1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Quais elementos das edições anteriores você incorporaria na 4ªE?

Tópico em 'D&D 4ª Edição' iniciado por Arcanjo[SK], 13 Jun 2008.

  1. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    Bem, eu estava pensando com meus botões, vendo oq já saiu por aí da 4ªE e é difícil não pensar: poxa, poderia ter elemento X ou Y da edição A e B nessa 4ªEdição! Aí eu pensei em abrir um tópico aqui para saber oq vcs gostariam de resgatar das edições antigas e implementar nessa nova edição.

    Eu não me lembro direito como funciona, mas a idéia de velocidade de arma do 2ªE poderia ser uma boa.

    Eu tentaria implementar o seguinte:

    - Regras de tamanho do 3ªE: Não vi diferenças entre os tamanhos na 4ª a não ser o alcance e dano de armas. Eu achava as regras de tamanho, com seus bones e penalidades de atributos, bem interessante.

    - Tabelinha de classe/Diferenciação de classes: não é nada de mais, mas eu gostava da tabelinhas de classes, tendo coisas diferenciadas para cada classe. Sei lá, apesar dessa tabela genérica tentar ter mais equilibrio, acho que ainda dava para ter alguma diferenciação a mais entre as classes.

    - Base de Ataque/Diferenciação de Ataque entre as classes: Olha, eu só acho que deveria ter uma diferença maior nos ataques do Guerreiro e Mago por exemplo. Poderia, na 4ªEdição, ter coisas como "Proficiência em Arma Maior", ou algo assim. Poderia ser simples como, a cada tantos níveis o guerreiro ganha um bônus no ataque (talvez até no dano) com um certo grupo de armas. Acho que no Pathfinder tem algo assim.

    - Multi-classe com elementos do AD&D E do D&D3: Eu não curti mto o multi-classe da 4ªE. Eu gostava da idéia de multi-classe simultâneo da segunda edição, mas ele tinha suas falhas, talvez se tentasse utilizar alguns elementos de multi-classe das 3 edições (AD&D, D&D3 e D&D4) pudessemos chegar a um multi-classe verdadeira satisfatório sem ser apelão.

    - Regras de Monstros como Personagens do 3.5: Isso parece que vai fazer uma falta... era tão fácil jogar com monstros na 3ªEdição... na 4ª só tem uma miséria de opção... snif snif...

    - Estatísticas/mecânica de monstros do 3.5: Os monstros não eram meras fontes de XP, eles tinham coisas a mais. Sei lá, acho que a mecânica de montar monstros do 3.5 era boa, pois era similar as do jogadores. Eles podiam ter talentos, podiam ter perícias, agora parece que sumiu quase tudo... parece que é só fonte de XP.

    - Descrição dos Monstros e das Classes da 3ªe: No 4ªE tá tudo mto resumido... nas edições antigas tinha mais conteudo, mais descrição....


    Quando eu pensar em mais eu posto aqui.

    :]


    E vcs? Oq vcs incorporariam?


    EDITADO: Tá, olhando bem, descrição dos montros tem nos trechos "XXXXX LORE", então, acaba complementando a descrição básica, então, não há mto oq reclamar, mas no resto, ainda tá valendo!
     
    Última edição: 13 Jun 2008
  2. Elda King

    Elda King Senhor do passado e do futuro

    Os monstros eu prefiro como estão... monstros como personagens é desnecessariamente complexo (e eu acho ridículo jogar como um monstro mais bizarro que os que já vieram disponíveis), os blocos de estatística estão melhores, menores e mais bem explicados, agora todo monstro tem alguma informação para os jogadores saberem (e até história para os hobgoblins!).
    Eu detestava as tabelas de classe. Para mim, agora está bem mais simples; e, quanto aos ataques, agora o mago tem que ter o mesmo ataque que um guerreiro, já que ele ataca (o que muda é a arma - espadas ou magias). Além disso, guerreiros por exemplo ganham um bônus com um tipo de arma e armas de alguns tipos dão bônus de até +3 no ataque, além de poderes (que dão a maior parte dos bônus agora, de ataque e de dano) e talentos.
    Multiclasse eu também não gostei, ficou um pouco limitado demais (sobretudo no quanto você pode ter da classe secundária). Se você fizer multiclasse para ladino, por exemplo, você pode usar ataque furtivo... 1/encontro! Talvez trocando mais poderes com cada talento já melhore (talvez adicionar mais características de classe, também, ou deixar você perder um poder da sua classe normal para usar o poder do primeiro talento de multiclasse - como o furtivo - com a frequência normal). Trocar níveis eu não sei, fica meio confuso...

    Agora, o que eu acho que poderia ter da edição anterior:
    1) Mais poderes utilizáveis fora de combate
    2) Mais artefatos e itens mágicos mais legais (talvez se baseando nas Armas do Legado)
    3) Durações em rodadas ao invés de TR
    4) Alguns monstros legais (e tirar alguns piores)
    5) Descrições mais detalhadas... ficou mais ou menos equivalente aos livros básicos 3.5, mas eu estava esperando algo mais na linha dos suplementos mais recentes, menos regras e mais texto (ainda por cima porque conceitualmente a edição melhorou muito)
     
  3. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    Corrigindo-me, eu acho que em parte, a mecânica "customizável" dos monstros do 3.5 me agradava.


    Não vi direito artefatos e itens mágicos para poder dizer se preferia um ou outro, mas já em relação ao TR e magias em geral eu gostava de magias terem duração.

    Outra coisa são os talentos metamágicos. Tá certo, vc podia fazer um combo apelão do kralho, mas deixavam as magias do mago mais "custumomizáveis" tb. Agora tá mais estático, vc já sabe oq esperar do mago. No 3.5 graças a talentos, habilidades, etc, o mago erra um ponto de interrogação em combate, isso eles sendo vilões, oponentes dio jogadores, etc.
     
  4. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Eu sou contra house rules e modificações no sistema. Não incorporaria nada da 3E na 4E porque, na minha opinião, a 4E é superior em todos os aspectos à 3E. Em teoria, claro, porque ainda não joguei.

    Ah, ok. Pra não dizer que não incorporaria absolutamente nada, eu colocaria powers com efeitos save or die.
     
    Última edição: 15 Jun 2008
  5. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Eu gostei do artigo do site da Wizards que adapta classes da 3,5 pra 4e. E gostei muito do monge (basicamente uma variação do ranger de duas armas). Certamente o colocaria no meu jogo.

    Sobre a descrição dos monstros, raças e classes, concordo totalmente. Eu pensei que a 4e seguiria a tendência dos últimos livros da 3,5, mas ficou tosco. Você lê o Beholder no livro dos monstros e não sabe se vai encontrar ele numa caverna ou numa praia.
     
  6. Din

    Din Undead Evil Nerd Pirate

    Sempre gosto de ressaltar tambem,a aqueles que estão descontentes com a quarta edição que a Revista Paizo está lançando um versão chamada
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    que está disponivel para download free pois está na versão Alpha e possui varias correções de erros da terceira edição e que alguns estão chamando de D&D 3.75.

    Não incorporaria nada na quarta edição que não tivesse dentro dos padrões que a propria D20 criou a GSL e SRD.

    O sistema em si tem diferenças gritantes da terceira edição que vão deixar saudade, mas é cedo de mais pra julgar se necessita realmente de modificações, mas até agora o que já vi é que em critério de diversão o jogo aumentou muito.
     
  7. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Pra mim esse 3.75 é o maior tiro no pé de todos os tempos.
     
  8. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Pelo menos eles sabem pra qual público alvo eles estão trabalhando. Esse é o primeiro passo de qualquer negócio bem sucedido.
     
  9. Ka Bral o Negro

    Ka Bral o Negro Tchokwe Pós-Moderno

    A 4ª edição não é perfeita, mas é muito superior à 3ª. Não modificarei nada nas regras.


    Já as estórias e campanhas se mantêm conforme minhas preferências e visões; por exemplo, se não existiam dragonborns no meu mundo, não vão existir agora só porque aparecem como raça de personagem na 4ª edição.
     
  10. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Eu pretendo começar a jogar num cenário genérico, a princípio, então vou permitir tudo que está no livro, antes de decidir se gosto ou não.
     
  11. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Eu também. Eu vou usar o cenário proposto como padrão e tudo o que tem ali terá no meu jogo.
     
  12. Ka Bral o Negro

    Ka Bral o Negro Tchokwe Pós-Moderno

    Nos meus jogos eu nunca gostei desse aspecto cosmopolita que vem impregnando D&D em suas últimas edições. As raças pra mim são mais isoladas, ninguém gosta de ninguém, não se misturam, não andam juntos numa mesma cidade, não existem cidades integradas.

    Também não gosto do excesso de raças inteligentes humanóides.


    Sempre sempre gostei do basicão humano/elfo/anão/halfling/orc. Elfos orgulhosos e isolados em suas vilas e cidades na floresta, anões mesquinhos e rabugentos nas raízes da terra, humanos ambiciosos e baratas se multiplicando e se espalhando, halflings trambiqueiros e oportunistas vivendo aqui e ali, orcs iguais aos humanos, só que com lente de aumento.


    As outras raças podem até existir, mas em número ridicularmente interior ao quinteto acima.
     
  13. Elda King

    Elda King Senhor do passado e do futuro

    Eu também não gosto muito de raças bizarras. Dragonborn para mim não existem, e Tieflings tem o mesmo visual da 3.5.
     
  14. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Putz, eu adorei os dragonborn. Finalmente uma raça conseguiu superar os litorian (arcana unearthed) como minha raça favorita.
     
  15. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Depois de ler o livro, senti falta da counterspell :think:
     
  16. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    Senti falta de uma variedade maior de talentos que permitam customizar as magias, os antigos talentos metamágicos.

    Tá certo que eles na 3ªEdição permitiam combos desgraçados, mas acho que podiam ser repensados e ajustados para o equlibrio da 4ªEdição. Além do mais, tornava o mago mais imprevisível, você nunca podia ter certeza de que combinação ele fez, mesmo sabendo o que ele pode conjurar, você não sabia de COMO ele ia conjurar (sem piadas). Uma bola de fogo de um mago de 10º nível podia ser bem diferente da de outro mago de mesmo nível. Acho que esse elemento surpresa tornava o jogo bem interessante e emocionante.
     
  17. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Acho que os feats metamágicos, do jeito que eram, não combinam com a proposta da 4E. Mas vamos ver o que o Arcane Power nos trará de bom.
     
  18. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    Acho que tem alguns talentos que alteram magia no 4ªEdição, que aprimoram algumas coisas, mas por enquanto não são muitas. Podem não ser talentos metamádicos (que concordo que do jeito que eram realmente não cabe na nova edição), mas já é alguma coisa. Que venha o Arcane Power e suas possíveis novidades!!!

    :D
     

Compartilhar