1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Qual a ligação entre a Árvore Branca e a linhagem de Elendil?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Éomer, 27 Out 2008.

  1. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Está escrito no Silmarillion que Nimloth, a Árvore Branca de Númenor, havia sido dada como presente aos numenorianos pelos Eldar de Eressëa. Está árvore era uma muda de Celeborn, a árvore branca de Eressëa. Esta, por sua vez, era uma muda de Galathilion, a árvor de Túna, copia de Telperion que havia sido criada por Yavana e dada de presente aos Eldar.

    Pois esta árvore (e todas as suas descendentes) parece estar profundamente ligada a história de Númenor e dos reinos numenorianos fundados na Terra Média.

    Quando os numenorianos começaram a questionar a dádiva dos valar e negligenciaram os cuidados à arvore ela começa a definhar. Já Tar-Palantir, o último rei fiel, retomou os cuidados a árvore e profetizou que quando esta morresse também chegaria ao fim a linhagem dos reis em Númenor.

    Ar-Pharazon, o Dourado, irremediavelmente seduzido pelo mal, deu ouvidos a Sauron e finalmente cortou a Árvore Branca. Mas antes disso Elendil, filho de Amandil, líder dos Fiéis, se expondo a grandes perigos, roubou um fruto de Nimloth. Esse fruto foi plantado por seu pai, e quando sua primeira folha se abriu, Elendil - acamado devido aos ferimentos recebidos durante o roubo do fruto - se levantou completamente curado.

    Após a queda de Numenor e fuga dos fiéis para a TM, a muda de Nimloth foi plantada por Isildur em Minas Ithil. Foi destruída por Sauron, quando este tomou a cidade e então Isildur plantou a última muda em Minas Anor (futura Minas Tirith) e aí, durante o apogeu de Gondor a Árvore cresceu e outras mudas foram plantadas e era grande o esplendor de Gondor e o poderio de seus reis.

    Mas quando a linhagem dos reis foi interrompida a última Árvore Branca persistiu durante algum tempo em Minas Tirith e morreu, durante a regência de Belecthor II, sendo deixada de pé até que "o rei retornasse", pois não foi encontrada nenhuma outra muda.

    Então finalmente temos a acorrência da Guerra do Anel e Aragorn, herdeiro de Elendil através da linhagem do norte, assumiu o trono foi finalmente encontrada uma nova muda. Isso é descrito numa das mais belas passagens do RDR quando Aragorn, cheio de dúvidas sobre o seu reinado e sobre a continuidade de sua linhagem, se questiona como as coisas poderão ser diferentes já que a Árvore está seca e estéril?

    Então ele é levado por Gandalf ao monte Mindolluin onde uma nova muda é encontrada e plantada, com a Árvore antiga sendo depositada junto aos túmulos dos reis em Rath Dinen. Após isso Arwen chega a cidade e se casa com Aragorn, sendo assim reestabelecidos a linhagem e o poderio dos Reis dos Homens.


    E qual seria então a ligação entre a Árvore branca e a linhagem dos reis dos homens? Teria Elendil ligado as duas linhagens pelo fato de a ter salvo definitivamente da destruição arriscando a sua própria vida? Ou a ligação seria ainda mais anterior, pelo fato da árvore ter sido uma dadiva dos valar aos elfos e posteriormente aos homens? O que vocês acham?
     
    Última edição: 27 Out 2008
  2. Tilion

    Tilion Administrador

    A árvore é um símbolo da fidelidade da linhagem de Elendil para com o Oeste (isto é, Valinor), já que veio de lá em essência.

    Aragorn encontrar a muda é um ato de confirmação dessa fidelidade, significando que a linhagem permaneceria fiel ao Oeste. O ato todo é fortemente simbólico e Gandalf estar ali junto faz com que ele sirva justamente como um representante dos Poderes do Oeste.
     
    Última edição: 27 Out 2008

Compartilhar