E agora, eu queria saber: alguém aqui tomou ódio ou paixão por Machado pelos motivos supracitados (ou por outros)?

    P.S.: Esse ano é o Centenário de Morte do Machadinho. O Ministério da Cultura promete grandes eventos culturais em homenagem ao nosso maior escritor. Quem souber de novidades, divulgue no Fórum, por favor. Eu farei a minha parte.

     
  2. Fringway

    Fringway Andarilho do Norte (187)

    Machado de Assis é um dos melhores autores de todos. E isso não se restringe apenas ao Brasil. É uma pena que sua arte não seja tão difundida lá fora.
    Mas é um cara que merece todos os méritos.
    Um excelente novelista. E cada conto que ninguém explica:wink:

    E claro, ler Machado não é para qualquer um. Depende de maturidade e paciência, já que os assuntos tratados por ele são profundos e muitas vezes ele o faz de forma sutil.
     
  3. Glaunir

    Glaunir Usuário

    Machado de Assis está no top dos melhores escritores do mundo, sem dúvida!!! "O Alienista", por exemplo...nossa, simplesmente uma crítica mordaz aos Hospitais Psiquiátricos, picólogos e psiquiatras. Já me ajudou muito a ver as coisas de outra forma. E Memórias Póstumas de Brás CUbas, então? Eu o li aos doze anos e, desculpe, fez-me amá-lo desde então! Nunca mais esqueci o seu jeito fantástico de escrita ou as críticas sinceras que ainda cabem na sociedade de hoje.
    Fascinante!!!
     
  4. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    Os contos dele estão na lista de livros fa UFSM, tem esse O Alienista e sinceramente eu quero que caia o máximo possível :joy:
    Eu acho legal os contos, sempre tem algo a ser refletido e alguns com aquele q de mistério.
    Eu amei ler o Conto de Escola, nesse pequeno conto ele narrou como a corrupção pode corromper qualquer um e as análises que ele faz dos personagens são bem interessantes.
    Pra mim foi engraçado, foi através desses livros impostos pelas universidades que acabei gostando dele. Ouvia todo mundo falar, Machado :blah: E resolvi me concentrar no livro dele e não pensar nas opiniões alheias e sim no que eu iria achar...conforme ía lendo Brás Cuba fui gostando e depois li Dom Casmurro, e as discussões do tipo Capitu traiu ou não? rendeu várias conversas com minhas amigas e com os professores.(até em discussões em fóruns-orkut xD)
    Agora estou lendo os contos, alguns não estou gostando e outros estou gostando e assim vai indo =]
    Penso que às vezes, os alunos temem o Machado, pq é uma leitura difícil e muitos não entendem e ficam meio que traumatizados, mas não é culpa deles, pois os mesmos não estavam na idade de ler Machado ou até mesmo não estavam preparados.Porque não é uma literatura fácil não.Muitas vezes os professores se acham e jogam os livros dele, goela a baixo dos alunos e querem que eles entendam... mas, muitas vezes nem os professores compreendem o Machado.Pois, até ele mesmo não se entendi, acho eu xD
    o cara era meio complicado mesmo...não só ele, é coisa do ser humano, é difícil entendermos nos mesmos...tá parei de filosofar XD
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  5. Glaunir

    Glaunir Usuário


    Nossa, parabéns pela crítica!!!:think: Sabe, você tem uma opinião crítica muito bem formada e é legal ver que parece ser alguém que constagia os outros com essa postura! A parte em que você diz "nem os professores entendem Machado". Concorso, sim!!! Até porque os professores brasileiros não são lá tão qualificados quanto os professores da Finlândia, não é mesmo???
    Pessoal, Machado de Assis é muito importante justamente porque coloca situações para serem pensadas de uma intensidade assustadora.
     
  6. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    Obrigada ^^

    Realmente tens uns que eu tenho que ler duas vezes para entender e mesmo assim não fica 100% claro :tsc:
    Então, fico tentando me "auto-explicar" só que não dá certo às vezes:doido:
     
  7. Não tenho medo mas, sinceramente, não consigo gostar dele...já li várias coisas de Machado de Assis e não conseguiu me prender a atenção.. me surpreender...
    Pra mim o autor tem que fazer que seu livro tome a atenção total do leitor...e ele não consegue fazer isso comigo.

    Desculpe-me os fãs mas...

    obs: não que eu não entenda o que está escrito, pois eu consigo interpretar muito bem mas...é questão de gosto mesmo...acho que é porque eu prefiro o gênero fantasia...
     
    Última edição: 29 Mai 2008
  8. Izze.

    Izze. What? o.O

    Muita gente tem medo não só de Machado, mas de todo e qualquer livro. É o espírito semi-analfabeto de boa parte dos brasileiros.

    Eu estava meio receosa de ler Machado, isso é por falta de preparação mesmo. Porque sim, como disseram, tem que se estar pronto para ler. Eu sou fã de Tolkien mas não me sinto pronta pra ler Contos Inacabados, por exemplo (peguei e não conseguir prosseguir na leitura). Com Machado foi igual. mas eu nem chegava a tentar ler. Um dia um professor resolveu botar os alunos pra ler e caiu em minhas mãos Esaú e Jacó. Li e com muita vontade e adorei o livro. Depois li Dom Casmurro, e só não li mais nada dele por preguiça. Morro de vontade de ler Memórias Póstumas, pois vi o filme e adorei, e livro sempre é melhor que filme, não? Mas a preguiça persiste, mas é só isso, e não medo.

    Então, leiam Machado! Ele não mata ninguém (não fora das páginas). =B
     
  9. Van Norden

    Van Norden Banned

    Aprendam uma coisa: se leu e compreendeu Schopenhauer, tornando-se depois um escritor, então é praticamente impossível se tornar um mau escritor. No Brasil tome como exemplo Augusto dos Anjos e Machado de Assis; fora do Brasil tome como exemplo Thomas Mann, J.L. Borges, Nietzsche entre outros. Schopenhauer funciona como um radar para belas obras.
     
  10. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    Ah isso é normal, gostar de tal escritor não é uma regra.
    Igual apareceu no Jô hoje, um pia de 15 anos que escreveu um livro e ganhou prêmio e tal...Daí, o Jô perguntou o que ele já leu, respondeu que leu Agatha,Harry Potteres..e o Jô indagou e SdN? Logo respondeu que não gostou, não passava do terceiro capítulo e até o Jô emendou que tb não leu, achava que tinha anéis demais,brincando...
    enfim, apesar de discordar eu respeito a opiniões deles...
    penso que não é pq a pessoa não gosta do escritor x que irá ser menos inteligente.. cada um tem seus interesses =]
     
  11. Grahan

    Grahan Sim, eu me divérto

    É interessante porque muitos dos fantasmas criados em torno do Machado são formados pelas pessoas que nos "incentivam" a leitura do cara. É uma posição, pelo que vi aqui, universalizada, presente em todo Brasil, infelizmente. Lembro que à 5ª série, uma amiga minha adorava Machado, mas lia com um dicionário do lado, fazendo um drama de "intelectualidade e compreensão gramática e vocabular ao extremo", etc. Daí aquilo me irritava. Ela lia mais o dicionário do que o livro. Adquiri por isso um preconceito de Machado. Não me agradava a idéia de não compreender o contexto da história e ter que recorrer ao dicionário para isso.
    Este ano, no entanto, com o centenário do autor, a faculdade começou a falar muito bem dele e também a própria mídia: matérias em jornais, na TV, mas enfim... tudo isso me despertou curiosidade. Comprei, então, Memórias Póstumas e achei muito interessante. Hoje estou lendo Quincas Borba, matando a curiosidade se o Quincas de "Memórias..." é o mesmo do livro que tem por título o nome do personagem, e conhecendo ainda mais a obra machadiana.
    Hoje admiro bastante e me interesso cada vez mais por conhecer a obra de Machado. O negócio é ganhar os leitores pela curiosidade e não pelo medo.
     
  12. Pam EQA

    Pam EQA Usuário

    Admiro Machado de Assis, e gostei dos livros dele que li até agora (Dom Casmurro, Quincas Borba, A Mão e A Luva, além de vários contos). Acho incrível a forma de ele descrever as características e as emoções de suas personagens, e de estender, com tanta riqueza de detalhes, um simples acontecimento corriqueiro de sua época, num complexo romance.
     
  13. Tarik Khalil

    Tarik Khalil Usuário

    Tenho que admitir que não li tantas obras de Machado de Assis, e não me encantei por Dom Casmurro, apesar de reconhecer que é um livro muito bem escrito.

    Porém... O Alienista é um excelente livro. Certamente um dos melhores livros de autores brasileiros que já li.
     
  14. Key

    Key Usuário

    Eu realmente não suporto Machado de Assis. Não consigo entender o que de tão bom vêem nele (assim como na banda Within Temptation. hehe).
    Já li váriosssssss dele (faço Letras) e só consigo gostar de Dom Casmurro.

    O pior livro q já li na minha vida foi O Alienista. Foi o livro q mais demorei em toda a minha vida para ler! e olha q ele é pequeno!
     
  15. Hellchan

    Hellchan Bad things with you...

    Eu gosto dele, li poucos livros
    Helena foi o primeiro livro que a escola me obrigou a ler, e eu torci o nariz e li o resumi
    mais em compensação, quando me obrigaram a ler O Alienista, o livro era tão fininho, que eu resolvi arriscar XD
    E ainda bem!
    Foi quando eu descobri o quanto o cara é bom.
    Depois disso também ri Memórias Póstumas, e tem outros na fila, mais ultimamente ta difícil.
     
  16. Key

    Key Usuário

    ah, gostei do Memória tbem.
     
  17. Hellchan

    Hellchan Bad things with you...

    Mais eu ainda prefiro O Alienista
     
  18. Valacirca

    Valacirca Youth Gone Wild

    Li Machado de Assis a pedido da escola. Li pouca coisa, mas o pouco que pude conferir eu gostei bastante. Não canso de discutir se Capitu traiu Bentinho ou não, e achei muito interessante o ponto de vista de Brás Cubas em relação à sua vida.
    Nunca achei Machado de Assis uma leitura tããão difícil assim. Particularmente, acho Fernando Pessoa (e seus milhares de heterônimos) bem mais complexo.
     
  19. Pescaldo

    Pescaldo Penso, logo hesito.

    A linguagem dele é complicada pra quem vive hoje em dia, na época era acessível e o complicado era pegar as ironias contidas nas frases. E a sua professora não deve estar por dentro do meio acadêmico: temos especialistas em Machado de Assis ao redor do mundo, muitos dos quais estão na Inglaterra.

    E a Capitu não traiu. Tem até uma galera que diz que é Bentinho quem traiu Capitu. Com o Escobar.

    PS: meu preferido dele é Memórias Póstumas. Fabuloso.
     
  20.  

Compartilhar