1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Quem tem mais razão: Aldarion ou Erendis?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Anakruss, 18 Abr 2004.

  1. Anakruss

    Anakruss Usuário

    vc q leu o Contos Inacabados e, portanto, leu a história de Aldarion e Erendis, qm vc acha q tinha + razao?

    Aldarion: q amava Erendis, porem amava mais o mar. E durante anos navegou, navegou e esqueceu da familia.

    ou

    Erendis: q queria o marido só para si, longe das águas. Conforme o tempo foi passando foi ficando fria e amarga.


    o q vcs acham? vale apena jogar os sonhos fora pelo amor, ou vice-versa? :o?:
     
  2. Swanhild

    Swanhild Usuário

    Ambos começaram errados, eu acho, preocupando-se apenas em fazer com que o outro aceitasse seu estilo de vida, sacrificando o seu próprio. Mas Aldarion pelo menos adquiriu uma visão de mundo maior, e com isso passou a preocupar-se com outras coisas além de si mesmo - como a manutenção dos assentamentos numenoreanos na TM e da aliança com Gil-galad. Cuidar disso custou alguma coisa para ele (em pelo menos uma ocasião ele ficou na TM mais do que desejava ter ficado). Erendis em comparação nunca quis abdicar de nada e sempre pensou apenas em si mesma. No final, Aldarion foi capaz de continuar com sua vida sem Erendis, enquanto que ela, que humilhara Aldarion, se permitiu cair em uma vida mesquinha, ruim para ela e para a filha, e sem na verdade nunca consequir esquecê-lo.
     
  3. Anakruss

    Anakruss Usuário

    tb concordo, mas é uma discussão dificil quando se tem lados tão opostos.
     
  4. Goba

    Goba luszt

    Concordo com a Swanhild, mas creio mais numa questão de paixão do que razão. Aldarion dedicava-se para o mar em funlçai de seu amor por este. Erendis não aceitava este, pois queria Aldarion para si, pois o amava muito. Amores díspares, que não foram conciliados.
     
  5. Ephemera

    Ephemera Usuário

    Nossa eu tava falando outro dia com minha irma que eu vou reler esse conto, quando eu li a tempos atraz eu achei ele muito perfeito é emocionante mais nao me lembro muito bem, tudo que lembro é que eu ficava triste por ela, e me dava raiva dele tinha horas, quando ela levas as folhas para por na proa do barco e tal é muito triste.

    Quem eu acho que tinha razao? Bem nenhum dos dois sabe? Ele a deixava muito so ja ela, ela podia ter ido com ele, toda viagem ela podia encarnar e entrar no barco de qqr geito, ela perto dele ele perto dela e do mar, problema resolvido... :mrgreen:
     
  6. Minduim

    Minduim Suburban Kid w/ Biblical Name

    Acho que o Aldarion exagerava um pouco na sua paixão pelo mar, mas a Erendis deveria ter um pouco de noção de que ele tava casada com o herdeiro de Numenor, e um cargo dessa importância não deixa muito tempo livre pra se preocupar com a família. Infelizmente é assim que funciona. Ele tinha de sacrificar seu convívio familiar por causa de seu reino. Triste porém correto...
     
  7. Rosselin

    Rosselin Usuário

    Como todos os cabeças duras de Tolkien, (leia-se Feanor e Turin) Erendis se deu mal, e o pior arrastou a filha com ela...
    Concordo que os dois estavam errados, mas ela foi pior....
     
  8. Swanhild

    Swanhild Usuário

    O detalhe aqui, Charlie, é que Aldarion também negligenciou suas obrigações com o reino em favor de seu amor ao mar - tá, estou forçanco a barra aqui, mas ao menos na juventude Aldarion estava muito mais interessado em satisfazer sua paixão pelas viagens do que em por exemplo se casar logo (um herdeiro que fica solteiro por muito tempo sempre causa ansiedades... :roll: ). Levou algum tempo para que suas viagens à Terra Média deixassem de ser um divertimento pessoal e passassem a ser parte da política externa de Númenor, por assim dizer.

    Agora, é verdade que, como rei, Aldarion teria pouco tempo para se dedicar à família, mesmo que ele não viajasse tanto. O que eu fico pensando é se ela ainda teria ciúmes dele mesmo que ele não viajasse tanto, mas se ocupasse com o governo de Númenor a ponto de não ter tempo para se dedicar à família. Desconfio que ela teria.
     
  9. Arcanjo Tyrael

    Arcanjo Tyrael The truth is out there

    Minha opinião é a seguinte, Aldarion, se não me engano, nunca mentiu para Erendis o quanto amava o mar, e que nele se via todos os dias, e que quando estava afastado dele, se sentia fora do ninho, e mesmo assim Erendis o amou e se casou, mas ele não havia prometido largar seu amor por outro, e ela quiz que ele o fizesse. Não minha opinião, nesse caso, a errada foi Erendis, porque não foi clara com seu amor sobre suas pretenções.
     
  10. Lothiriel

    Lothiriel Usuário

    Nao acho errado Erendis se incomodar com o tempo que Aldarion passava no mar, e todo o amor que ele tinha pelo mar, ela esperou ele MUITO tempo, e que com tudo isso, ele ainda se lançava ao mar e chegava muito tempo depois, nao acho errado ela ter ficado daquele jeito.
    Ja ele, sempre teve a sua paixao pela navegação e ela sabia disso como disse o Arcanjo, só acho que ele deveria se dedicar um pouco a familia tambem, e a conlusao que ele chegou no fim, deveria ser a que ele sempre deveria ter pensado, nao deveria ter se casado se nao consegue ficar "parado".
    Ou seja, pra mim os dois nao deveriam nunca ter se casado :lol:
    Eu gosto da historia, ela é diferente das outras porque eles se divorciam, é interessante.
     
  11. Ange||us

    Ange||us Usuário

    Um sabia do que o outro gostava antes de se casarem, portanto acho q eles ja deveriam imaginar que haveria alguns atritos a respeito das viagens e tal... como ninguem se adaptou aos costumes de ninguem... deu no que deu, uma pena ! :?
     
  12. Enerdhil

    Enerdhil Usuário

    Em briga de marido e mulher, é melhor não meter a colher ... :lol:
     
  13. Minduim

    Minduim Suburban Kid w/ Biblical Name

    Ela era doentiamente ciumenta, tenho quase certeza absoluta de que ela teria ciúmes dele se ele largasse dela em favor do reino.

    Swan, o fato de os dois terem se divorciado não iria contra o catolicismo de Tolkien? Não me lembro do final do conto direito, eles viveram mais felizes separados?
     
  14. Lothiriel

    Lothiriel Usuário

    Se ia contra o catolicismo de Tolkien eu nao sei, o fato é que eles se divorciaram e viveram separados, e nao felizes para sempre, pelo menos nao a Erendis que ficou pra sepre "mal humorada" :wink:
     
  15. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    É justamente por isso que eu tomei um grande susto enquanto lia esse texto. Tolkien quase nunca pende demais para o lado "realista" (literariamente falando). Ele sempre me pareceu um escritor amante irrestrito da ficção, da invenção e do fantástico. Apesar de esse conto ter seu lado de fantasia (a vida prolongada de Aldarion é um elemento importante no estabelecimento da tensão), ele é distoantemente "real". É um drama relativamente simples, mas que toca em temas universais: o egoísmo, o orgulho.

    Eu sempre considerei a Erendis orgulhosa demais. É inegável que o Aldarion exagerou mesmo na dose ao ultrapassar em anos os prazos que dava para seu retorno, mas ainda assim ela poderia evitar tudo isso se fizesse um esforço e partisse nas viagens com ele. São tocantes os motivos que ela dá para permanecer, mas era casada com o herdeiro de Númenor, tinha consciência das suas obrigações. Não à toa que as expedições de fortificações de Aldarion mostraram-se fundamentais nas guerras do futuro, era um dos maiores políticos dessas histórias todas que conhecemos.
     
  16. °Arien°

    °Arien° Usuário

    Não vou dizer que um tinha mais culpa que o outro, mas em alguns momentos os dois poderiam ter se esforçado mais...
    Mas apesar de eu não gostar da Erendis ter acabado do jeito que acabou, acho que Aldarion poderia ter sido mais compreensivo com ela, ter entendido que ela ficava daquele jeito pq o amava e não suportava a distância entre os dois. Acho que em certas ocasiões ele devia desculpas a ela, deveria ter sido mais compreensivo, isso teria diminuído a distância que crescia entre eles..
    Verdade, eu também estranhei um pouco que Tolkien tivesse escrito esse conto, mas é um dos que eu mais gosto :)
     
  17. Swanhild

    Swanhild Usuário

    Sobre se o divórcio ia contra o catolicismo de Tolkien: sim, ia. Mas isso não eliminava o divórcio do mundo. O Tolkien estava contando a história de duas pessoas que se amavam mas não podiam viver juntas. Não faz sentido que eles tenham se separado se suas posições eram irreconciliáveis? A história poderia ter tido um dos seguintes fins: ou eles se separariam, ou iam continuar vivendo juntos e sendo muito infelizes, ou um dos dois ia acabar mudando de opinião sobre o estilo de vida do outro - e nesse caso o Tolkien teria tido um trabalho danado para construir uma situação em que um dos seus personagens viesse a mudar de idéia sem perder a credibilidade para nós.

    Maglor, a chave da história é que ambos começaram sendo egoístas. Se Erendis estava negligenciando sua obrigação como esposa do herdeiro de Númenor, como você diz (e com o que eu não concordo inteiramente), Aldarion não estava sendo menos negligente do que ela ao passar tanto tempo longe de Númenor, especialmente em sua juventude. A ilha naquela época estava longe de ser uma potência marítima, e a maior obrigação de um príncipe jovem não era passar a meior parte do seu tempo arriscando sua vida em viagens nas quais ninguém via sentido, mas sim casar-se logo e assegurar a sucessão tendo filhos. E mesmo depois de casado, Aldarion demorou a ter filhos, e não teve um filho homem, o que o levou a mudar a lei de sucessão mais tarde; e essas coisas não se fazem sem algum custo. Se você pensar, Erendis negligenciou menos suas obrigações como futura rainha do que Aldarion negligenciou as dele como herdeiro.

    Aldarion só passou a ser menos errado do que Erendis quando deixou de fazer as viagens por puro prazer pessoal. Na época em que brigou com Erendis ele não estava mais pensando em si mesmo, mas havia assumido compromissos com Gil-galad que ele não podia largar de uma hora para outra. Meneldur, pelo menos, percebeu que seu filho amadurecera ao ler a carta de Gil-galad, mas Erendis nunca quis saber.
     
  18. Elentari R*

    Elentari R* Usuário

    Eu acho exatamente isso, Swanhild. Ambos começaram errados, mas no princípio, a posição dela era bem razoável, e a dele, mais egoísta e irresponsável. Mas depois, ele amadureceu e assumiu responsabilidades, enquanto ela foi ficando mais teimosa e mais "não-querendo-saber".
     
  19. Little Fairy

    Little Fairy Usuário

    Sei lá, como dizia minha avó:Em briga de marido e mulher não se mete a colher...
     
  20. Acho que ambos estavam errados, e tenho dó dos dois!
    Pq apesar de o fim do conto só falar de Erendis querendo voltar para Aldarion, quem não se lembra, que quando eles caminhavam juntos sob as árvores,Tolkien diz que aqueles foram os momentos mais felizes da vida de Eldarion, embora ele só fosse se lembrar disso no fim de seus dias.
    O que acabou com os dois foi o orgulho, pq qd Aldarion voltou de sua última viagem antes do divórcio(que para variar durou num sei qts anos a mais do que supostamente diraria, apesar da culpa não ser dele) a vontade dos dois era de pular um no pescoço do outro e matar a saudade, mas Erendis esperou que Aldarion pedisse perdão pela demora, algo que Aldarion não fez, e não deu o braço a torcer que na verdade ele ainda amava Erendis e a desejava.
    Na verdade, Erendis nunca impediu que ALdarion viajasse, td bem que ela não concordava, e se tornava egoísta às vezes, mas pensemos pelo lado dela:Ela Amava Aldarion, e tinha a vida masi curta que a dele, pis ela era da casa de Beör e ele da casa de Elros.
    Aí vcs falam que ela tinha que entender que era assim que ele se sentia feliz...eu tbm acho...mas ele tbm podia ter pensado nela...
    AH...de mais a mais eu sou fã do ALdarion, eu acho ele realmente o "cara", mas num dá pra desfazer de Erendis, ela tinha suas razões, e corretas coitada...
     

Compartilhar