1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Qual é o melhor mago ou sorceres?

Tópico em 'RPG' iniciado por Sarcasmo, 6 Mai 2004.

  1. Sarcasmo

    Sarcasmo Funfamento

    Bomm isso é realmente uma duvida entre vaius fãs de rpg qual é o melhor mago ou feiticeiro.......... deem a sua opinião e o pq :o?: :o?: :o?: :o?: :o?: :o?:
     
  2. led_z

    led_z Usuário

    Com certeza magos.

    Em virtude de várias vantagens, a única desvantagem é o fato de que você precisar decorar as magias préviamente, e sem o seu grimório, a coisa complica.
     
  3. Sarcasmo

    Sarcasmo Funfamento

    Bom mais o sorceres solta pela a carisma e naum precisa decora magia
     
  4. Denelgor

    Denelgor Usuário

    sim, verdade, o feiticeiro naum precisa decorar magia e nem preparala.... agora seu problema eh q ele soh pode aprender magias novas a partir de mudança de nivel, eq ele naum ganha talento metamagico (no começo pode naum fzer muita diferença,mas depoiis faz...)

    a vantagem do mago é poder aprender magias novas, ganhar talento, ter mais pericia (devido à int.) e etc....

    resumindo mago = melhor..
     
  5. Feiticeiro é para campanha que o jogador não quer se importar com evoluções a longo prazo mago tem pontencial maior para se tornar algo mais poderoso..mas não podemos dizer que é um melhor que o outro..cada caso é um caso,é uma quastão de como o jogador vai diministrar o personagem :D
     
  6. FendiOrc

    FendiOrc Usuário

    Eu prefiro muito mais os Feiticeiros aos Magos.

    Só pela aptidão mágina natural, que não é proveniente de estudos, já é muito mais legal do que um mago... Pelo menos é o que eu acho.

    FendiOrc
     
  7. Hack

    Hack Lord Kpota

    Magos.
     
  8. Spellbinder

    Spellbinder Usuário

    Magos, pelos talentos, por aprender magia sem precisar aumentar de nível, por ter que usar inteligência, que influência em mais perícias, e bla bla bla...
     
  9. Ka Bral o Negro

    Ka Bral o Negro Tchokwe Pós-Moderno

    Analisando somente o contexto, prefiro feiticeiros.

    É que prefiro a magia natural, intrísceca, ao invés de 'receitas de bolo'.

    Pelas regras, o mago possui leve vantagem.

    Mas eu jogo pela interpretação, e não por regras.
     
  10. Sarcasmo

    Sarcasmo Funfamento

    Jogar pela interpretação deixa qualquer regra no chinelo Ka Bral. Nem sempre o cara mais porrador ou sabio sao os melhores. Um covarde se interpretado descentemente é bem melhor
     
  11. Spellbinder

    Spellbinder Usuário

    É como foi na minha última aventura. Eu era o mais fraco de todos o personagens, no entanto era o que mais fez para acabar a aventura. E eu era um ranger, a classe mais desfavorecida. Mas até hoje meu mestre comenta que ele foi o melhor personagem para o qual já mestrou.
     
  12. Faram¡r

    Faram¡r Dr. Benway

    A principio eu odiei a criação do Sorcerer, por ele quebrar a tradição da Magia em D&D de forma tão tosca. Magia em D&D sempre foi uma tradição dos estudiosos, sobre resquicios de maravilhas do passado. Uma vez a magia já foi grandiosa, mas ao longo do tempo se reduziu a uma forma menor e ritualizada, e são poucos aqueles que conseguem ir além disso (criando magias próprias). O Sorcerer tem a magia para intrínseca, mas porque raios as magias que eles soltam tem a mesma forma tradicional das magias dos Magos, se a própria essencia dela mudou? Isso é tosco.

    Mas com o tempo, eu me acostumei a ideia de terem pessoas que soltam magia naturalmente, só achei usarem as mesmas regras dos Magos uma coisa tosca.

    Outro detalhe, botar a magia dos Bardos como natural foi horrivel, mudou a essencia do personagem. O Bardo sempre foi o faz tudo, o estudioso de todas as coisas. Porque raios ele lança magia naturalmente, qual a explicação? Era muito melhor ele lançar magias como magos, como resultado de seus estudos. Claro que botaram isso para deixar a classe menos fraca, uma vez que deixa como atributo chave dos bardos o carisma, seguido por destreza. Dai o bardo não precisa ter uma inteligencia tão alta. Fizeram isso por conta das regras, mas em termos de lógica ficou ruim.

    Sobre a pergunta do tópico, não importa eles terem posto os Sorceres com o mesmo repertorio de magias fixas dos Magos, mesmo a magia não sendo uma coisa ritualistica para eles, continua havendo um desequilibrio. Não importa eles terem lançado a edição 3.5 e terem enfraquecido os Magos, eles continuam mais poderosos que os Sorcerers. Isso em termos de poder claro, para interpretação ambas as classes são interessantes, como as outras.
     

Compartilhar