1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Quase metade dos brasileiros apoia tortura para obter provas

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 6 Jun 2012.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Caiu nos últimos dez anos o número de pessoas que são totalmente contrárias a aceitação de provas obtidas com tortura nos tribunais, segundo pesquisa do NEV (Núcleo de Estudos da Violência) da USP divulgada hoje. Ao todo, foram ouvidos moradores de 11 capitais brasileiras.

    Segundo os dados de 2010, 52,5% dos ouvidos discordam totalmente com o uso de tortura para obter provas e 47,5% concordam totalmente, em parte ou discordam apenas em parte com a prática. Em 1999, a mesma pesquisa apontava 71,2% dos brasileiros totalmente contrários à tortura e 28,8% concordavam totalmente, em parte ou discordavam em partes.

    Na análise por cidades, Goiânia é o que tem maior percentual de moradores que discordam totalmente com a tortura, seguido por Belo Horizonte e São Paulo. Já entre os que concordam totalmente, em parte ou discordavam em partes com a prática, o destaque é de Porto Velho, com 75,3% das pessoas com essa opinião.

    Sobre a ação policial, caiu o percentual de pessoas que desaprovam o uso da força. Apesar disso, a maioria ainda é contrária. O número de pessoas que discordam totalmente com a invasão de residência caiu de 78,4% para 63,8%, com o ato de atirar em suspeito caiu de 87,9% para 68,6%, e quanto a agressão de suspeito caiu de 88,7% para 67,9%.

    ESTUPRO

    A pesquisa apontou ainda que a maioria da população defende a pena de morte ou a prisão perpétua para estupradores. Conforme os dados, 73,8% dos entrevistados são a favor de penas mais duras para os condenados por estupro.

    Ao mesmo tempo, 51,8% dos entrevistados dizem ser contrários à pena de morte. Atualmente, estupradores podem ficar no máximo 12 anos presos, segundo o Código Penal.

    afirma a psicóloga Nancy Cardia, coordenadora do trabalho.

    Na pesquisa, foram feitas 4.025 entrevistas com maiores de 16 anos nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador, Recife, Fortaleza, Belém, Manaus, Porto Velho e Goiânia.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Tropa de elite fazendo seguidores.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  3. abylos

    abylos Usuário Usuário Premium

    Acho que o aumento da violencia em geral e audacia dos bandidos também contribui para essa mudança...

    Eu não respondi essa pesquisa. Alguém aqui respondeu?
     
  4. Lu Meyn

    Lu Meyn Usuário

    Não respondi...

    Mas naquelas, acho pena de morte totalmente correta. É melhor que ficar sustentando o mané na cadeia por 10 anos.
    Enfim, se o estado tivesse dinheiro para tudo, tudo bem =)
     
  5. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Sou contra pena de morte. Vida é vida.

    Maaaans... em certos casos acho que parece ser a única solução. No entanto acho isso preocupante, essa gana de passar por cima da humanidade de outrem pra conseguir benefícios.
     
  6. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Brasileiro já vive sob tortura,

    corrupção, cúrrupção, violência, impunidade, baixos salários, mau uso da democracia, safadeza, saúde e educação de péssima qualidade, penitenciárias de insegurança máxima, falta de moradia, saneamento básico de péssima qualidade, ser corintiano, atleticano e assim vai...
     
    • LOL LOL x 5
    • Gostei! Gostei! x 4
  7. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Ai você se contradiz. :mrgreen:
     
  8. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Nem tanto.
    O problema da pena de morte é o mesmo do aborto: ele parece ser a única solução para determinados casos, mas você sempre se depara com o valor inestimável da vida. Aí vem todas aquelas discussões morais, metafísicas, jurídicas etc.
     
  9. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Isso é preocupante, não podemos deixar que a violência se banalize, no fundo é isso, se o bandido pode me ferir, então o Estado também pode, não que eu seja a favor quando se sabe que a pessoa é culpada, mas e se a pessoa for inocente? O que o Estado faz? Pede desculpa, e como Fusa disse (ou eu assim interpretei) são filmes desse tipo, que retratam o policial "atuante" como herói que populariza essa visão, eu não gosto desse filme, na verdade nem o vi, mas sei da trama, não me atrai, podem me chamar de não-patriota, mas nesse ponto eu prefiro a abordagem de alguns filmes americanos, como Dia de Treinamento ou Rede de Corrupção onde quem faz coisa errada, independente de que lado da lei esteja, está errado.

    Parece que quanto mais o tempo passa o ser humano fica pior, aquela visão que estamos melhores do que antes nunca foi verdade.
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  10. Agora só falta trazerem os gladiadores de volta.
    Ser humano não melhorou não, só maquiou um pouco, de vez em quando aparece.
     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar