1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Quando Fala o Coração (Spellbound, EUA, 1945)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 14 Jul 2014.

?

Sua nota para o filme:

  1. 10

    0 voto(s)
    0,0%
  2. 9

    0 voto(s)
    0,0%
  3. 8

    0 voto(s)
    0,0%
  4. 7

    100,0%
  5. 6

    0 voto(s)
    0,0%
  6. 5

    0 voto(s)
    0,0%
  7. 4

    0 voto(s)
    0,0%
  8. 3

    0 voto(s)
    0,0%
  9. 2

    0 voto(s)
    0,0%
  10. 1

    0 voto(s)
    0,0%
  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Sinopse: A dra. Constance Petersen (Ingrid Bergman) trabalha como psicóloga em uma clínica para doentes mentais. O local está prestes a mudar de direção, com a substituição do dr. Alexander Brulov (Michael Chekhov) pelo dr. Edward (Gregory Peck). Ao chegar o dr. Edwards surpreende os médicos locais pela sua jovialidade e também por seu estranho comportamento. Logo Constance descobre que ele é na verdade um impostor, que perdeu a memória e não sabe quem é nem o que aconteceu com o verdadeiro dr. Edwards.

    Direção: Alfred Hitchcock

    Elenco: Ingrid Bergman, Gregory Peck, Michael Chekhov, Leo G. Carroll

    Trailer
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Curiosidades:

    - Alfred Hitchcock convenceu o produtor David O. Selznick a comprar os direitos de adaptação do livro de John Palmer e Hilary St. George Sanders para o cinema. A quantia paga foi de US$ 40 mil. - David O. Selznick queria que "Quando Fala o Coração" fosse baseado em suas experiências com psicólogos, o que fez com que contratasse um deles para ser consultor técnico durante as filmagens.

    - É um dos primeiros filmes feitos em Hollywood cuja trama usa a psicanálise.

    - O diretor Alfred Hitchcock aparece em cena aos 40 minutos, ao sair do elevador do Empire Hotel. Ele está carregando um violino e fumando um cigarro.

    - A sequência do sonho foi criada por Salvador Dali, que foi convidado a participar do filme por Alfred Hitchcock. O diretor, que era admirador de seu trabalho, acreditava que Dali seria o único que poderia criar uma imagem de sonho que inicialmente seria incompreensível ao público, para depois ser explicada através da psicanálise.

    - David O. Selznick queria que o compositor Miklós Rózsa aumentasse a orquestra de violinos de 14 para 28, para obter um efeito parecido com o obtido por Franz Waxman em Rebecca, a Mulher Inesquecível (1940). - Segundo o compositor Jerry Goldsmith, sua carreira foi inspirada na trilha composta por Miklós Rózsa para "Quando Fala o Coração".
     

Compartilhar