1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Qual a diferença entre uma pessoa teimosa e negligente?

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Sabrine Crystal, 2 Out 2016.

  1. Sabrine Crystal

    Sabrine Crystal Usuário

    Até aonde eu saiba existem algumas diferenças mas também tem várias semelhanças:

    Uma pessoa teimosa é aquela que não escuta ninguém, não cede opiniões a terceiros, acha que está certa mesmo sabendo que está visivelmente errada, gosta de distorçer a realidade e não quer enxergar as coisas como elas realmente são.É aquela pessoa que insiste em algo que todos dizem o contrário, é o popular cabeça-dura, rebelde e desobediente.Não quer entender as coisas e não quer mudar suas atitudes e comportamentos mesmo sabendo que está errado.

    Já a pessoa negligente é mais"passiva" e "involuntária" que a teimosia.É aquela pessoa que voce diz as coisas pra ela e simplesmente entra por um ouvido e sai pelo outro.É aquela pessoa que não se importa, não está nem aí, não teme, não percebe ou não tem noção dos perigos e alertas e avisos ao seu redor e das consequencias dos seus atos.É aquela pessoa que é descuidada mesmo em situações de risco e desrespeita regras e conselhos mesmo sabendo que está errado.

    Por exemplo, se uma pessoa sofreu im infarto ou é diabética ou tem doença cardíaca ela deveria cuidar da saúde mas continua fumando, não muda a alimentação e não faz exercícios mesmo sabendo que está doente é uma pessoa negligente certo?Ou por exemplo se uma pessoa tem costume de sair pra rua de madrugada e todo mundo falando que é perigoso que os riscos de assaltos são maiores nessa parte do dia mas mesmo assim ela continua passeando de madrugada também é negligente, certo?Ou então um motorista que desrespeita as leis de transito mesmo tendo estudado elas também é negligente correto?

    Já uma pessoa teimosa é aquela que voce fala as coisaspra ela e ela diz:"não enche o saco",não escuta voce e quer fazer tudo do seu jeito sem se importar se está errado ou não é o teimoso, certo?No mesmo exemplo da pessoa que sofreu um infarto ou é diabética, se ela não quer mudar sua alimentação, não quer tomar os remédios, não quer se exercitar mesmo sabendo que tem que cuidar da saúde ela é teimosa correto?

    Alguém me explica melhor essas diferenças?
     
  2. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Bem, penso que cada caso tem que ser avaliado individualmente...

    Há doenças que fomentam aspectos negativos em uma pessoa. Tipo a diabete aonde as causas e os sintomas da enfermidade afetam o sistema nervoso e a pessoa pode precisar de apoio psicológico (além da terapia endocrinológica com insulina) que nem sempre é tolerado pelo paciente (pode até ter ataques de "fúria diabética"/revolta atravessada por crises de depressão). Se tiver alguém craque em "bate-papo" dentro da família pode valer a pena pedir a essa pessoa que explique que um amigo precisa de umas terapias mas que está com medo e precisa de companhia e se poderia ajudar o colega indo daí matricular ambos em palestras do Capes para dar apoio moral para a pessoa não ir sozinha, esse tipo de coisa...

    Já orgulho por "opção" trata de assunto diverso e pode ser recomendável se aprofundar em livros de psicologia e comportamento ou uma visita ao assistente social.

    O Osho, por exemplo, explica que a maior qualidade humana para se tornar "financeiramente rico" seria a humildade. Mas como essa qualidade é difícil de se mestrar as pessoas buscam a segunda melhor habilidade para se tornar rico que é o orgulho e é muito eficaz também. De fato, os dois tipos de rico (rico humilde e rico orgulhoso) lá na frente se encontram e começam a se chocar porque possuem visões opostas. Quer dizer, estamos falando em um orgulhoso inteligente e um humilde inteligente, com um mínimo de honra, uma vez que orgulho e humildade sem inteligência e honra são passaporte para o cemitério.

    Pessoalmente dá para se aprender sobre teimosia com os animais. Eu mesmo criava um cão bem "sem-vergonha" e um gato bem "mole" em casa para poder observar os aspectos ativos e passivos diariamente. Os animais são criaturas de emoções simples, do tipo que criam amizade se você der um naco de pão, conceder algum espaço ou algo assim. É uma amizade simples e tranqüila de se estudar, sujeita a passagem do tempo, que com as pessoas também ocorre.

    Claro que se a pessoa quiser poderia querer se fechar e morar em uma fortaleza sem problemas como aquela do filme "Krull", aonde a cada dia o castelo se move e está em um lugar favorito diferente do universo e o chefe dela pode escolher ver apenas o nascer do sol o dia inteiro, ou se quiser estar a cada hora voltado apenas para praias ensolaradas, sempre saindo antes que a tempestade comece, que seria o famoso "turista".

    Todavia esse tipo de atitude pode criar uma crosta e não é qualquer pessoa que consiga viver em um lugar bonito estando em harmonia com ele.

    Ainda, do ponto de vista espiritualista há aquilo que a pessoa vem buscar aqui nesse mundo. Segundo essa visão há momentos chave pelos quais as pessoas precisem passar e que foram eleitos antes da pessoa nascer. Tais decisões afetariam até mesmo o número de portais ou chances periódicas que a pessoa tem para sair da vida, seja por meio de acidente, morte natural, etc...
     
  3. Reverendo

    Reverendo Usuário

    A teimosia pode até ser uma virtude. A negligência, nunca.
     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar